Modelo teórico microeconômico do consumo de turismo

Microeconomic theoretical model of tourism consumption

Autores

  • Glauber Eduardo de Oliveira Santos Professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da Universidade de São Paulo – USP, São Paulo/SP, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2022v10n2ID25654

Resumo

Desenvolve um modelo teórico para explicar a decisão de viajar e a despesa turística com base nos conceitos e princípios da teoria microeconômica do comportamento do consumidor. As escolhas são explicadas como consequências das preferências individuais relativas ao consumo de serviços turísticos no destino, ao transporte entre o local de residência e o destino, e ao consumo de bens e serviços não turísticos. Também compõem o modelo a disponibilidade de recursos financeiros e os preços. A relação entre o consumo de transporte e o consumo no destino constitui uma restrição adicional decorrente da natureza espacial das viagens turísticas. O modelo abandona a hipótese de separabilidade das decisões adotada por trabalhos anteriores. Além disso, a utilidade positiva ou negativa do transporte é acrescentada ao arcabouço teórico. A proposta é capaz de explicar a distribuição típica dos indivíduos e famílias segundo suas despesas turísticas, incluindo a grande massa de zeros e a distribuição dos valores positivos em forma de sino com assimetria positiva. O modelo também contribui para a seleção de variáveis e métodos para a análise empírica do consumo turístico. Em especial, o modelo teórico oferece suporte ao uso do modelo econométrico para amostras seletivas de Heckman na estimação da despesa turística.

Palavras-chave: Microeconomia. Comportamento do Turista. Propensão a Viajar. Despesa Turística. Gasto Turístico. Modelo Teórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-06-2022

Como Citar

DE OLIVEIRA SANTOS, G. E. Modelo teórico microeconômico do consumo de turismo: Microeconomic theoretical model of tourism consumption. Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 10, n. 2, 2022. DOI: 10.21680/2357-8211.2022v10n2ID25654. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/25654. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos