Tecendo fios entre circulação de pessoas e os efeitos de Estado

  • José Ricardo Marques Braga UFRN
Palavras-chave: Refugiados;Estado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Ricardo Marques Braga, UFRN

Professor de Sociologia da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA). Mestre e doutorando em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Membro do Grupo Gênero, Corpo e Sexualidade (GCS/UFRN)

Referências

ABRAMS, Philip. “Notas sobre la dificuldade de estudiar el Estado”In: ABRAMS, Philip; GUPTA, Akhil; MITCHELL, Timothy (orgs). Antropología del Estado. México: Fondo de Cultura Económica, 2015.
BUTLER, Judith; SPIVAK, Gayatri. Quien le canta al estado-nación? Linguaje, politica, pertinência. Buenos Aires: Paidós, 2009.
HAMID, Sônia. (Des) integrando refugiados: os processos do reassentamento de palestinos no Brasil. Tese doutoral. Universidade de Brasília. Programa de pós-graduação em Antropologia Social, 2012.
SEYFERTH, Giralda. A invenção das raças e o poder discricionário dos estereótipos. Anuário antropológico. Rio de Janeiro: Tempo brasileiro, 1995.
Publicado
27-02-2020
Como Citar
BRAGA, J. R. M. Tecendo fios entre circulação de pessoas e os efeitos de Estado. Equatorial – Revista do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, v. 7, n. 12, p. 1-9, 27 fev. 2020.