Efeito da prática de exercícios físicos sobre o risco cardiovascular em idosos: revisão narrativa

Autores

Palavras-chave:

Envelhecimento, Exercício físico, Hipertensão, População idosa, Risco cardiovascular

Resumo

A população mundial está em tendencia de diminuição da taxa de natalidade e envelhecimento populacional. O perfil epidemiológico da população idosa está sofrendo grande influência das doenças crônicas não-transmissíveis, que são fatores de risco para outra doenças, como as doenças cardiovasculares. Os exercícios ainda são um dos meios mais recomendados para prevenir e controlar fatores de risco cardiovascular. O presente estudo buscou avaliar como os exercícios podem auxiliar no controle e prevenção de riscos cardiovasculares em idosos, através de uma pesquisa na literatura, utilizando as fontes primarias de pesquisa Scopus, PubMed e Web of Science. Os achados demostram que a aplicação de exercícios físicos em grupos de idosos de diferentes idades, altera positivamente os níveis de glicemia, hipertensão arterial, colesterol, índice de massa corporal, flexibilidade, força muscular e resistência. Sendo um meio eficaz na prevenção e controle dos fatores de risco de doenças cardiovasculares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAPTISTA, Liliana C. et al. Exercise training improves functional status in hypertensive older adults under angiotensin converting enzymes inhibitors medication. Experimental gerontology, v. 109, p. 82-89, 2018.

BRUSEGHINI, Paolo et al. Effects of eight weeks of aerobic interval training and of isoinertial resistance training on risk factors of cardiometabolic diseases and exercise capacity in healthy elderly subjects. Oncotarget, v. 6, n. 19, p. 16998, 2015.

CAMPOLINA, Alessandro Gonçalves et al. A transição de saúde e as mudanças na expectativa de vida saudável da população idosa: possíveis impactos da prevenção de doenças crônicas. Cadernos de Saúde Pública, v. 29, p. 1217-1229, 2013.

CASSIANO, Andressa do Nascimento et al. Effects of physical exercise on cardiovascular risk and quality of life in hypertensive elderly people. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 2203-2212, 2020.

CORDEIRO, Alexander Magno et al. Revisão sistemática: uma revisão narrativa. Revista do colégio brasileiro de cirurgiões, v. 34, p. 428-431, 2007.

DA SILVA HORTENCIO, Marinella Nogueira et al. Efeitos de exercícios físicos sobre fatores de risco cardiovascular em idosos hipertensos. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 31, n. 2, 2018.

DE ASSIS, Hoseane Rodrigues Caboclo et al. O efeito da hidroginástica sobre a pressão arterial: uma revisão de literatura. Diálogos em Saúde, v. 1, n. 1, 2019.

DE CARVALHO, Dayara de Nazaré Rosa et al. Avaliação da capacidade funcional da pessoa idosa: estudo bibliométrico. Revista de Casos e Consultoria, v. 13, n. 1, p. e28857-e28857, 2022.

DE OLIVEIRA ANDRADE, Jéssica; DE CASTRO, Juçara Gonçalves; DA SILVA COELHO, Bruna Nádya Lopes. Benefícios do método Pilates na qualidade de vida dos idosos. Revista de Casos e Consultoria, v. 12, n. 1, p. e27374-e27374, 2021.

DIAS, Maria Socorro de Araújo; PARENTE, José Reginaldo Feijão; VASCONCELOS, Maristela Inês Osawa; DIAS, Fernando Antônio Cavalcante. Intersetorialidade e Estratégia Saúde da Família: tudo ou quase nada a ver?. Ciência Saúde Coletiva, v. 19, n. 11, p. 4371-4382, 2014.

DOS SANTOS, Leandro et al. Effects of pyramid resistance-training system with different repetition zones on cardiovascular risk factors in older women: A randomized controlled trial. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 17, n. 17, p. 6115, 2020.

FERREIRA, Luana Karoline; MEIRELES, Juliana Fernandes Filgueiras; FERREIRA, Maria Elisa Caputo. Avaliação do estilo e qualidade de vida em idosos: uma revisão de literatura. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 21, p. 616-627, 2018.

FREIRE, Joilane Alves Pereira et al. Fatores de risco cardiovascular e prevalência de síndrome metabólica em idosos. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 27, n. 4, p. 477-484, 2014.

KIM, Ji-Hyeon et al. Aquatic exercise positively affects physiological frailty among postmenopausal women: a randomized controlled clinical trial. In: Healthcare. MDPI, 2021. p. 409.

KRINSKI, Kleverton et al. Efeito do exercício aeróbio e resistido no perfil antropométrico e respostas cardiovasculares de idosos portadores de hipertensão. Acta Scientiarum. Health Sciences, v. 28, n. 1, p. 71-75, 2006.

MEHTA, Hardik et al. Comparison of usefulness of secondary prevention of coronary disease in patients< 80 versus≥ 80 years of age. The American journal of cardiology, v. 112, n. 8, p. 1099-1103, 2013.

OUZZANI, Mourad et al. Rayyan—a web and mobile app for systematic reviews. Systematic reviews, v. 5, p. 1-10, 2016.

RODRIGUES, Patricia et al. Cardiac rehabilitation after an acute coronary syndrome: the impact in elderly patients. Cardiology, v. 131, n. 3, p. 177-185, 2015.

ROTHER, Edna Terezinha. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta Paul Enferm, v. 20, 2007.

SANHUEZA, Sergio; MASCAYANO, Marcela. Impacto del ejercicio en el adulto mayor hipertenso. Revista HCUC, v. 17, n. 2, p. 111-128, 2006.

SANTIAGO, Luís Ângelo Macêdo et al. Treinamento resistido reduz riscos cardiovasculares em idosas. Revista brasileira de medicina do esporte, v. 21, p. 261-265, 2015.

SIMIELI, Isabela; PADILHA, Letícia Aparecida Resende; DE FREITAS TAVARES, Cristiane Fernandes. Realidade do envelhecimento populacional frente às doenças crônicas não transmissíveis. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 37, p. e1511-e1511, 2019.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA - SBC . VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Revista Brasileira de Hipertensão., v. 17, n. 1, p. 1-57, 2010.

TRAPE, Atilá. et al. Relationship between the practice of unsupervised walking and risk factors for cardiovascular disease in adults and elderly. Medicina (Ribeirão Preto), v. 47, n. 2, p. 165-76, 2015.

VASCONCELOS, Ana Maria Nogales; GOMES, Marília Miranda Forte. Transição demográfica: a experiência brasileira. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 21, n. 4, p. 539-548, 2012.

WHO - WORLD HEALTH ORGANIZATION. 65th World Health Assembly closes with new global health measures, 2012

Downloads

Publicado

18-09-2023

Como Citar

RODRIGUES, A. R. da S. P. Efeito da prática de exercícios físicos sobre o risco cardiovascular em idosos: revisão narrativa. Revista de Casos e Consultoria, [S. l.], v. 14, n. 1, p. e32684, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/casoseconsultoria/article/view/32684. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências da Saúde