Dez anos de trajetória acadêmica da Revista Advances in Scientific and Applied Accounting à luz de sua produção científica

Palavras-chave: Trajetória acadêmica; Produção científica; ASAA; Bibliometria; Sociometria.

Resumo

Objetivo: Estudo analisou a trajetória e o estado da arte da produção científica dos artigos divulgados na revista ASAA de 2008 a 2017.

Metodologia: Esta investigação adotou técnicas de análise bibliométrica e sociométrica em 146 estudos publicados.

Resultados: A Universidade de São Paulo ficou em destaque com 39 artigos publicados. A rede de coautoria vislumbra-se com baixa densidade, e com uma centralidade de grau em relevo. A USP é a instituição com maior degree, sendo confirmado tal achado na rede two-mode. Os temas que se destacaram foram: Contabilidade internacional, governança corporativa, ensino da contabilidade, contabilidade gerencial, pesquisa em contabilidade, auditoria, gerenciamento de resultados. Beuren e Mendonça Neto foram os autores mais profícuos.

Contribuições do Estudo: O referido estudo contribui para evidenciar informações e conhecimentos sobre a área contábil à luz de um dos principais periódicos da área do Brasil classificado no Qualis da Capes com extrato A2 e que traz em seu bojo em dez anos de publicações divulgadas como se comporta a disseminação e socialização do saber acadêmico contábil, por meio da produção científica e das redes de colaboração dos pesquisadores, instituições e temas, sobretudo os mais abordados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique César Melo Ribeiro, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho (2014), Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza (2009), possui graduação em Bacharelado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Piauí (2005), especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Piauiense (2007), e especialização em Controladoria Governamental pela Faculdade Piauiense (2010). Fui professor da Universidade Nove de Julho do Mestrado Profissional em Administração / Gestão do Esporte (MPAGE), do período de 2014 a 2016. Atualmente, sou professor Adjunto da Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Reis Velloso (Parnaíba-PI). Linha de pesquisa, Estratégia e Estudos Organizacionais, com ênfase nos temas: Governança Corporativa, Estratégia Empresarial, Sustentabilidade, Stakeholders, Esporte, Controladoria, Contabilidade e Finanças.

Referências

Advances In Scientific And Applied Accounting – ASAA. (2017). Foco e escopo. Recuperado em: <http://asaa.anpcont.org.br/index.php/asaa/about/editorialPolicies#focusAndScope>.

Avelar, E. A., Boina, T. M., Ribeiro, L. M. de P., & Santos, T. de S. (2015). Análise dos artigos publicados nos principais periódicos brasileiros de contabilidade no século XXI. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 10(3), 63-79.

Avelar, E. A., & Santos, T. de S. (2010). Gerenciamento de resultados contábeis: uma análise das pesquisas realizadas no brasil entre os anos de 2000 e 2009. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, 15(3), 19-33.

Avelar, E. A., Santos, T. de S., Ribeiro, L. M. de P., & Oliveira, C. C. de. (2012). Pesquisa em contabilidade: uma análise dos estudos empíricos publicados em periódicos nacionais entre 2000 e 2009. Revista Universo Contábil, 8(3), 06-23.

Barbosa, E. F., Araújo, J. M. T., & Scalzer, R. S. (2020). Caminhamos com o mundo? uma análise da pesquisa brasileira em contabilidade. Anais..., XIV Congresso Anpcont. Recuperado em: < http://anpcont.org.br/pdf/2020_EPC255.pdf>.

Beuren, I. M., & Souza, J. C. de (2008). Em busca de um delineamento de proposta para classificação dos periódicos internacionais de contabilidade para o Qualis Capes. Revista Contabilidade & Finanças, 19(46), 44-58.

Blonkoski, P. R., Antonelli, R. A., & Bortoluzzi, S. C. (2017). Contabilidade gerencial: análise bibliométrica e sistêmica da literatura científica internacional. Pretexto, 18(1), 80-99.

Braga, M. J. da C., Gomes, L. F. A. M., & Ruediger, M. A. (2008). Mundos pequenos, produção acadêmica e grafos de colaboração: um estudo de caso dos Enanpads. Revista de Administração Pública, 42(1), 133-154.

