DETECÇÃO DE OUTLIERS NO DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO DO SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA NO PERÍODO 2008 A 2010

Autores

  • Marke Geisy da Silva Dantas
  • Juliana Araújo Silva
  • Diego Rodrigues Boente

Resumo

 

Os ativos intangíveis permeiam o mercado de futebol onde os principais ativos das entidades futebolísticas sáo os contratos com os jogadores e os torcedores sáo considerados usuários importantes da informaçáo contábil, uma vez que fornecem recursos para tais entidades. É dentro desse contexto que o estudo ganha relevância, visando analisar a presença de outliers nas contas do Sport Club Corinthians Paulista, referente aos anos de 2008 e 2009, quando o clube participou da Série B do Campeonato Brasileiro e quando foi efetivada a contrataçáo de Ronaldo, respectivamente. No tocante aos procedimentos metodológicos, essa pesquisa se constitui de um estudo exploratório, demonstrando a utilizaçáo do teste de Grubbs para analisar o impacto dos ativos intangíveis sobre as contas do Corinthians, detectando anormalidades nos anos estudados. Os dados foram coletados em sites e artigos que tratavam sobre a mensuraçáo e o enquadramento como ativo dos jogadores de futebol. Para o tratamento dos dados foi utilizada a planilha eletrônica MICROSOFT EXCEL®. Os resultados demonstraram um grande aumento percentual nas contas estudadas na comparaçáo dos anos. Foram encontrados dois outliers em 2008 (Licenciamentos e franquias e Ativo Total), mas, em 2009 foram encontradas cinco contas que ultrapassaram a normalidade (“Licenciamentos e franquias”, “Patrocínio e publicidades”, “Arrecadaçáo de jogos”, “Direitos de TV” e “Premiaçáo em campeonatos”). Em 2010, só a conta “Direitos de TV”.

Palavras-chaves: Ativos intangíveis. Outliers. Corinthians. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

15-11-2011

Como Citar

DANTAS, M. G. da S.; SILVA, J. A.; BOENTE, D. R. DETECÇÃO DE OUTLIERS NO DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO DO SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA NO PERÍODO 2008 A 2010. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 17–33, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/1353. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS