CERTIFICAÇÃO E HOSPITALIDADE: A CABRUCA E A INDICAÇÃO DE PROCEDÊNCIA DO CACAU SUL DA BAHIA COMO PROMOTORES DA PRODUÇÃO DE CHOCOLATES ESPECIAIS

  • Marcella Sulis Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi. Professora do Curso de Gastronomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. https://orcid.org/0000-0002-6505-4849
  • Maria Henriqueta Sperandio Garcia Gimenes-Minasse Professora do Programa de Pós-Graduação em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi. Doutora em História e Mestra em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná, Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Paraná. https://orcid.org/0000-0002-4952-808X

Resumo

Este estudo objetiva analisar como se desenvolveu a rede colaborativa que permitiu a obtenção da certificação de Indicação Geográfica de Procedência do Cacau Sul da Bahia atrelada à produção de chocolates especiais. Por ser uma região tradicional na produção de cacau e chocolates, procurou-se investigar se as relações desenvolvidas neste contexto são alicerçadas por meio de interações hospitaleiras baseadas no acolhimento, no receber, na troca, na retribuição e na relação interpessoal (GOTMAN, 1997). Por meio da pesquisa exploratória e da observação em cinco instituições da região do Sul da Bahia, desenvolveu-se entrevistas com representantes de instituições e produtores locais de cacau e chocolate. Dentre os resultados, destacam-se: a articulação entre produtores de cacau fino e chocolates especiais vinculados às organizações locais como a Associação Cacau Sul Bahia, que vem se constituindo como elo entre tais produtores; a valorização e percepção de que o cacau cabruca é um patrimônio da região cacaueira baiana; a materialização da tradição desta região cacaueira no trabalho coletivo na certificação IP Sul da Bahia; a atuação da ACSB e do CIC apoiando pequenos produtores de cacau e chocolates especiais; o fortalecimento dos vínculos entre os atores sociais envolvidos na rede por meio da hospitalidade, manifestada pelo cuidado com os envolvidos nos processos e com o entorno, na qualidade dos produtos como o chocolate especial tree to bar. Este estudo contribuiu para a discussão de ações colaborativas mediadas pela hospitalidade e de valorização de produtos do território como a indicação de procedência do cacau e chocolate especial Sul Bahia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
02-12-2021
Como Citar
SULIS, M.; GIMENES-MINASSE, M. H. S. G. CERTIFICAÇÃO E HOSPITALIDADE: A CABRUCA E A INDICAÇÃO DE PROCEDÊNCIA DO CACAU SUL DA BAHIA COMO PROMOTORES DA PRODUÇÃO DE CHOCOLATES ESPECIAIS . Vivência: Revista de Antropologia, v. 1, n. 57, 2 dez. 2021.
Seção
Dossiê/Dossier