Escola para que? Escola para quem? Os primeiros passos da instrução pública no Piauí (1730-1824)

  • Marcelo de Sousa Neto Universidade Estadual do Piauí
Palavras-chave: Instrução Pública, Educação, Colônia

Resumo

Discutir a instrução formal no Brasil durante o período colonial e imperial mesmo considerando o crescente número de pesquisas é ainda empreitada desafiadora, em virtude da escassez de fontes e informações divergentes na literatura sobre o tema. O mesmo desafio é sentido quando refere ao cenário piauiense. Dessa forma, deu-se relevância neste texto às discussões acerca dos primeiros e trôpegos passos da Instrução Pública formal no Piauí, por meio de suas primeiras Aulas Régias, utilizando como referências, além da literatura existente sobre o tema e a legislação vigente no período, a documentação pertencente ao Arquivo Público do Estado do Piauí (APEPI) e a documentação pertencente ao acervo do Arquivo Histórico Ultramarino de Lisboa (AHU), diálogo que possibilitou novos olhares a respeito da história da educação no período, bem como a reflexão sobre outras dimensões do tecido social local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo de Sousa Neto, Universidade Estadual do Piauí

Professor Adjunto do Curso de História da Universidade Estadual do Piauí - UESPI.

Pós-Doutor em História (UFPI), Doutor em História (UFPE), Mestre em Educação (UFPI), Graduado em História (UESPI) 

Publicado
17-10-2015
Como Citar
DE SOUSA NETO, M. Escola para que? Escola para quem? Os primeiros passos da instrução pública no Piauí (1730-1824). Mneme - Revista de Humanidades, v. 15, n. 35, p. 260-283, 17 out. 2015.