Brambilla, S. D. S., & Stumpf, I. R. C. (2012). Produção científica da UFRGS representada na Web of Science (2000-2009). Perspectivas em Ciência da Informação, 17(3), 34-50.

Camargo, R. V. W., Camargo, R. de C. C. P., Dutra, M. H., & Alberton, L. (2013). Produção científica em auditoria: uma análise dos estudos acadêmicos desenvolvidos no Brasil. Revista Contabilidade Vista & Revista, 24(1), 84-111.

Campos, G. M., Diniz, J. A., & Martins, G. de A. (2011). Fronteiras da pesquisa sobre governança corporativa: uma análise epistemológica. Enfoque: Reflexão Contábil, 30(2), 36-51.

Cardoso, R. L., Mendonça Neto, O. R. de, Riccio, E. L., & Sakata, M. C. G. (2005). Pesquisa científica em contabilidade entre 1990 e 2003. Revista de Administração de Empresas, 45(2), 34-45.

Cardoso, R. L., Pereira, C. A., & Guerreiro, R. (2007). Perfil das pesquisas em contabilidade de custos apresentadas no Enanpad no período de 1998 a 2003. Revista de Administração Contemporânea, 11(3), 177-198.

Carvalho, A. J. de, Pierri Junior, M. A., Lunkes, R., & Gasparetto, V. (2016). Contabilidade gerencial: um estudo bibliográfico nas principais revistas internacionais de contabilidade. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 11(2), 155-174.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (2017). Qualis periódicos. Recuperado em: < https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/veiculoPublicacaoQualis/listaConsultaGeralPeriodicos.jsf>.

Cunha, P. R. da, & Piccoli, M. R. (2017). Influência do board interlocking no gerenciamento de resultados. Revista Contabilidade & Finanças, 28(74), 179-196. DOI: 10.1590/1808-057x201701980.

Ducci, N. P. C., & Teixeira, R. M. (2011). As redes sociais dos empreendedores na formação do capital social: um estudo de casos múltiplos em municípios do norte pioneiro no estado do Paraná. Cadernos EBAPE.BR, 9(4), 967-997. DOI: 10.1590/S1679-39512011000400003.

Favaretto, J. E. R., Francisco, E. de R. (2017). Exploração do acervo da RAE-Revista de Administração de Empresas (de 1961 a 2016) à luz da bibliometria, text mining, rede social e geoanálise. Revista de Administração de Empresas, 57(4), 365-390. DOI: 10.1590/s0034-759020170407.

Francisco, E. de R. (2011). RAE-eletrônica: exploração do acervo à luz da bibliometria, geoanálise e redes sociais. Revista de Administração de Empresas, 51(3), 280-306.

Ikuno, L. M., Niyama, J. K., Santana, C. M., & Botelho, D. R. (2012). Contabilidade internacional: uma análise da produção científica nos principais periódicos internacionais da área - 2000 a 2009. Revista de Contabilidade e Organizações, 6(15), 142-163.

Imasato, T., Perlin, M. S., & Borenstein, D. (2017). Análise do perfil dos acadêmicos e de suas publicações científicas em administração. Revista de Administração Contemporânea, 21(1), p. 62-83. DOI: 10.1590/1982-7849rac2017150329.

Leal, R. P. C., Almeida, V. de S. e, & Bortolon, P. M. (2013). Produção científica brasileira em finanças no período 2000-2010. Revista de Administração de Empresas, 53(1), 046-055. DOI: 10.1590/S0034-75902013000100005.

Leite Filho, G. A. (2008). Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico. Revista de Administração Contemporânea, 12(2), 533-554. DOI: 10.1590/S1415-65552008000200011.

Lunkes, R. J., Feliu, V. R., Borba, J. A., & Rosa, F. S. (2012). Análise quantitativa da produção e da formação de doutores em contabilidade gerencial: um estudo no cenário espanhol. Revista Universo Contábil, 8(2), 118-133.

Lunkes, R. J., Rosa, F. S. da, Gasparetto, V., & Baldoino, E. (2011). Análise da produção cientifica e formação de doutores em contabilidade gerencial: um estudo no cenário brasileiro. Advances in Scientific and Applied Accounting, 4(3), 361-378.

Machado-da-Silva, C. L., Guarido Filho, E. R., Rossoni, L., & Graeff, J. F. (2008). Periódicos brasileiros de administração: análise bibliométrica de impacto no triênio 2005- impacto no triênio 2005-2007. RAC-Eletrônica, 2(3), 351 373.

Machado, D. G., & Beuren, I. M. (2014). Gerenciamento de resultados: análise das publicações em periódicos brasileiros de contabilidade. Enfoque: Reflexão Contábil, 33(1), 19-36.

Machado Junior, C., Souza, M. T. S. de, & Parisotto, I. R. dos S. (2014). Institucionalização do conhecimento em sustentabilidade ambiental pelos programas de pós-gradução stricto sensu em administração. Revista de Administração Contemporânea, 18(6), 854-873. DOI: 10.1590/1982-7849rac20141809.

Martinez, A. L. (2013). Gerenciamento de resultados no Brasil: um survey da literatura. Brazilian Business Review, 10(4), 1-31.

Martins, G. de A. (2002). Considerações sobre os doze anos do caderno de estudos. Revista Contabilidade & Finanças, 13(30), 81-88.

Martins, G. S., Rossoni, L., Csillag, J. M., Martins, M. E., & Pereira, S. C. F. (2010). Gestão de operações no Brasil: uma análise do campo científico a partir da rede social de pesquisadores. RAE-e, 9(2), 1-26. DOI: 10.1590/S1676-56482010000200004.

Medeiros Araújo, R. M., Azevedo, A. K. de, Vieira, L. L., & Nascimento, T. C. (2014). Periódicos em ação: um estudo exploratório-bibliométrico na área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo. Perspectivas em Ciência da Informação, 19(1), 90-114. DOI: 10.1590/S1413-99362014000100007.

Mello, C. M. de, Crubellate, J. M., & Rossoni, L. (2010). Dinâmica de relacionamento e prováveis respostas estratégicas de programas brasileiros de pós-graduação em administração à avaliação da Capes: proposições institucionais a partir da análise de redes de co-autorias. Revista Contemporânea de Administração, 14(3), 434-457. DOI: 10.1590/S1415-65552010000300004.

Mello, C. M. de, Crubellate, J. M., & Rossoni, L. (2009). Redes de coautorias entre docentes de programas brasileiros de pós-graduação (Stricto Sensu) em administração: aspectos estruturais e dinâmica de relacionamento. Revista de Administração Mackenzie, 10(5), 130-153. DOI: 10.1590/S1678-69712009000500007.

Mendes-da-Silva, W., Massaro Onusic, L., & Michelangelo Giglio, E. (2013). Rede de pesquisadores de finanças no Brasil: um mundo pequeno feito por poucos. Revista de Administração Contemporânea, 17(6), 739-763. DOI: 10.1590/S1415-65552013000600007.

Miranda, G. J., Santos, L. de A. A., Casa Nova, S. P. de C., & Cornacchione Júnior, E. B. (2013). A Pesquisa em educação contábil: produção científica e preferências de doutores no período de 2005 a 2009. Revista Contabilidade & Finanças, 24(61), 75-88. DOI: 10.1590/S1519-70772013000100008.

Momesso, A. C., & Noronha, D. P. (2017). Bibliométrie ou Bibliometrics: o que há por trás de um termo? Perspectivas em Ciência da Informação, 22(2), 118-124. DOI: 10.1590/1981-5344/2831.

Mueller, S. P. M., & Pecegueiro, C. M. P. de A. (2001). O periódico Ciência da Informação na década de 90: um retrato da área refletido em seus artigos. Ciência da Informação, 30(2), 47-63. DOI: 10.1590/S0100-19652001000200007.

Mugnaini, R., Jannuzzi, P. de M., & Quoniam, L. (2004). Indicadores bibliométricos da produção científica brasileira: uma análise a partir da base Pascal. Ciência da Informação, 33(2), 123-131. DOI: 10.1590/S0100-19652004000200013.

