Os dilemas de “boca do inferno”: das perspectivas moral e dialética ao cânone literário

Palavras-chave: Antologias, cânone, moral, dialética.

Resumo


O presente artigo parte de reflexões a respeito das antologias lírico-amorosa, religiosa e satíricas de Gregório de Matos a partir dos aspectos sociológicos pertinentes em sua obra. Para tanto, entre seus poemas são abordadas questões referentes aos valores morais (moral) e a dialética presentes em seus escritos. Nesse sentido, objetiva-se explicitar, por meio de tais elementos, como se deu a entrada do autor barroco no cânone literário brasileiro. Esse trabalho dialoga com as obras de Durkheim (1994) e Marx e Engels (1989). A bibliografia estudada também foi orientada pelas obras de Cosson (2010),  Medina (2013), Santos (2011) e Souza (2010), entre outros que colaboraram com o desenvolvimento das ideias. O aprendizado adquirido no decorrer do curso e, sobretudo, conjunto de fontes bibliográficas possibilitaram perceber a relevância de um autor que marcou profundamente a literatura de Língua Portuguesa com um modo simples e particular de falar da realidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Danielle da Silva Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN, Licenciada e Bacharelanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Especialista em Ensino e Literatura pelo IFRN, Professora de Sociologia no Estado do Rio Grande do Norte.
Publicado
20-06-2016
Como Citar
DA SILVA SOUZA, K. D. Os dilemas de “boca do inferno”: das perspectivas moral e dialética ao cânone literário. Revista Odisseia, n. 14, p. p. 1 - 18, 20 jun. 2016.
Seção
Artigos