(SIDA)DANIA E SAÚDE DE TRAVESTIS E TRANSEXUAIS CITIZENSHIP (THROUGH STD/AIDS) AND HEALTH OF TRANSVESTITES AND TRANSSEXUALS

  • Juliana Vieira Sampaio Universidade Federal de Pernambuco
  • Camila Aleixo De Campos Avarca Universidade Católica de São Paulo
Palavras-chave: Saúde. Travestis. Transexuais

Resumo

Transexuais e travestis são apontadas como um dos grupos que mais sofrem com o preconceito
por subverterem a heterossexualidade compulsória, como também os padrões
de masculinidade e feminilidade vigentes. Entre as violências enfrentadas estão a falta
de acesso aos serviços de saúde e atendimentos inadequados decorrentes do preconceito
dos profi ssionais que atuam no Sistema Único de Saúde, apesar da saúde integral,
equânime e com garantia de acesso a todos os níveis de atenção ser um direito garantido
a todos os cidadãos em Constituição Federal desde 1990. Outras políticas transversais,
como a Política Nacional de Humanização de 2003 e a Política Nacional de Saúde Integral
de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de 2010, apesar de terem
por objetivo qualifi car o atendimento em saúde – e, no segundo caso, especifi camente à
população LGBT – ainda há disparidade no atendimento para determinados grupos que
se encontram em situação de desigualdade. Diante de tantas controvérsias, o objetivo
deste artigo é discutir o acesso da população de travestis e transexuais aos serviços públicos
de saúde na de cidade Fortaleza, Ceará. O aporte teórico-metodológico da Teoria
Ator-Rede (TAR) foi utilizado de modo a compreender a rede de actantes (humanos e
nã o-humanos) em interação que produzem, como um dos efeitos, a limitação no acesso
à saúde pelas pessoas trans. Concluímos que uma das controvérsias centrais envolvidas
no atendimento de travestis e transexuais é a limitação das suas necessidades ao campo
da DST/Aids, como um processo de repatologização das sexualidades dissidentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
07-03-2017
Como Citar
SAMPAIO, J. V.; DE CAMPOS AVARCA, C. A. (SIDA)DANIA E SAÚDE DE TRAVESTIS E TRANSEXUAIS CITIZENSHIP (THROUGH STD/AIDS) AND HEALTH OF TRANSVESTITES AND TRANSSEXUALS. Vivência: Revista de Antropologia, v. 1, n. 48, p. 59-73, 7 mar. 2017.
Seção
Dossiê/Dossier