A relevância dos fatos relevantes: um estudo das empresas do novo mercado que compõem o Índice Bovespa (IBOV [B]³)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2023v15n1ID24899

Palavras-chave:

Fato Relevante, Retorno Anormal Acumulado (RAA), categoria

Resumo

Objetivo: Analisar como as divulgações das diferentes categorias de Fatos Relevantes (FRs) influenciam no retorno das companhias do Novo Mercado (NM) integrantes do IBOV no período de 2014 a 2017.

Metodologia: A amostra da pesquisa é composta por 40 empresas do Novo Mercado (NM), analisadas de 2014 a 2017; foram divulgados 919 FRs, após adequações metodológicas analisaram-se 621 FRs. Os dados foram coletados na base de dados da Economática© e utilizou-se a técnica de Estudo de Evento.

 Resultados: Após a análise dos 621 FRs, constatou-se que há diferença de relevância entre as categorias de FRs divulgadas, sendo a categoria com maior frequência de divulgação a relacionada a Fusões e Aquisições (F&A), no entanto, a categoria que apresentou proporcionalmente eventos mais significativos foi a de Celebração/alteração/rescisão de acordo de acionistas. Além disso, apesar de todos os fatos terem apresentados eventos significativos, os testes não paramétricos de proporções evidenciaram que não há diferença entre os Retornos Anormais Acumulados significativos e não significativos para categorias de Mudança de Diretoria; Mudança de Critérios Contábeis; Lucro/Prejuízo da Companhia e Projeções.

Contribuições do Estudo: Estes resultados ao confirmarem que há diferença de relevância entre as categorias de FRs da ICVM 358, contribuem com a difusão do conhecimento sobre o assunto apresentando novas evidências e possíveis esclarecimentos sobre a temática. Além disso, mesmo tendo estudos que analisaram os FRs, não há na literatura brasileira análise das categorias de forma conjunta utilizando o retorno e o volume das ações, este trabalho busca preencher esta lacuna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéssika Vieira Gomes, Universidade Federal de Goiás - FACE-UFG

Mestre em Ciências Contábeis pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCONT) da FACE/UFG.

Carlos Henrique Silva do Carmo , Universidade Federal de Goiás - FACE-UFG

Doutor em Ciências Contábeis. Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Administração, Ciências    Contábeis    e    Ciências    Econômicas

Referências

Alves, J.M., & Zotes, L.P (2016, setembro). Fusões e Aquisições e seus impactos no valor da firma: investigação no setor de ensino superior no Brasil. INOVARSE, XII Congresso Nacional de Excelência e Gestão & III Inovarse – Responsabilidade Social Aplicada.

Amir, E., & Lev, B. (1996). Value-relevance of nonfinancial information: The wireless communications industry. Journal of accounting and economics, 22(1-3), 3-30.

Barth, ME, Beaver, WH e Landsman, WR (2001). A relevância da literatura de relevância do valor para o estabelecimento de padrões de contabilidade financeira: outra visão. Jornal de contabilidade e economia , 31 (1-3), 77-104.

Benninga, S. (2014). Financial modeling. MIT press.

Bergmann, D. R., Savoia, J. R. F., de Melo Souza, B., & de Mariz, F. (2015). Avaliação dos Processos de Fusões e Aquisições no setor Bancário Brasileiro por meio de Estudo de Eventos. Revista Brasileira de Gestão de Negócios-RBGN, 17(56), 1105-1115. https://doi.org/10.7819/rbgn.v17i56.2074

Bernardes, J. R., Nascimento, J. C. H. B. D., Ayres, R. M., & Siqueira, J. R. M. D. (2018). Legibilidade dos Fatos Relevantes: uma Análise na Vale SA no Período de Agosto 2012 a Agosto de 2016. Pensar Contábil, 20(71).

Bonfim, M. P., Souza, I. G. de M., Silva, C. A. T., & Serafim, A. de O. (2018).Gerenciamento de Impressão Gráfica no Processo Decisório. Revista Ambiente Contábil - Universidade Federal Do Rio Grande Do Norte - ISSN 2176-9036, 10(1), 71–87. https://doi.org/10.21680/2176-9036.2018v10n1ID10878

Camargos, M. A., & Barbosa, F.V. (2003). Estudo de eventos: teoria e operacionalização. Caderno de Pesquisas em Administração, 10(3), 01-20.