Nascimento, A. R. do, Junqueira, E., & Martins, G. de A. (2010). Pesquisa acadêmica em contabilidade gerencial no Brasil: análise e reflexões sobre teorias, metodologias e paradigmas. Revista de Administração Contemporânea, 14(6), 1113-1133. DOI: 10.1590/S1415-65552010000700008.

Nascimento, S. do, & Beuren, I. M. (2011). Redes sociais na produção científica dos programas de pós-graduação de ciências contábeis do Brasil. Revista de Administração Contemporânea, 15(1), 47-66. DOI: 10.1590/S1415-65552011000100004.

Oliveira, S. C. de, Ferreira, T. de P., Brigantini, B. B., & Uehara, J. K. (2014). Inferência estatística clássica para a confiabilidade de rede de coautoria com enfoque nos vértices. Perspectivas em Ciência da Informação, 19(4), 202-225. DOI: 10.1590/1981-5344/1928.

Peleias, I. R., Caetano, G., Parisi, C., & Pereira, A. C. (2013). Produção científica sobre controle interno e gestão de riscos no Enanpad e congresso USP: análise bibliométrica no período 2001-2011. Revista Universo Contábil, 9(4), 29-49.

Peleias, I. R., Wahlmann, G. C., Parisi, C., & Antunes, M. T. P. (2010). Dez anos de pesquisa científica em controladoria no Brasil (1997-2006). Revista de Administração e Inovação, 7(1), 193-217.

Perdigão, L. Z., Niyama, J. K., & Santana, C. M. (2010). Contabilidade, Gestão e Governança: análise de doze anos de publicação (1998 a 2009). Contabilidade, Gestão e Governança, 13(3), 3-16.

Pessoa Araújo, U., Mendes, M. de L., Gomes, P. A., Coelho, S. de C. P., Vinícius, W., & Brito, M. J. de. (2017). Trajetória e estado corrente da sociometria brasileira. Revista Hispana para el Análisis de Redes Sociales, 28(2), 97-128.

Porte, M. de S., & Sampaio, E. S. (2015). Pesquisa bibliométrica e cienciométrica em auditoria (2002-2013). Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 9(2), 143-159.

Portulhak, H. (2014). Revista de Contabilidade e Controladoria (RC&C): análise dos cinco primeiros anos de publicação (2009-2013). Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 8(4),403-419.

Ribeiro, H. C. M. (2015b). Análise das pesquisas sobre auditoria publicadas em periódicos brasileiros. Advances in Scientific and Applied Accounting, 8(1), 88-112.

Ribeiro, H. C. M. (2012). Brazilian Business Review: um estudo sob a ótica da bibliometria e da rede social de 2004 a 2011. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, 2(3), 86-104.

Ribeiro, H. C. M. (2013c). Características da produção veiculada na Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade no período de 2007 a 2012. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 7(4), 424-443.

Ribeiro, H. C. M., Costa, B. K., & Ferreira, M. P. (2015). Governança corporativa nos esportes: análise dos últimos 23 anos de produção acadêmica em periódicos internacionais. Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, 12(2), 135-154. DOI: 10.4013/base.2015.122.05.

Ribeiro, H. C. M. (2013a). Estado da arte da Revista Contabilidade Vista & Revista: uma análise da produção acadêmica de 2008 a 2012. ConTexto, 15(30), 36-56.

Ribeiro, H. C. M. (2015a). Particularidades da produção acadêmica publicada na Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos no período de 2004 a 2014. Revista Contabilidade Vista e Revista, 26(3), 80-105.

Ribeiro, H. C. M. (2013b). Revista Contemporânea de Contabilidade: uma análise do perfil da produção acadêmica durante o período de 2004 a 2012. Revista Contemporânea de Contabilidade, 10(20), 03-28. DOI: 10.5007/2175-8069.2013v10n20p3.

Ribeiro, H. C. M. (2014a). Revista Universo Contábil: uma análise do perfil da produção científica sob a ótica da bibliometria e da rede social de 2005 a 2012. Revista Ambiente Contábil, 6(2), 261-281.

Ribeiro, H. C. M., & Santos, M. C. dos. (2017). Artigos bibliometricos: produção acadêmica divulgada nos periódicos nacionais sob a ótica da análise de rede social. Revista Gestão Universitária na América Latina, 10(1), 229-248. DOI: 10.5007/1983-4535.2017v10n2p229.

Ribeiro, H. C. M., & Santos, M. C. dos. (2015). Perfil e evolução da produção científica do tema governança corporativa nos periódicos Qualis/Capes nacionais: uma análise bibliométrica e de redes sociais. Contabilidade, Gestão e Governança, 18(3), 04-27.

Ribeiro, H. C. M., & Silva, M. C. da. (2016). Mapeando a produção acadêmica da Revista Ambiente Contábil à luz da bibliometria e rede social de 2009 a 2014. Sinergia, 20(2), 89-102.

Ribeiro, H. C. M., & Tavares, V. C. M. (2017). Comportamento e particularidades da produção acadêmica do tema “contabilidade gerencial” divulgada na base de dados do ISI WEB of Science Core Collection de 1985 a 2014. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 11(1), 5-29. DOI: 10.17524/repec.v11i1.1478.

Rosa, A. F. da, Mendes, A. C. A., Teixeira, G. M. A., & Martins, S. (2010). Earnings management no Brasil: uma análise sob a perspectiva sociométrica e bibliométrica. Revista Contabilidade Vista & Revista, 21(4), 189-218.

Saes, M. S. M., Mello, A. M. de, & Guimarães, L. V. de S. (2017). Revistas brasileiras em administração: relevância para quem? Revista de Administração de Empresas, 57(5), 515-519. DOI: 10.1590/s0034-759020170509.

Sampaio, R. B., Sacerdote, H. C. de S., Fonseca, B. de P. F., & Fernandes, J. H. C. (2015). A colaboração científica na pesquisa sobre coautoria: um método baseado na análise de redes. Perspectivas em Ciência da Informação, 20(4), 79-92. DOI: 10.1590/1981-5344/2447.

Schmitz, T., Santos, V. dos, Beuren, I. M., & Faveri, D. B. de. (2015). Conversão dos trabalhos da área contábil apresentados em congressos para publicações em periódicos. Revista Universo Contábil, 11(2), 128-152. DOI: 10.4270/ruc.2015215.

Silva, H. A. S. da, Reina, D. R. M., Ensslin, S. R., & Reina, D. (2012). Programas de pós-graduação em contabilidade: análise da produção científica e redes de colaboração. Revista de Contabilidade e Organizações, 6(14), 145-162.

Soeiro, T. de M., & Wanderley, C. de A. (2019). A teoria institucional na pesquisa em contabilidade: uma revisão. Organizações & Sociedade, 26(89), 291-316. DOI: 10.1590/1984-9260895.

Targino, M. das G., & Garcia, J. C. R. (2000). Ciência brasileira na base de dados do Institute for Scientific Information (ISI). Ciência da Informação, 29(1), 103-117. DOI: 10.1590/S0100-19652000000100011.

Teixeira, M. L. M., Iwamoto, H. M., & Medeiros, A. L. (2013). Estudos bibliométricos (?) em administração: discutindo a transposição de finalidade. Administração: Ensino e Pesquisa, 14(3), 423–452.

Tomaél, M. I., & Marteleto, R. M. (2013). Redes sociais de dois modos: aspectos conceituais. TransInformação, 25(3), 245-253. DOI: 10.1590/S0103-37862013000300007.

Urbizagastegui, R. (2016). La Bibliometría, Informetría, Cienciometría y otras “Metrías” en el Brasil. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 21(47), 51-66. DOI: 10.5007/1518-2924.2016v21n47p51.

Walter, S. A., & Bach, T. M. (2013). Inserção de pesquisadores entrantes na área de estratégia: análise das relações de autoria e temas estudados no período de 1997-2010. Revista Eletrônica de Administração, 74(1), 165-191. DOI: 10.1590/S1413-23112013000100007.

Publicado
02-07-2021
Como Citar
RIBEIRO, H. C. M. Dez anos de trajetória acadêmica da Revista Advances in Scientific and Applied Accounting à luz de sua produção científica. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 13, n. 2, p. 181-207, 2 jul. 2021.
Seção
Seção 1: Contabilidade Aplicada ao Setor Empresarial (S1)