Conduzindo condutas

a transformação do ambiente urbano de Cuiabá a partir do Código de Postura de 1832

Autores

  • Patrícia Figueiredo Aguiar

Palavras-chave:

Cidade, Biopoder, Disciplina, Código de Postura

Resumo

Na primeira metade do século XIX, a cidade de Cuiabá, Província de Mato Grosso, vivenciou o desenvolvimento de um aparato legal que tinha como principal objetivo estabelecer mecanismos ordenadores, que privilegiariam o progresso e a modernização da cidade. Tais mecanismos foram denominados de Códigos de Postura, e assim como em outras cidades do Império, foi promulgado pela Câmara Municipal. Conduzindo condutas e reestruturando o ambiente urbano, esses códigos redefiniam a urbe, valendo-se da disciplina e do cuidado com a vida para alcançar seus objetivos. Nesse sentido, as linhas que se seguem, apresentam uma discussão que envolve a formação de técnicas biopolíticas e táticas disciplinares. Para tanto foram utilizadas como subsídio teórico as noções apresentadas por Michel Foucault do que vem a ser o biopoder e a disciplina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

25-11-2011

Como Citar

AGUIAR, P. F. Conduzindo condutas: a transformação do ambiente urbano de Cuiabá a partir do Código de Postura de 1832. Revista Espacialidades, [S. l.], v. 4, n. 03, p. 01–17, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/espacialidades/article/view/17743. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê