Libras: algumas reflexões sobre a sintaxe

  • Marcio Cotovicz Universidade Federal do Paraná
  • Eliziane Manosso Steiechen Universidade Estadual do Centro Oeste-UNICENTRO
  • Samuel Antoszczyszen Instituto Superior de Aprendizagem Multidisciplinar-ISAM
Palavras-chave: Libras, sintaxe, sentença

Resumo

Este artigo tem por objetivo discutir o aspecto estrutural das sentenças na Libras, língua oficial da comunidade surdo brasileira, que atualmente tem sido aprendida por surdos e ouvintes. A pesquisa apoia-se nos trabalhos de Brito (1995), Quadros (1999), Quadros e Karnopp (2004), dentre outros, que postulam que essa língua de modalidade visual-espacial organiza espacialmente os constituintes da sentença, tendo como ordem básica a estrutura SVO e a partir desta outras ordenações sintáticas são construídas. O trabalho conceitua o que se entende por sintaxe e explora o componente verbal da Libras, por este ter um papel preponderante na organização das sentenças, que podem ser SVO, OSV, SOV e VOS. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcio Cotovicz, Universidade Federal do Paraná

Graduado em Letras - Português e Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO (2015), com parte da graduação realizada por meio de intercâmbio na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra-PT. Possui especialização em Educação Especial com Ênfase em Libras. É membro do grupo de pesquisas VARLINFE (Variação Linguística de Fala Eslava) e do FAVO (Investigações Acústicas de Fala e Voz). Desenvolve pesquisas nas áreas de Fonética/Fonologia, Sintaxe. Atualmente é mestrando no programa de pós-graduação em linguística da UFPR.

Eliziane Manosso Steiechen, Universidade Estadual do Centro Oeste-UNICENTRO
É graduada em Letras Português/Inglês (2004); Bacharel em Letras/Libras pela Universidade Federal de Santa Catarina (2012); Especialista em Psicopedagogia Institucional e Clínica (2007); Possui adicionais nas áreas de Deficiência Mental e Auditiva (1992-2000); Tradutora/Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (2003); Mestre em Educação pela Universidade do Centro-Oeste de Guarapuava/PR (UNICENTRO, 2014); Doutoranda em Educação do Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR (2015-2019). Foi professora alfabetizadora e tradutora/intérpretes de língua de sinais (TILS) durante vinte anos. Faz parte do Quadro Próprio de Professores do Estado do Paraná (em licença); Foi uma das fundadoras da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Ivaí/PR; Diretora e professora da Escola Especial (1998-2002); Atualmente, ministra a disciplina de Libras na UNICENTRO Campus de Irati/PR. Nessa Instituição exerce ou exerceu as seguintes funções: professora na modalidade de Educação a Distância (EaD); coordenadora do Programa de Inclusão e Acessibilidade (2014-2015); coordenadora substituta do PIBID/Espanhol (2014-2015); coordenadora do Curso de Libras no Centro de Línguas (2014-2015); membro do Núcleo Estruturante (NDE) do Departamento de Letras. Possui pesquisas relacionadas à aquisição da linguagem pelo surdo; CODA (Children of deaf adult); Inclusão; Surdez, entre outras temáticas. Possui dois livros publicados: ?Língua Brasileira de Sinais - Libras?, pela Editora UNICENTRO de Guarapuava/PR, 2012 e "Libras: aprender está em suas mãos", pela Editora CRV de Curitiba/PR, 2013.
Samuel Antoszczyszen, Instituto Superior de Aprendizagem Multidisciplinar-ISAM
Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Centro Oeste (Unicentro). Possui graduação em Psicologia pela Universidade Tuiuti do Paraná. Pós-Graduado em Filosofia e Psicanálise na Unochapecó, Pós-graduado em Direito Constitucional pela Universidade Cândido Mendes, Pós-graduado em Dependência Química pela Facel, Graduando em Direito pela Unicuritiba. Atualmente é professor e diretor do Instituto Superior de Aprendizagem Multidisciplinar . Tem experiência na área de Psicologia, Educação e Direito, com ênfase em Psicologia do Ensino e da Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas:, educação, educação especial, desenvolvimento moral, e filosofia da educação.
Publicado
18-12-2017
Como Citar
COTOVICZ, M.; STEIECHEN, E. M.; ANTOSZCZYSZEN, S. Libras: algumas reflexões sobre a sintaxe. Revista Odisseia, v. 3, n. 1, p. p. 16 - 35, 18 dez. 2017.
Seção
Artigos