Letras que subvertem

expressões da religiosidade feminina na Europa do século XVI

  • Larissa Cristhina Giron Ferreira UFF
Palavras-chave: Jeanne de Jussie, Marie Dentière, Mulheres e Reformas Religiosas

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar as experiências femininas durante momentos das Reformas Religiosas no século XVI. Nesse sentido, as trajetórias de Jeanne de Jussie e Marie Dentière, uma freira e uma adepta do protestantismo calvinista, respectivamente, nortearão as observações sobre o quadro em questão. São levados em conta os artifícios que essas personagens utilizaram para refletir sobre o seu meio, sobretudo a leitura e a escrita. Há também destaque para as discussões das relações entre gênero. Ainda, todos estes pontos estão inseridos em um recorte que compreende parte da Europa francófona no século XVI, espaço que viveu os impactos do poder de circulação de ideias viabilizado pela utilização da imprensa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Cristhina Giron Ferreira, UFF

Aluna de mestrado no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal Fluminense. Link para currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6662702782234869. E-mail: larissagiron@live.com

Publicado
19-07-2020
Como Citar
GIRON FERREIRA, L. C. Letras que subvertem. Revista Espacialidades, v. 16, n. 2, p. 16-37, 19 jul. 2020.