Relação entre as características do comitê de auditoria e da auditoria independente das companhias abertas da B3

Palavras-chave: Comitê de auditoria. Auditoria independente. ANACOR.

Resumo

Objetivo: Investigar se existe relação entre as características do Comitê de Auditoria (tamanho; expertise; independência; participação feminina) constituído com as características da Auditoria Independente: (Audit Report Lag; Big Four; quantidade de principais assuntos de auditoria; opinião da auditoria no relatório), sendo essa análise realizada com as características de forma agregada e isolada.

Metodologia: A pesquisa foi realizada inicialmente com 294 entidades, e posteriormente, reduzida a 64 empresas que efetivamente tinham Comitê de Auditoria constituído. Foram estimados quatro clusters para cada grupo de variáveis (auditoria independente e comitê de auditoria) e depois os grupos foram relacionados de forma agregada utilizando a técnica ANACOR, para analisar a relação entre as características apresentadas. Também foi aplicado teste Qui-quadrado a todas as empresas para analisar se existe relação entre o Comitê de Auditoria constituído com as características do relatório de auditoria de forma isolada.

Resultados: Por meio da ANACOR foi verificada apenas uma relação aproximada entre os clusters AUD1 e COM1, sugerindo que as empresas auditadas por Big4 e com maior tempo de entrega do relatório de auditoria, têm Comitês de Auditoria cujos membros possuem expertise, porém há baixa participação feminina. Foi constatada ainda na análise isolada, significância para as variáveis PAA, BIG4 e AUDL, evidenciando que existe relação com a presença do Comitê de Auditoria na entidade.

Contribuições do Estudo: Apenas as análises de forma isolada puderam evidenciar relação entre características da Auditoria Independente com a existência do Comitê de Auditoria, tais como a divulgação dos principais assuntos de auditoria no relatório do auditor independente, o fato da firma ser uma Big Four e o Audit Report Lag. Tal resultado possibilita que as pesquisas futuras possam fundamentar a utilização dessas variáveis, incluindo a divulgação dos PAA que ainda carece de estudos que os relacione com o Comitê de Auditoria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Abbot, Lawrence J. & Parker, Susan. (2000). Auditor Selection and audit committee characteristics. Auditing: A Journal of practice & Theory. Vol. 19, No. 2. Fall.

Abbot, Lawrence J.; Parker, Susan; Peters, Gary F. & Raghunandan, K. (2003). The Association between audit committee characteristics and audit fees. Auditing: A Journal of practice & Theory. Vol. 22, No. 2, September 2003. Pp. 17–32.

Alkilani, S. Z.; Hussin, W. N. W.; Salim, B. (2019). The Influence of Audit Committee characteristics on Modified Audit Opinion in Jordan. Journal of Finance and Accounting. Vol. 7, No. 3, 2019, pp. 95-106.

Barroso, L.P. & Artes, R. (2003). Análise Multivariada. Lavras: Ufla. 151p.

Bedard, J.; Chtourou, S. M. & Courteau, L. (2004). The Effect Of Audit Committee Expertise, Independence, And Activity On Aggressive Earnings Management. Auditing: A Journal Of Practice & Theory, 23(2), 13-35.

Beuren, I. M.; Nass, S.; Theiss, V.; Cunha, P. R. (2013). Caracterização proposta para o comitê de auditoria no código de governança corporativa do Brasil e de outros países. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 7, n. 4, p. 407-423.

Braunbeck, Guillermo Oscar. (2010). Determinantes Da Qualidade Das Auditorias Independentes No Brasil. Tese De Doutorado. Universidade De São Paulo - São Paulo, 129 p.

Camargo, R. C. C. Pepinelli; Flach, Leonardo. (2016). Audit report lag e expertise da firma de auditoria: uma análise com empresas listadas na Bm&Fbovespa. Advances in Scientific and Applied Accounting. mai./ago.

Camargo, R. V. W. (2012). Determinantes Dos Pareceres Dos Auditores Independentes Emitidos Às Companhias Negociadas Na Bm&Fbovespa. 206 F. Dissertação (Mestrado) – Programa De Pós-graduação Em Contabilidade, Universidade Federal De Santa Catarina, Florianópolis.

Caskey, Judson & Nagar, Venky; Petacchi, Paolo. (2010). Reporting Bias With an audit committee. The Accounting Review. V. 85, N. 2, P. 447-481, 2010.

Cunha, P. R; et al. (2015). Relação Entre As Características Do Comitê De Auditoria E O Atraso Da Emissão Do Relatório Da Auditoria Independente. Contabilidade, Gestão E Governança. Nov, V. 18, N. 3.

Cunha, P. R; et al. (2013). Características Do Comitê De Auditoria E Os Reflexos No Gerenciamento De Resultados Nas Empresas Listadas Na Bm&Fbovespa. Revista De Contabilidade Do Mestrado Em Ciências Contábeis Da Uerj. V. 18, N.3, P. 2 - P. 19, Set/Dez.

Cunha, P. R; et al. (2014). Características Do Comitê De Auditoria E O Gerenciamento De Resultados: Um Estudo Nas Empresas Listadas Na Bm&Fbovespa. Nov. Revista De Contabilidade E Organizações, V. 8, N. 22, 2014.

