Edição Atual

v. 2 n. 1 (2019): Corpos Pol´ˆíticos/ Political Bodies
Autor da imagem: Diogo Moreira

A terceira edição da Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas tem como eixo temático os Corpos Políticos.Como apontam os estudos atuais, os Corpos Políticos são aqueles atravessados em suas individualidades por afetos que tangem `a coletividade: medo e desamparo, por exemplo. Esta circuitação afetiva dos corpos afirma instituições e modelos sociais que, no presente contexto, operam forças exploratórias de poder. As políticas internacionais, os grandes acordos financeiros, as religiões, o pensamento patriarcal etc. agem como categorias fortes sobre corpos em apagamento.

The third edition of Manzuá: Journal of Research in Performing Arts has as its thematic axis the Political Bodies. As the current studies point out, Political Bodies are those crossed in their individualities by affections that put it on the collective: fear and helplessness, for example. This affective circuit of bodies affirms social institutions and models that, in the present context, operate exploratory forces of power. International policies, major financial agreements, religions, patriarchal thinking, etc. act as strong categories on erasing bodies.

Publicado: 20-08-2019
Ver Todas as Edições

As edições de 2019 da Revista Manzuá de Pesquisa em Artes Cênicas tem como eixos temáticos os Corpos Políticos (Vol. 2, n. 1), as Performances Negras (Vol. 2, n. 2) e a Virada Afetiva (Vol. 2, n. 3). Os enviesamentos conceituais em nossa área de conhecimento apontam para os Corpos Políticos, que são aqueles atravessados em suas individualidades por afetos que tangem a coletividade: medo e desamparo ditando condutas. Essa circuitação afetiva dos corpos afirma instituições e modelos sociais que, no presente contexto, operam forças exploratórias: as políticas das religiões, o pensamento patriarcal, o racismo e a homofobia agindo como categorias fortes sobre corpos em apagamento. O atual contexto político e social do Brasil sugere o estabelecimento de redes afetivas como territórios facilitadores em tempos difíceis. Convidamos os artistas e pesquisadores a compartilharem suas pesquisas com artigos e ensaios que tensionam as categorias fortes através da produção que encoraja o pensamento voltado para aquilo que não estamos vendo nas Artes Cênicas. Serão aceitos trabalhos inéditos em formato de artigo (especificações nas Instruções para o Autor da revista), assim como ensaios fotográficos de obras artísticas em Artes Cênicas e outras linguagens em diálogo com a cena contemporânea.

 

A redação recebe artigos em fluxo contínuo, e disponibiliza abaixo as temáticas selecionadas para cada número, junto de seus respectivos meses de lançamento.

 

Vol. 2, n.1: CORPOS POLÍTICOS, julho 2019

Vol. 2, n.2: PERFORMANCES NEGRAS, agosto 2019  

Vo.. 2, n.3: DOSSIÊ TEMÁTICO: Virada afetiva, dezembro 2019

 

The 2019 editions of the Manzuá Magazine for Research in Scenic Arts have as their theme the Political Bodies (Vol 2, n.1), the Black Performances (Vol 2, n.2) and the Affective Turn (Vol 2, paragraph 3). The conceptual biases in our area of ​​knowledge point to the Political Bodies, which are those crossed in their individualities by affections that affect the collectivity: fear and helplessness dictating behaviors. This affective circuit of bodies affirms social institutions and models that, in the present context, operate exploratory forces: the policies of religions, patriarchal thinking, racism and homophobia acting as strong categories on erasing bodies. Brazil suggests the establishment of affective networks as facilitating territories in difficult times. We invite artists and researchers to share their research with articles and essays that stress the strong categories through production that encourages thinking about what we are not seeing in the Performing Arts. Unpublished works in the form of an article (specifications in the Instructions for the Author of the journal) will be accepted, as well as photographic essays on artistic works in Scenic Arts and other languages ​​in dialogue with the contemporary scene. The essay receives articles in a continuous stream, and makes available below the themes selected for each issue, along with their respective release months. 2, n.1: POLITICAL BODIES, July 2019 Vol. 2, n.2: BLACK PERFORMANCES, August 2019 Vo . 2, n.3: THEMATIC DOSSIER: Affective Turn, December 2019

Las ediciones de 2019 de la Revista Manzuá de Investigación en Artes Escénicas tienen como tema los Cuerpos Políticos (Vol 2, n.1), las Perforiciones Negras (Vol 2, n.2) y la Virada Afectiva (Vol 2, párrafo 3). Los sesgos conceptuales en nuestra área de conocimiento apuntan a los Cuerpos Políticos, que son aquellos cruzados en sus individualidades por afectos que afectan a la colectividad: miedo e impotencia dictando comportamientos. En el contexto actual, operan fuerzas exploratorias: las políticas de las religiones, el pensamiento patriarcal, el racismo y la homofobia, actuando como categorías fuertes en el borrado de los cuerpos. Brasil sugiere el establecimiento de redes afectivas como territorios facilitadores en tiempos difíciles. Invitamos a artistas e investigadores a compartir sus investigaciones con artículos y ensayos que enfatizan las categorías fuertes a través de una producción que estimula el pensamiento sobre lo que no estamos viendo en las Artes Escénicas. Se aceptarán obras inéditas en forma de artículo (especificaciones en las Instrucciones para el Autor de la revista), así como ensayos fotográficos sobre trabajos artísticos en Artes Escénicas y otros lenguajes en diálogo con la escena contemporánea. El ensayo recibe artículos en un flujo continuo y ofrece abajo los temas seleccionados para cada edición, junto con sus respectivos meses de lanzamiento. 2, n.1: ORGANISMOS POLÍTICOS, julio de 2019 Vol. 2, n.2: PERFORMANCE NEGRAS, agosto de 2019 V. 2, n.3: DOSSIÉ TEMÁTICO: VIRADA AFECTIVA, diciembre de 2019