Camargos, M. A., & Barbosa, F. V. (2015). Eficiência informacional do mercado de capitais brasileiro em anúncios de fusões e aquisições. Production, 25(3), 571-584. https://doi.org/10.1590/0103-6513.0148T6

Cappellesso, G., Rocha, L. C. N., & Dantas, J. A. (2018). Value Relevance da perda por redução ao valor recuperável do Goodwill: evidências das empresas listadas na BM&FBOVESPA. Contabilidade Vista & Revista, 29(3), 102-120. https://dx.doi.org/10.22561/cvr.v29i3.4276

Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). (2011). CPC 00 (R2) – Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro. Disponível em: http://www.cpc.org.br/CPC/Documentos-Emitidos/Pronunciamentos/Pronunciamento?Id=80

Cruz, N. V. S., Dias Filho, J. M., Cordeiro Filho, J. B., da Silva Gomes, S. M., Batista, A. B., & Andrade, C. M. (2015). Disclosure de Guidance e Desempenho das firmas listadas na BM&FBOVESPA. Contabilometria, 2(2).

CVM - Comissão de Valores Mobiliário. (2017). Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002. Recuperado em 20 de janeiro, 2019, de http://www.cvm.gov.br/legislacao/inst/inst358.html.

Cready, W. M., & Hurtt, D. N. (2002). Assessing investor response to information events using return and volume metrics. The Accounting Review, 77(4), 891-909. https://doi.org/10.2308/accr.2002.77.4.891

Cziraki, P., Lyandres, E., Michaely, R. (2018). What do insiders know? evidence from insider trading around share repurchases and seos. In: 27th Annual Conference on Financial Economics and Accounting Paper.

Doná, A. L., Marques, K. C. M., Moribe, A. M., & Junior, J. B. H. (2015). Fatores determinantes do conteúdo divulgado no relatório de administração de empresas brasileiras. Revista Universo Contábil, 11(4), 82-106. https://dx.doi.org/10.4270/ruc.2015433

Ettore, L. A. G., Maia, V. M., & Macedo, M. A. D. S. (2018). Análise do Impacto da Emissão de Debêntures no Valor das Companhias Brasileiras. Pensar Contábil, 20(71).

Fama, E.F. (1970a). Efficient capital markets: a review of theory and empirical work. Journal of Finance, 25(2). https://DOI:10.2307/2325486

Fernandes, J. L. T., & Silva, C. A. T. (2016). Análise do Desempenho como característica das empresas brasileiras de capital aberto na divulgação de Fatos Relevantes em 2010. Registro Contábil, 6(3), 22-37. https://doi.org/10.1590/0103-6513.0148T6.

Fernando, G. D., Giboney, J., & Schneible, R. A. (2018). Voluntary disclosures and market response to earnings announcements. Review of Accounting and Finance, 17(1), 2-17. https//10.1108/RAF-06-2016-0087)

Ferreira, D. S. B. (2010). Volume de negociação, fatos relevantes e notícias de imprensa econômica no Brasil. Revista Contabilidade, Gestão e Governança, 13(3).

Folster, A. (2018). Impacto da evidenciação de guidance: um estudo de evento no mercado brasileiro. Revista de Contabilidade da UFBA, 12(2), 183-200. (DOI: https://doi.org/10.9771/rc-ufba.v12i2.21465)

Fully, R. M. P., Guimarães, A. A. B., Dias, L. A. F., & Lima, L. F. V. (2018). A Qualidade da Informação Contábil para o Mercado de Ações: Evidência nas Companhias de Edificações que atuam no Novo Mercado da Bovespa. Revista de Auditoria Governança e Contabilidade, 6(23).

Gamerschlag, R., Möller, K., & Verbeeten, F. (2011). Determinants of voluntary CSR disclosure: empirical evidence from Germany. Review of Managerial Science, 5(2-3), 233-262. https://DOI:10.1007/s11846-010-0052-3

Gurgul, H., Majdosz, P., & Mestel, R. (2005). Managing Global Transitions, 3(2), 139. https://doi.org/10.1007/3-540-27679-3_3

Holthausen, R. W., & Watts, R. L. (2001). The relevance of the value-relevance literature for financial accounting standard setting. Journal of accounting and economics, 31(1-3), 3-75. https://doi.org/10.1016/S0165-4101(01)00029-5

IFRS Foundation. (2017). Better Commuication I Financial Reporting. https://www.ifrs.org/projects/work-plan/principles-of-disclosure/#about

Jensen, M.C., Meckling, W.H. (1976). Theory of the firm: Managerial behavior, agency costs and ownership structure. Journal of Financial Economics, 3(4), 305-360. https://doi.org/10.1016/0304-405X(76)90026-X

Kajüter, P., & Nienhaus, M. (2017). O impacto da adoção do IFRS 8 na utilidade dos relatórios por segmento. Ábaco, 53 (1), 28-58. https://doi.org/10.1111/abac.12105

