Diferenciais salariais por gênero e cor no setor turístico Capixaba

Wage disparities by gender and color in the tourism industry of Espírito Santo state, Brazil

  • Lázaro Cezar Dias Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil
  • Évilly Carine Dias Bezerra Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil
  • Priscila Soares dos Santos Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil
  • Clailton Ataídes de Freitas Professor titular no Programa de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil

Resumo

Este trabalho busca analisar o efeito da educação, da experiência e da idade no salário de trabalhadores formais no setor de turismo para o Estado do Espírito Santo. Também são investigadas eventuais disparidades salariais entre homens e mulheres e discriminação por raça/cor. Para tal faz-se uso dos microdados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) dos anos 2006 e 2016, presentes na plataforma do Ministério da Economia. Os resultados obtidos através das regressões por Mínimos Quadrados Ordinários (MQO) e MQO com correção robusta foram estatisticamente significativos em sua vasta maioria. Escolaridade, idade e experiência tiveram os sinais positivos esperados, ceteris paribus, a partir das estimações verificou-se que, em média, as mulheres recebem salários menores que os homens em trabalhos formais no turismo, e não foi verificada uma expressiva diferença salarial por raça/cor.

Palavras-chave: Salário. Turismo. Espírito Santo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lázaro Cezar Dias, Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil

Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Évilly Carine Dias Bezerra, Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil

Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da  Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Priscila Soares dos Santos, Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil

Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Clailton Ataídes de Freitas, Professor titular no Programa de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria/RS, Brasil

Professor titular no Programa de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento (PPGE&D) da Universidade
Federal de Santa Maria (UFSM). Doutor em Economia Aplicada pela Escola Superior de Agricultura
Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP).

Publicado
11-12-2020
Como Citar
DIAS, L.; BEZERRA, ÉVILLY; SANTOS, P.; FREITAS, C. Diferenciais salariais por gênero e cor no setor turístico Capixaba. Revista de Turismo Contemporâneo, v. 9, n. 1, p. 24-41, 11 dez. 2020.
Seção
Artigos