A QUESTÃO DA SAÚDE INDÍGENA NOS TERRITÓRIOS SOCIAIS DO RIO GRANDE DO NORTE

apontamentos sobre o período colonial e a pandemia da Covid-19

  • Victor André Costa da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Saúde indígena. Territórios sociais. Rio Grande do Norte. Covid-19.

Resumo

Este artigo se propõe a discutir os principais desafios encarados pelos povos indígenas no Rio Grande do Norte quanto à questão da saúde em seus territórios sociais – conceito proposto pelo antropólogo Paul Little – suscitando reflexões referentes tanto ao período colonial quanto aos dias atuais no contexto da pandemia da covid-19, ao dialogar com a Antropologia Histórica, por meio de autores como Barth; Almeida; Pacheco; Neves; entre outros. Através da análise de fontes documentais do período colonial; de dados oficiais dos governos mais recentes; e relatos orais de lideranças indígenas no estado, percebeu-se as intensas relações entre o acesso à terra e à saúde de qualidade, assim como, a contínua resistência dos povos indígenas, no período colonial e também atualmente no Rio Grande do Norte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor André Costa da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutorando em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Mestre em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Especialista em Etnologia Indígena pela Universidade Venda Nova do Imigrante (FAVENI), vinculado ao grupo de pesquisa "Formação dos Espaços Coloniais: economia, sociedade e cultura" (FEC/UFRN/CNPq). Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1790616482223788. E-mail: victor_acds@hotmail.com.

Publicado
28-03-2021
Como Citar
DA SILVA, V. A. C. A QUESTÃO DA SAÚDE INDÍGENA NOS TERRITÓRIOS SOCIAIS DO RIO GRANDE DO NORTE. Revista Espacialidades, v. 17, n. 1, p. 413-435, 28 mar. 2021.