O princípio responsabilidade e a crítica ao transumanismo

Palavras-chave: Responsabilidade, Transumanismo, Liberdade, Autenticidade

Resumo

O objetivo desse artigo é mostrar como o princípio responsabilidade de Hans Jonas, repensado numa dimensão ontológica e ética, enfrenta as teses do transumanismo em relação ao enhancement human. Embora Hans Jonas pensasse que a racionalidade representava o último grau de desenvolvimento da liberdade numa abordagem fenomenológica da vida, com o surgimento do(s) transumanismo(s) e a ideia de que podemos aprimorar o ser humano utilizando procedimentos tecnocientíficos, sustentamos que a autenticidade humana encontra sua maior expressão no conceito de responsabilidade. Isto é, uma vez que o transumanismo, com seus adeptos mais utópicos, pressupõe o surgimento de uma nova era da espécie humana, precisamos de um novo princípio ético capaz de frear os novos poderes tecnológicos da humanidade a fim de garantir a existência e a integridade da vida de forma genuína e autentica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Nunes Camargo, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR)

Bacharel em Filosofia pela Faculdade Vicentina (2012), Especialização em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2014), Mestrado em Filosofia pela Pontifícia Unversidade Católica do Paraná (2017), doutorando em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná iniciado em agosto 2017. Bolsista. CAPES

Referências

AGAR, Nicholas. Truly human enhancement: a philosophical defense of limits. Cambridge: MIT Press, 2013.

BECCHI, Paolo; TIBALDEO, Roberto Franzini. Natura, natura umana, transumano: il contributo di Hans Jonas. Cosmopolis Rivista di Filosofia e teoria política, XII, 2015. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/304778572_Natura_natura_umana_transumano_il_contributo_di_Hans_Jonas. Acesso em: 10 de outubro de 2017.

BOHLER, Dietrich. Princípio. In.: OLIVEIRA, Jelson; POMMIER, Eric. (Orgs.). Vocabulário Hans Jonas. Caxias do Sul: Educs, 2019.
BOSTRON, Nick. Human Reproductive Cloning from the Perspective of the Future. 2002. Disponível em: https://nickbostrom.com/views/cloning.html. Acesso em: 10 de setembro de 2019.
BOSTROM, Nick. Uma historia del pensamento transhumanista. Argumentos de Razón Técnica, nº 14, pp. 157-191, 2011

COMÍN, Illana Giner. Introducción a la edición española. In: JONAS, Hans. Poder o impotência de la subjeticidad. Tradução de Illana Giner Comin. Coleção pensamento Contemporâneo. Barcelona/Buenos Aires/México: Paidós, p.13-70, 2005.

FERRY, Luc. A revolução transumanista. Tradução de Éric R. R. Heneault. Barueri: Manole, 2018.

FM-2030. Are you transhuman? Monitoring and simulating your personal rate of growth in a rapidly changing world. New York: Warner Books, 1989.

GIACOIA JUNIOR, Oswaldo. Responsabilidade. In.: OLIVEIRA, Jelson; POMMIER, Eric. (Orgs.). Vocabulário Hans Jonas. Caxias do Sul: Educs, 2019.

HOTTOIS, Gilbert. Le transhumanisme est-il un humanisme? Bruxelles: Académie royale de Belgique, 2014.

HUXLEY, Julian. New botttles for new wine. London: Chatto and Windus, 1957.

JONAS, Hans. Ensaios filosóficos: da crença antiga ao homem tecnológico. Tradução de Wendell Evangelista Soares Lopes. São Paulo: Paulus, 2017.

JONAS, Hans. Matéria, espírito e criação: dados cosmológicos e conjecturas cosmogônicas. Tradução de Wendell Evangelista Soares Lopes. Petrópolis: Vozes, 2010.

JONAS, Hans. Memorias. Traducción de Illana Giner Comín. Madri: Editorial Losada, 2005.

JONAS, Hans. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica. Trad. Marijane Lisboa, Luiz Barros Montez. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUCRio, 2006.

JONAS, Hans. O princípio vida: fundamentos para uma biologia filosófica. Trad. Carlos Almeida Pereira. Petrópolis: Vozes, 2004.

JONAS, Hans. Pensar sobre Dios y otros ensayos. Trad. Angela Ackermann. Barcelona: Herder, 1998.

LOPES, Wendel Evangelista Soares. Hans Jonas e a diferença antropológica: uma leitura da biologia filosófica. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade Federal de Minas Gerais, 2014.

MIRANDOLA, Giovanni Pico Della. Discurso sobre a dignidade do homem. Rio de Janeiro: Edições 70, 1989.

MONOD, Jean. O acaso e a necessidade. 4ª ed. Petrópolis: Vozes, 1976.

OLIVEIRA, Jelson; MORETTO, Giovani; SGANZERLA, Anor. Vida, técnica e responsabilidade: três ensaios sobre a filosofia de Hans Jonas. São Paulo: Paulus, 2015.

PINSART, Marie-Genevière. Liberdade. In.: OLIVEIRA, Jelson; POMMIER, Eric. (Orgs.). Vocabulário Hans Jonas. Caxias do Sul: Educs, 2019.

SAVULESCU, J. “The human prejudice and the moral status of enhanced beings: what do we owe the Gods?”. In: SAVULESCU, J.; BOSTROM, N. (org.). Human enhancement. Oxford: Oxford University Press, p. 211-250, 2009.
Publicado
26-01-2021
Como Citar
CAMARGO, L. N. O princípio responsabilidade e a crítica ao transumanismo. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 28, n. 55, p. 190-214, 26 jan. 2021.