Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 5 – Número 2 – jul./dez./2013

  • José Dionísio Gomes da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Resumo

A Revista Ambiente Contábil (Ambiente) apresenta na sua 10ª edição 15 (quinze) artigos que tratam de assuntos relevantes para a área contábil.

 

Artigo 1 – IMPACTO DA PROJEÇÃO DOS ANALISTAS DE MERCADO NOS RESULTADOS DAS IPO’S BRASILEIRAS NO PERÍODO DE 2004 A 2009 de Joyce Silva Gabriel dos Santos, Clesia Camilo Pereira e de Paulo Roberto Barbosa Lustosa com o objetivo de verificar se as projeções dos analistas de mercado influenciam os resultados das IPO’s brasileiras.

 

Artigo 2 - CUSTO DE CAPITAL MÉDIO PONDERADO NA AVALIAÇÃO DE EMPRESAS NO BRASIL: UMA INVESTIGAÇÃO DA ADERÊNCIA ACADÊMICA E A PRÁTICA DE MERCADO de Moisés Ferreira da Cunha, Alethéia Ferreira da Cruz, Ilírio José Rech e de Ednei Morais Pereira com o objetivo principal de investigar o uso do Custo de Capital Médio Ponderado nos laudos de avaliação econômico financeiro para os fins de oferta pública de aquisição de ações (OPAs) disponíveis na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), de 2004 a 2009, com a finalidade de verificar a prática.

Artigo 3 – DISCLOSURE DA RECUPERABILIDADE DO VALOR DO ATIVO IMOBILIZADO: ANÁLISE NO SETOR SIDERÚRGICO BRASILEIRO de Anderson de Oliveira Reis, Daniela Araújo dos Anjos, Gislaine Aparecida Santana Sediyama e de Débora Lage Martins Lélis com o objetivo geral de verificar se as empresas do setor siderúrgico brasileiro evidenciam adequadamente as informações relativas ao valor recuperável de seus ativos fixos nas demonstrações contábeis.

Artigo 4 – SISTEMA DE CUSTOS MUNICIPAL: DESAFIOS, OBSTÁCULOS E PERCEPÇÃO NO CASO DO MUNICÍPIO DE VILHENA, RONDÔNIA de Alexandre de Freitas Carneiro, Rosana Aparecida Almeida Correia Mittmann, José Arilson de Souza e de Sidiney Rodrigues com o objetivo principal de responder à seguinte questão: quais os fatores que determinam as dificuldades para a implantação de sistema de custos no município de Vilhena? Como objetivos específicos: analisar o sistema contábil do município; identificar os pontos fortes e fracos do sistema contábil para implantação do sistema de custos; e analisar a percepção dos gestores e servidores da função administrativa sobre o conhecimento de sistema de custos.

 

Artigo 5 - EFEITO ANCORAGEM E RELAÇÕES DE CONSUMO: UM ESTUDO COM PRODUTOS DA CESTA BÁSICA de João Matheus França Bezerra e de Rodrigo José Guerra Leone com o objetivo de analisar os efeitos da heurística da ancoragem em estimativas de preços para produtos da cesta básica.

 

Artigo 6 - LICITAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS: UM ESTUDO EM UM MINISTÉRIO DO BRASIL de Jessica Kopak Castro, Tatiana Gesser, Leonardo Flach  e Elisete Dahmer Pfitscher com o objetivo de verificar como se encontram as Licitações Públicas em um Ministério do Brasil, sob o aspecto da sustentabilidade nas contratações realizadas pela administração pública federal.

 

Artigo 7 - ORGANIZAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO de Eduardo Barbosa Custódio, Flávia Verônica Silva Jacques e de Alexandre Costa Quintana com o objetivo de verificar quais são as características quantitativas e qualitativas dos artigos científicos sobre o Terceiro Setor, publicados em periódicos de contabilidade com qualificação A1, A2, B1, B2, B3, B4 e B5 pela CAPES, nos anos de 2006 a 2010.