Cunha, P. R; Pletsch, C. S & Silva, A. (2015). Relação Entre As Características Da Empresa, Do Comitê De Auditoria E Do Auditor Independente Com O Prazo De Publicação Das Demonstrações Financeiras. Revista Da Educação E Pesquisa Em Contabilidade.V. 9, N. 4,Out./ Dez.

Dagostini, Luciane & Cunha, Paulo Roberto Da. (2014). Relação Entre As Características Do Comitê De Auditoria E O Tipo Relatório De Auditoria Independente. In: Xiv Congresso Usp Controladoria E Contabilidade. São Paulo: Anais...

Dutra, Rayane Pinto & Diniz Filho, José Washington De Freitas. (2018). Os Efeitos Do Comitê De Auditoria No Desempenho Contábil De Instituições Financeiras. Revista De Auditoria, Governança E Contabilidade - Ragc. V. 5. N° 23. P. 60 – 72.

Furuta, F. & Santos, A. (2010). Comitê De Auditoria Versus Conselho Fiscal Adaptado: A Visão Dos Analistas De Mercado E Dos Executivos Das Empresas Que Possuem Adrs.Revista Contabilidade E Finanças. V. 51, N. 53, Jul.

Ghafran, C. & O’sullivan, N. (2017). The Impact Of Audit Committee Expertise On Audit Quality: Evidence From Uk Audit Fees. The British Accounting Review, Volume 49, Issue 6, November 2017, Pages 578-593.

He, L., &Yang, R. (2014). Does Industry Regulation Matter? New Evidence On Audit Committees And Earnings Management. Journal of Business Ethics, 123, 573-589.

Ibgc. (2017). Instituto Brasileiro De Governança Corporativa. Orientações Sobre Comitês De Auditoria: Melhores Práticas No Assessoramento Ao Conselho De Administração. Instituto Brasileiro De Governança Corporativa, Instituto Dos Auditores Independentes Do Brasil. São Paulo, Sp : Ibgc/Ibracon, 88p.

Klein, April. (2002). Audit committee, Board Of director characteristics, And earnings Management. Journal of accounting and economics, 33, 375–400.

Lay, L. A. & Gonçalves, M & Cunha, P. R. (2017). Relação Entre Gênero No Conselho De Administração E No Comitê De Auditoria Com O Audit delay. Revista Contemporânea De Contabilidade. V. 14., N. 32, Dez.

Luca, Márcia Martins Mendes De; Martins, Luana Carlos; Maia, Anna Beatriz Grangeiro Ribeiro & Coelho Antônio Carlos Dias. (2010). Os Mecanismos De Auditoria Evidenciados Pelas Empresas Listadas Nos Níveis Diferenciados De Governança Corporativa E No Novo Mercado Da Bovespa. Revista Contabilidade Vista & Revista. V. 21. N° 1. P. 101-130.

Mingoti, S. A. (2005). Análise De Dados Através De Métodos De Estatística Multivariada: Uma Abordagem Aplicada. Belo Horizonte - Minas Gerais: Editora UFMG, 297 P.

Peleias, I. R.; Segreti, J. B. & Costa, C. A. (2009). Comitê De Auditoria Ou Órgãos Equivalentes No Contexto Da Lei Sarbanes-oxley: Estudo Da Percepção Dos Gestores De Empresas Brasileiras Emitentes De American Depositary receipts – Adrs. Contabilidade Vista & Revista. V. 20., N. 1, Jan/ Mar.

Rainsbury, Elizabeth A.; Bradbury, Michael & Cahan, Steven F. (2009). The Impact of audit committee quality on financial reporting quality and audit fees. Journal of contemporary accounting & Economics. 5, 20–33.

Santos,Vanderlei Dos; Schmeider, Camila Francieli & Cunha, Paulo Roberto Da. (2017). Características Do Comitê De Auditoria: Um Estudo Nas Empresas Listadas Na Bm&Fbovespa. Revista Catarinense Da Ciência Contábil. V. 16., N. 49, Set./ Dez.

Silva, K. L.; Oliveira, M. C.; De Luca, M. M. M & Araújo, O. C. (2009). A Implementação Dos Controles Internos E Do Comitê De Auditoria Segundo A Lei Sox: O Caso Petrobras. Contabilidade Vista & Revista, V. 20, N. 3, P. 39-63.

Silva, D. S. C & Vasconcelos, A. C.; De Luca, M. M. M. (2017). Comitê De Auditoria E Gerenciamento De Resultados Em Empresas Reguladas E Empresas Não Reguladas. Sociedade, Contabilidade E Gestão, Rio De Janeiro. V. 12, N. 3, Set/Dez.

Sun, Jerry; Liu, Guoping. (2014). Audit committees’ Oversight of bank risk-taking. Journal of Banking & Finance, 40, 76–387.

Teixeira, B.; Camargo, R. V. W & Vicente, E. F. R. (2016). Relação Entre As Características Do Comitê De Auditoria E A Qualidade Da Auditoria Independente. Revista Catarinense Da Ciência Contábil. V. 15, N. 44, Jan/Abr.

Publicado
03-01-2020
Como Citar
COLARES, A. C. V.; CRUZ ALVES, K.; TEREZA FAGUNDES MIRANDA , L. Relação entre as características do comitê de auditoria e da auditoria independente das companhias abertas da B3. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 12, n. 1, p. 152-170, 3 jan. 2020.
Seção
Seção 1: Contabilidade Aplicada ao Setor Empresarial (S1)