La religion dans Malos Tiempos de Juan Madrid

Palavras-chave: Religião, Alienação, Mercantilização, Reportagem, Desumanização

Resumo


Investindo a Res factae, o autor espanhol do romance negro Juan Madrid reúne em Malos tiempos (2017) as histórias de oito eventos sangrentos que já havia publicado no Cambio 16 enquanto repórter. Os assassinatos nelas relatados derivam de atributos da sociedade contemporânea: materialismo, ganância, individualismo e assim por diante. A religião, como instrumento de alienação e de sua mercantilização, está na origem do crime horrível cometido por Hermanas de Luz, seguidoras de Santa Lúcia. Este artigo é um estudo baseado em uma abordagem hermenêutica, conciliando a perspectiva teórico-conceitual e epistemológica com a prática textual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maguette Dieng, Université Cheikh Anta DIOP / Faculté des Sciences et Tecnologiesde l'Education et de la Formation

Chef du Bureau animation et organisation pédagogique de la Direction des Affaires Pédagogiques (DAP); Chef du département de Langues Romanes de la Faculté des Sciences et Technologies de l'Éducation et de la Formation (FASTEF) de l’Université Cheikh Anta Diop de Dakar

Publicado
27-11-2019
Como Citar
DIENG, M. La religion dans Malos Tiempos de Juan Madrid. Revista Odisseia, v. 4, n. 2, p. p. 171 - 184, 27 nov. 2019.
Seção
Artigos