Kirch, G., de Lima, J. B. N., & Terra, P. R. S. (2012). Determinantes da defasagem na divulgação das demonstrações contábeis das companhias abertas brasileiras. Revista Contabilidade & Finanças, 23(60), 173-186. https://doi.org/10.1590/S1519-70772012000300003

Kos, S. R., Edwards Barros, C. M., & Colauto, R. D. (2017). Impacto da divulgação de eventos subsequentes no retorno anormal: Estudo em Companhias do ibovespa. Revista Ambiente Contábil-Universidade Federal do Rio Grande do Norte-ISSN 2176-9036, 9(2), 60-79. https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v5i3.13218

Lanzana, A. P. (2004). Relação entre disclosure e governança corporativa das empresas brasileiras (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).

Lerman, A. & Livnat, J. The new Form 8-K disclosures. Review of Accounting Studies, v. 15, n. 4, p. 752-778, 2010.

Lima, Á. V., Gratz, D., Silva, M. R., & de Carvalho, F. A. A. (2013). Análise comparativa dos modelos de cálculo de retornos anormais com base no evento recompra de ações na BOVESPA. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, 17(3), 24-40.

Martins, E., & Lopes, A. B. (2007). Teoria da contabilidade: uma nova abordagem. São Paulo: Atlas.

Lopes, A. B., de Sant'Anna, D. P., & da Costa, F. M. (2007). A relevância das informações contábeis na Bovespa a partir do arcabouço teórico de Ohlson: avaliação dos modelos de Residual Income Valuation e Abnormal Earnings Growth. Rausp Management Journal, 42(4), 497-510.

Lopes, A. B. (2002). A informação contábil e o mercado de capitais.

Loures, L. L., Gonçalves, C. A., & Pardini, D. J. (2017). Disclosure of Relevant Acts or Facts: A Study of Brazilian Companies Issuing American Deposit Receipts–Adrs at American Stock Exchanges. Archives of Business Research–Vol, 5(1). https://doi.org/10.14738/ abr.51.231

Macedo, M. A. D. S., Machado, M. A. V., Murcia, F. D. R., & Machado, M. R. (2011). Análise do impacto da substituição da DOAR pela DFC: um estudo sob a perspectiva do value-relevance. Revista Contabilidade & Finanças-USP, 22(57). https://doi.org/10.1590/S1519-70772011000300005

Machado, C. A., Da Cunha, M. F., Iara, R. N., & Gomes, J. V. (2013, outubro). A ocorrência de retornos anormais na emissão de debêntures e na mudança de diretoria: Um estudo sob a perspectiva da divulgação de fatos relevantes. Seminário em Administração, SEMEAD, 16.

Machado, E. A., Takamatsu, R. T., & Lima, G. A. S. F. (2015). Reações do mercado de capitais brasileiro à publicação voluntária dos demonstrativos contábeis em conformidade com os padrões internacionais. Revista de Estudos Contábeis, 6(10), 40-58.

Machado, D. J., Lamberti, J. R., & Rebelo, H. (2016). Oferta pública de aquisições de ações: Evidências de variação de valor no mercado brasileiro. Journal on Innovation and Sustainability. RISUS ISSN 2179-3565, 7(3), 23-41. https://doi.org/10.24212/2179-3565.2016v7i3p23-41

Machado, M. A. V., da Silva Macedo, M. A., & Machado, M. R. (2015). Análise da relevância do conteúdo informacional da dva no mercado brasileiro de capitais. Revista Contabilidade & Finanças-USP, 26(67), 57-69. https://doi.org/10.1590/1808-057x201512240

Marques, V. A., Lara, C. O., Ayala, L. C., & Lamounier, W. M. (2011). O Impacto dos Fatos Relevantes no Mercado de Capitais: um estudo dos fatos publicados pelas empresas participantes do Novo Mercado do segmento Bovespa. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 5(3).https://doi.org//10.21446/scg_ufrj.v5i3.13218

Martins, E.A. (2014) AOCP 07 Menor Volume e Maior Relevância para as Notas Explicativas. Revista Fipecafe, 2.

Martins, O. S., Paulo, E., & Girão, L. F. D. A. P. (2016). Preço da ação, disclosure e assimetria de informação: o caso OGX. Revista Universo Contábil, 12(1), 06-24. https://DOI: 10.4270/ruc.2016101Matsumoto, G. S., Baraldi, G.P.; & Jucá, M.N. (2018) O impacto do anúncio da emissão de debêntures no preço das ações: Um Estudo de Eventos. Revista Brasileira de Finanças (Online), SSN 1679073116(3), 493-520.

Matos, R. M., & Colauto, R. D. (2017). Justificativas do turnover de CEOs: Estudo em companhias brasileiras investidas por fundos de pensão. Revista de Contabilidade e Organizações, 11(30), 24-35. https://doi.org/10.11606/rco.v11i30.13443

de Andrade Mota, F. (2022). O Dever de Divulgar Fato Relevante na Companhia Aberta. Digitaliza Conteudo.

Paixão, L. M. D., Avelino, B. C., & Takamatsu, R. T. (2017). Determinantes do momento de divulgação das demonstrações contábeis de empresas que compõem o Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (IBOVESPA). Revista Contabilidade e Controladoria, 9(1). https://doi.org/10.11606/rco.v8i20.69265

Pimenta, M. M., Marques, J. A. V. D. C., & Macedo, M. A. D. S. (2016). Retornos anormais versus criação de valor e sinergias operacionais de firmas brasileiras envolvidas em combinações de negócios. Pensar Contábil, 17(64).

Pinheiro, A. F. R. (2014). Investigação de retornos anormais em razão da divulgação de fato relevante sobre passivo contingente.

Rodrigues, F. F. (2012). Fatores determinantes da evolução das informações divulgadas no relatório da administração das empresas brasileiras de capital aberto.

Sena, B. D. S., Santana, C., Rodrigues, R., Arrio, K., Machado, C., & Rocha, D. D. (2009). Uma análise dos fatos relevantes de companhias com registro na CVM utilizando aprendizagem de máquina: estudo após a crise financeira. 33º ANPAD.

Shevlin, T. (1996). A relevância do valor das informações não financeiras: uma discussão. Journal of Accounting and Economics, 22 (1-3), 31-42.

Siegel, S., & Castellan Jr, N. J. (1975). Estatística não-paramétrica para ciências do comportamento. Artmed Editora.

Silva, C.A.T, & Fernandes, J. L. T. (2009). Legibilidade dos fatos relevantes no Brasil. RAC-Eletrônica, 3(1), 142-158.

Silva, A. F., da Silva Macedo, M. A., & da Costa Marques, J. A. V. (2012). Análise da Relevância da Informação Contábil no Setor Brasileiro de Energia Elétrica no período de 2005 a 2007: uma discussão com foco nas variáveis LL, FCO e EBITDA. Revista Universo Contábil, 8(2), 6-24. DOI: https://dx.doi.org 10.4270/RUC.2012210

Silva Filho, F. L. D. (2018). A relação entre anúncios de dividendos, retornos anormais e volatilidade idiossincrática nas ações brasileiras. Dissertação de Mestrado, Escola de Economia de São Paulo, FGV. São Paulo, recuperado de http://hdl.handle.net/10438/2027

Silva, C. A. T., & da Silva Felipe, E. (2010). Avaliação da influência de textos narrativos de fatos relevantes no preço das ações de empresas brasileiras. Revista Contabilidade e Controladoria, 2(2). DOI: https://dx.doi.org/10.5380/rcc.v2i2.19460

Souza, L. C. (2006) Conteúdo Informacional dos Fatos Relevantes: Uma Análise do Comportamento do valor da empresa ante a divulgação dos fatos relevantes. Dissertação de Mestrado – Curso de Mestrado Profissional em Ciências Contábeis. Programa de Mestrado Profissional em Ciências Contábeis da Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças (FUCAPE), Vitória.

Takamatsu, R.T., Lamounier, W.M., & Colauto, R.M. (2008). Impacto na divulgação de prejuízos nos retornos de ações de companhias participantes da Bovespa. Revista Universo Contábil, 4(1), 46-63. DOI: https://dx.doi.org/10.4270/ruc.20084

Terra, P. R. S., & Lima, J. B. N. (2006, set./dez) Governança corporativa e a reação do mercado de capitais à divulgação das informações contábeis. (42), 35-49. Revista de Contabilidade e Finanças, São Paulo.https://doi.org/10.1590/S1519-70772006000300004

Wolf, P. J. W., de Oliveira, G. C., & Palludeto, A. W. A. (2018). O mercado de ações no Brasil (2003-2015): evolução recente e medidas para o seu desenvolvimento. Pesquisa & Debate. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política, 30(2 (54)).https://doi.org/10.23925/1806-9029.2018v30i2p145-180

Downloads

Publicado

02-01-2023

Como Citar

GOMES, J. V.; CARMO , C. H. S. do. A relevância dos fatos relevantes: um estudo das empresas do novo mercado que compõem o Índice Bovespa (IBOV [B]³). REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 22–46, 2023. DOI: 10.21680/2176-9036.2023v15n1ID24899. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/24899. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Seção 1: Contabilidade Aplicada ao Setor Empresarial (S1)