Capacitação interprofissional sobre insulinoterapia para agentes comunitários de saúde: relato de experiência

Palavras-chave: Diabetes Mellitus; Insulina; Interprofissionalidade; Saúde Coletiva; Agente Comunitário de Saúde; Atenção Primária à Saúde.

Resumo

O Diabetes Mellitus é uma doença crônico-degenerativa, que consiste no aumento de concentração sérica de glicose ou déficit de insulina para o controle glicêmico sistêmico. Fazem parte da Estratégia de Saúde da Família, porta de entrada da Atenção Primária à Saúde, os Agentes Comunitários de Saúde, onde possuem papel importantíssimo na orientação e educação em saúde desses pacientes, sendo o principal elo entre a equipe de saúde e a comunidade. O presente trabalho trata-se de um relato de experiência acerca da capacitação sobre insulinoterapia para ACS da regional II, do município de Fortaleza, Ceará, realizada entre os meses de setembro a outubro de 2019, contando com a participação de 139 ACS. Utilizamos como referencial teórico para capacitação, o método da resolução de problemas do Arco de Maguerez, que possui estratégias de ensino aprendizagem para o desenvolvimento da problematização. Aconteceram quatro etapas em cada encontro que consistiram na participação ativa dos ACS para um olhar atento da realidade. Observamos lacunas no conhecimento dos ACS sobre o cuidado às pessoas em uso da insulina como, por exemplo: noções sobre cuidados preventivos do pé diabético e suas complicações; diferenças entre os tipos de insulina; a importância do manuseio e armazenamento correto da mesma. Houve construção coletiva de conhecimento durante o decorrer dos encontros, contribuindo para maior capacitação dos ACS em relação ao tema e, uma compreensão pelos alunos e profissionais que conduziram a capacitação sobre informações que fazem parte da cultura popular dos pacientes. Esta experiência, proporcionou aos ACS a construção de novos conhecimentos sobre o cuidado às pessoas com DM em insulinoterapia para transformar a realidade, a partir de uma metodologia que possibilitou uma capacitação didática, dinâmica e reflexiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AKHAVAN, S; GHAHGHAEI-NEZAMABADI, A; MODARESGILANI, M; MOUSAVI, AS; SEPIDARKISH, M; TEHRANIAN, A; REZAYOF, E. Impact of diabetes mellitus on epithelial ovarian cancer survival. Rev. BMC Cancer, n. 18, p. 1246, 2018. Disponível em: https://bmccancer.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12885-018-5162-3

ALMEIDA, A. S. Diagnósticos de enfermagem mais frequentes em pacientes com diabetes mellitus: Uma revisão integrativa. Rev. Enfermagem. Aracaju – SE, 2019.

BAQUIÃO, A. P. S. S; CARVALHO, S M; PERES, R S; MÁRMORA, C H C; SILVA, W M D; GRINCENKOV, F R S. Percepções de residentes multiprofissionais de saúde sobre a interdisciplinaridade. Rev. Saúde e Pesquisa, Maringá-PR. N. 12, v. 1, p. 187-196, 2019. Disponível em: https://periodicos.unicesumar.edu.br/index.php/saudpesq/article/view/6919

BERBEL N A N. A problematização e a aprendizagem baseada em problemas: diferentes termos ou diferentes caminhos? Interface: comunic, saúde, educ (periódico online). 1998. Disponivel em: https://www.scielo.br/pdf/icse/v2n2/08.pdf

BERBEL N. A. N. As metodologias ativas e promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais Humanas, v. 32. n. 1, 2011. Disponivel: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/10326

BRUTTI, B; FLORES, J; HERMES, J; MARTELLI, G; PORTO, D. S; ANVERSA, E. T. R. Diabete Mellitus: definição, diagnóstico, tratamento e mortalidade no Brasil, Rio Grande do Sul e Santa Maria, no período de 2010 a 2014. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v. 2, n. 4, p. 3174-3182, 2019. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/2172

FONSECA, R. B. G. Agentes Comunitários de Saúde e o seu papel orientador durante as visitas e acompanhamentos mensais aos pacientes portadores de diabetes. Enfermagem Brasil, Brumadinho, v. 16, n. 4, p. 50-55, 2017. Disponível em: https://portalatlanticaeditora.com.br/index.php/enfermagembrasil/article/view/1261/2391

FREITAS, D. A; SANTOS, S. E. M; LIMA, L. V. S; MIRANDA, L. N; VASCONCELOS, E. L; NAGLIATE, P. C. Saberes docentes sobre o processo ensino aprendizagem e sua importância para a formação. Interface, 2016. Disponivel em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v20n57/1807-5762-icse-1807-576220141177.pdf.

GAMBA, M. A; GOTLIEB, S. L. D; BERGAMASCHI, D. P; VIANNA, L. A. C. Amputações de extremidades inferiores por diabetes mellitus: estudo caso-controle. Rev. Saúde Pública, São Paulo, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102004000300010

MACIAZEKI-GOMES, R. C; SOUZA, C. D; BAGGIO, L; WACHS, F. O trabalho do agente comunitário de saúde na perspectiva da educação popular em saúde: possibilidades e desafios. Ciência & amp; Saúde Coletiva, v. 5, n. 21, p.1637-1646, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v21n5/1413-8123-csc-21-05-1637.pdf

MORÁN, J. Mudando a educação com metodologia ativas. Formato e-book. p. 15-33, 2015. Disponível em: http://rh.unis.edu.br/wp-content/uploads/sites/67/2016/06/Mudando-a-Educacao-com-Metodologias-Ativas.pdf

NANCARROW, S. A; BOOTH, A; ARISS, S; SMITH, T; ENDERBY, P; ROOTS, A. Ten principles of good interdisciplinary team work. Human resources for Health. N. 11, v.1, p. 19, 2013. Disponível em: https://human-resources-health.biomedcentral.com/articles/10.1186/1478-4491-11-19

RIBEIRO, S. A; MOREIRA, A. D; REIS, J. S; SOARES, A. N; GÉA-HORTA, T. Elaboration and validation of a booklet on diabetes for Community Health Workers. Rev. Bras. Enferm, v. 73, n.4, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672020000400179

SILVA, J. A. C; GOMES, A. L; OLIVEIRA, J. P. S; SASAKI, Y. A; MAIA, B. T. B; ABREU, B. M. Prevalência de automedicação e os fatores associados entre os usuários de um Centro de Saúde Universitário. Rev Bras Clin Med, n. 11, v. 1, p. 27-30, 2013. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/1679-1010/2013/v11n1/a3385.pdf

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2019-2020. 2019. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/profissionais/images/DIRETRIZES-COMPLETA-2019-2020.pdf

ZAIUTH, G; HAYASHI, M. C. P. I. A apropriação do referencial teórico de Paulo Freire nos estudos sobre educação CTS. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, n. 1, v. 2, p. 278-292, 2011. Disponível em: http://www.acervo.paulofreire.org:8080/jspui/bitstream/7891/4299/2/FPF_PTPF_01_094

Publicado
26-03-2021
Como Citar
ARAÚJO, I. G. DE; NEPOMUCENO, R. DE C. A.; CARVALHO, G. B.; IVO, P. S. A.; PEREIRA, A. A. P. DA; ESMERALDO, G. R. DE O. V. Capacitação interprofissional sobre insulinoterapia para agentes comunitários de saúde: relato de experiência. Revista de Casos e Consultoria, v. 12, n. 1, p. e24108, 26 mar. 2021.
Seção
Relatos de Experiência