O estudo do grupo nominal em inglês traduzido para o português

Autores

  • Gabrielly Gomes Leite Universidade Federal da Grande Dourados
  • Marcelo Saparas Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

Palavras-chave:

Grupos nominais. Sintático-semântica. Tradução. LSF.

Resumo

Este artigo apresenta uma pesquisa acerca da dificuldade de compreensão e, em alguns casos tradução, de termos e frases da língua inglesa, presentes no cotidiano da população que estuda ou trabalha nessa área. O estudo integra nossa pesquisa no Programa Institucional de Voluntariado em Iniciação Científica – PIVIC da  UFGD. A pesquisa objetiva buscar e analisar grupos nominais em inglês (doravante GNs) segundo a Linguística Sistêmico-Funcional (doravante, LSF), a fim de buscarmos entender a relação da estrutura dos GNs e suas traduções para o português nos gêneros escrita acadêmica e revista de bordo. O corpus da pesquisa é composto por 100 grupos nominais em inglês traduzidos para o português, comparados, para procurar estabelecer um padrão nos gêneros em questão. Observamos que, nos GNs iniciados com adjetivo no grau superlativo, a tradução portuguesa mantém essa posição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Saparas, Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

Prof. Adjunto de Língua Inglesa e Linguística -UFGD

Downloads

Publicado

11-06-2016

Como Citar

GOMES LEITE, G.; SAPARAS, M. O estudo do grupo nominal em inglês traduzido para o português. Revista Odisseia, [S. l.], n. 15, p. p. 50–64, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/odisseia/article/view/9597. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos