O mito do método ideal

  • Diego Moreno Redondo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
Palavras-chave: Método. Pós-método. Ensino-aprendizagem de línguas.

Resumo


É comum encontrar, na literatura da área, trabalhos que discutem a questão do método no ensino de línguas estrangeiras (LE). Isso leva a crer que ainda há questões que despertam o interesse de tantos trabalhos que contemplam o método como foco central, caso contrário, o assunto não seria tão discutido. No campo da Linguística Aplicada, especialmente, no campo de ensino-aprendizagem de línguas, levantam-se muitos debates e embates cujo objetivo é discutir a ideia que permeia o mito do método ideal, isto é, a convicção de que há o melhor método para ensinar uma língua estrangeira. Este estudo pretende trazer à tona as opiniões de autores da área que se debruçaram sobre este assunto para tentar desmistificar a falsa concepção do método ideal. Além disso, será possível suscitar e apontar as recentes propostas em torno da temática que envolve o método, provocando novas leituras e opiniões acerca do mito do método ideal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Moreno Redondo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
Mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Publicado
25-09-2016
Como Citar
REDONDO, D. M. O mito do método ideal. Revista Odisseia, n. 13, p. p. 76 - 90, 25 set. 2016.
Seção
Artigos