Pioneirismos, ativismos e (re)invenções: entrevista com Berenice Bento.

  • Tarcísio Dunga Pinheiro Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Gênero, Sexualidade, Poder, Política, Sociologia, Antropologia Social

Resumo


Entrevista realizada no dia 03 de maio de 2017, na casa de Berenice Bento, em Natal, Rio Grande do Norte. Berenice possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (1994), mestrado (1998) e doutorado (2003) em Sociologia pela Universidade de Brasília, pós-doutorado (2009) pelo Núcleo de Estudos em Educação e Promoção à Saude – NESPROM/CEAM/UnB e pela City University of New York – CUNY/EUA (2014). Atualmente, é professora adjunta do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Entre outras publicações, é autora dos livros: “A reinvenção do corpo: gênero e sexualidade na experiência transexual” (Garamond, 2006, 1.ed./ EdUFRN, 2014, 2.ed.); “O que é transexualidade” (Coleção Primeiros Passos/ Brasiliense, 2008); “Homem não tece dor: queixas e perplexidades masculinas” (EdUFRN, 2013) e “Estrangeira: uma paraíba em Nova Iorque” (Annablume, 2016).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tarcísio Dunga Pinheiro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutorando em Ciências Sociais, PPGCS/UFRN

Referências

BENTO, Berenice. A reinvenção do corpo: sexualidade e gênero na experiência transexual. Rio de Janeiro: Garamond, 2006.
____. Disforia de gênero: geopolítica de uma categoria psiquiátrica. Revista direito e práxis, Rio de Janeiro, v. 7, n. 15, pp. 496-536, 2016.
____. Transfeminicídio: violência de gênero e o gênero da violência. In:
COLLING, Leandro. Dissidências sexuais e de gênero. Salvador: Edufba, 2016. p. 43-68.
BORBOLETAS da vida. Direção de Vagner Almeida. Rio de Janeiro: ABIA,
2004, 38min. Disponível em https://www.youtube.comwatch?v=tsLOFtyuO1g, acesso 08 mai. 2017.
BUTLER, Judith. Problemas de Gênero: Feminismo e subversão da identidade. Tradução Renato Aguiar. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.
____. Quadros de Guerra: quando a vida a passível de luto? 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.
____. Relatar a si mesmo: crítica da violência ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.
____. Vida precaria: el poder del duelo y la violência. Buenos Aires: Paidoz, 2006.
____; ATHANASIOU, Athena. Dispossession: the performative in the political. Cambridge: Polity Press, 2013.
COLLING, Leandro. Dissidências sexuais e de gênero. Salvador: Edufba, 2016.
FERNANDES, Florestan. Ciências Sociais: na ótica do intelectual militante. Estudos Avançados, São Paulo, v. 8, n. 22, pp. 123-138, dez. 1994. Disponível em: (http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/9686). Acesso em: 29 mai. 2017.
FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 2005.
____. História da sexualidade: a vontade de saber. V. 1. São Paulo: Paz e Terra, 2015.
____. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979.
MBEMBE, Achille. Necropolítica/Sobre el gobierno privado indirecto. Santa Cruz de Tenerife: Editorial Melusina, 2011.
PADILHA, Felipe; FACIOLI, Lara. É o queer tem pra hoje? Conversando sobre as potencialidades e apropriações da Teoria Queer ao Sul do Equador. Áskesis, São Paulo, v. 1, n. 4, pp. 143-155, jan/jun, 2015. Disponível em: http://www.revistaaskesis.ufscar.br/index.php/askesis/article/view/61. Acesso em: 20 mai. 2017.
PAPPÉ, Ilan. A limpeza étnica da Palestina. São Paulo: Sundermann, 2016.
PINHEIRO, Tarcisio. Entre Elas: Políticas Públicas e Cidadania de Travestis e
Mulheres Transexuais de uma ONG em Natal/RN. 2016 . Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais), Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2016.
TEIXEIRA, Flavia. (Re)encontrando Berenice Bento: uma década de afetações. Cadernos pagu, Campinas, n. 48, pp. 321-329, nov. 2016. Disponível
em: (https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/
view/8647584/15161). Acesso em: 29 mai. 2017.
WITTIG, Monique. El cuerpo lesbiano. Valencia: Pre-textos, 1977.
____. La pensée straight. Paris: Éditions Balland, 2001.
ZUCKER, Kenneth et al. Memo outlining evidence for change for gender identity disorder in the DSM-5. Archives of Sexual Behavior, 42, pp. 901-14, 2013.
Publicado
22-09-2017
Como Citar
PINHEIRO, T. D. Pioneirismos, ativismos e (re)invenções: entrevista com Berenice Bento. Equatorial – Revista do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, v. 4, n. 6, p. 126-141, 22 set. 2017.
Seção
Entrevistas