MORTALIDADE INFANTIL POR LEUCEMIA LINFÓIDE NAS REGIÕES DO BRASIL.

  • Priscila Pinheiro Dias Universidade Potiguar -UnP
  • Antonio Danilo Souza Silva Universidade Potiguar
  • Jonas Sâmi Albuquerque de Oliveira

Resumo

A presente pesquisa objetivou identificar o número de óbitos ocorridos entre os anos de 2000 a 2013 em crianças de 0 a 14 anos, baseada nos índices de mortalidade infantil causada pela leucemia linfoide nas cinco regiões do Brasil. Realizou-se, por tanto, uma pesquisa sobre o conceito de leucemia linfoide para posteriormente realizar a coleta dos dados, desta forma utilizando uma abordagem quantitativa e descritiva, caracterizando a pesquisa. Os resultados apontam que as regiões que mais se destacaram com números de casos acima da média nacional em todas as faixas etárias, tanto no gênero masculino como no feminino, foi a região Nordeste, Norte e Centro- Oeste, respectivamente, enquanto que as demais regiões não apresentaram números alarmantes de casos de leucemia linfoide. Afirma-se que esses dados estão inteiramente ligados aos determinantes de saúde, já que são regiões que apresentam maior vulnerabilidade no índice de desenvolvimento humano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscila Pinheiro Dias, Universidade Potiguar -UnP
Acadêmica de enfermagem no curso do décimo periodo na universidade potiguar -UnP
Antonio Danilo Souza Silva, Universidade Potiguar
Acadêmico de enfermagem no curso do décimo periodo na universidade potiguar -UnP
Jonas Sâmi Albuquerque de Oliveira
Professor de enfermagem na universidade potiguar- UnP, doutor pela universidade federal de Santa Catarina

Referências

ELMAN, Ilana; SILVA, Maria. Crianças Portadoras de Leucemia Linfóide Aguda: Análise dos Limiares de Detecção dos Gostos Básicos. Revista Brasileira de Cancerologia, 2007.

GUIMARÃES, José Luiz M.; ROSA, Daniela D. Rotinas em Oncologia. Porto Alegre: Artmed, 2008. 942 p.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/index.html>. Acesso em: 01 mar. 2016.

INCA (Org.). Estatística do câncer. Disponível em: <http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/inca/portal/home>. Acesso em: 12 fev. 2016.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO – PNUD (Org.). Atlas do desenvolvimento humano no Brasil. Disponível em: <http://www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/home/>. Acesso em: 01 mar. 2016.

ROUQUAYROL, Maria Zélia; GURGEL, Marcelo. Epidemiologia e Saúde. 2013. ed. Rio de Janeiro: Medbook, 2013

TORTORA, Gerard J.; DERRICKSON, Brian. Principiples of anatomy and physiology. (Princípios de anatomia e fisiologia).12º Ed. Rio de Janeiro:Guanabara Koogan, 2010.

ZAGO, Marco Antonio; FALCÃO, Roberto Passetto; PASQUINI, Ricardo. Hematologia: Fundamentos e Prática. Rio de Janeiro: Atheneu, 2004. 1081 p.

Publicado
17-08-2016
Como Citar
Dias, P. P., Souza Silva, A. D., & Albuquerque de Oliveira, J. S. (2016). MORTALIDADE INFANTIL POR LEUCEMIA LINFÓIDE NAS REGIÕES DO BRASIL. Revista Brasileira De Inovação Tecnológica Em Saúde - ISSN:2236-1103, 6(1). https://doi.org/10.18816/r-bits.v6i1.9693
Seção
Artigos Originais