 

Artigo 8 - ANÁLISE DOS INSTRUMENTOS DE TRANSPARÊNCIA CONTIDOS NA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL NOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO SUL de Gissele Souza De Franceschi Nunes, Vanessa dos Santos, Sueli Farias, Sandro Vieira Soares e Rogério João Lunkes com o objetivo de identificar a aplicação dos instrumentos de transparência contidos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) nos municípios que possuem entre cinquenta e cem mil habitantes nos Estados da Região Sul do Brasil.

Artigo 9 - RELAÇÃO ENTRE DESEMPENHO ECONÔMICO E DESEMPENHO AMBIENTAL DE EMPRESAS NO BRASIL E NA ESPANHA de José Flávio Vasconcelos Alves, Márcia Martins Mendes De Luca, Vanessa Ingrid da Costa Cardoso, Alessandra Carvalho de Vasconcelos, Jacqueline Veneroso Alves da Cunha com base na Teoria da Sinalização e na Teoria da Legitimidade, o estudo tem por objetivo principal investigar a relação entre o desempenho econômico e o desempenho ambiental das empresas no Brasil e na Espanha.

Artigo 10 - A CONTRIBUIÇÃO DA NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA SOBRE OS EFEITOS DOS CICLOS POLÍTICOS NO BRASIL de Guilherme Fernandes Amaral e Diana Vaz de Lima que tem como objetivo analisar a contribuição da nova contabilidade pública sobre os efeitos dos ciclos políticos no Brasil.

Artigo 11 - UM ESTUDO EMPÍRICO SOBRE GESTÃO DE CUSTOS E RISCOS AMBIENTAIS EM EMPRESAS ATUANTES NO BRASIL de Eloy Antônio Fenker, Carlos Alberto Diehl e de Tiago Wickstron Alves com o objetivo de identificar a relação entre Risco Ambiental e Gestão de Custos Ambientais no Brasil, no que se refere ao grau de adesão às práticas indicadas na literatura.

Artigo 12 - PERFIL DAS INFORMAÇÕES AMBIENTAIS: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO EM EMPRESAS DOS SETORES SIDERÚRGICO E METALÚRGICO de Stella Maris Lima Altoé, Pedro Ylunga Costa da Silva, Josilene da Silva Barbosa e de Lauro Brito de Almeida com o objetivo de identificar o perfil das informações ambientais divulgadas voluntariamente pelas empresas brasileiras pertencentes aos setores de siderurgia e metalurgia.

Artigo 13 -  ENVIRONMENTAL DISCLOSURE – INFORMAÇÕES SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS DIVULGADAS PELAS EMPRESAS POTENCIALMENTE POLUÍDORAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA de Tiago Lucimar da Silva, Ernesto Fernando Rodrigues Vicente, Elisete Dahmer Pfitscher  e de Fabrícia Silva da Rosa com o objetivo de identificar as características da evidenciação ambiental sobre resíduos sólidos das companhias listadas na BM&FBOVESPA pertencentes a segmentos potencialmente poluidores.

 

 

 

 

Artigo 14 -  FATORES QUE INFLUENCIAM O DISCLOSURE AMBIENTAL: UM ESTUDO NAS EMPRESAS BRASILEIRAS NO PERÍODO DE 2006 A 2010 de Sheila Mendes Fernandes com o objetivo de identificar os fatores que influenciam o disclosure ambiental das empresas brasileiras listadas na BM&FBovespa no período de 2006 a 2010.

 

Artigo 15 -  A PERCEPÇÃO E O PERFIL DO DISCENTE NÃO CONTADOR SOBRE O ENSINO DA DISCIPLINA DE METODOLOGIA DE CUSTOS de Márcia Bianchi, César Henrique Costa, Simone Leticia Raimundini e de João Marcos Leão da Rocha com o objetivo de identificar a percepção e o perfil do discente não contador sobre o ensino da disciplina de Metodologia de Custos em cursos presenciais na cidade de Porto Alegre/RS, bem como identificar as variáveis facilitadoras e dificultadoras do processo de aprendizagem dos discentes.

 

Boa leitura. Cordiais saudações!

Prof. Dr. José Dionísio Gomes da Silva

Editor

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
17-09-2013
Como Citar
SILVA, J. D. G. DA. Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 5 – Número 2 – jul./dez./2013. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 5, n. 2, p. i-iii, 17 set. 2013.
Seção
EDITORIAL