GEOGRAFIA DAS ARQUITETURAS: VULNERABILIZAÇÃO EM (DES)AÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2021v7n1ID23609

Resumo

O presente paper é um recorte de uma palestra que ocorreu no dia 8 de novembro de 2019 no I Simpósio de Redução do Risco de Desastre na Região Nordeste e II Workshop do Grupo de Pesquisa em Gerenciamento dos Riscos e Desastres Naturais, ocorrido na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no Ceres, Campus de Caicó/RN. A palestra foi dividida em dois momentos. O primeiro ocorreu a explanação para o conhecimento das arquiteturas e o uso e abuso dos prédios antigos de cidades nordestinas como Rio Tinto no Estado da Paraíba; Aquiraz, Maranguape, Pacatuba e Icó no Ceará; Triunfo em Pernambuco; Oeiras no Piauí; Carolina no Maranhão e Caicó em terras potiguares. No segundo momento, tivemos um relato de experiência dos prédios antigos da cidade de União dos Palmares no Estado de Alagoas, onde se discutiu a importância histórica, as vulnerabilidades, o uso e abuso dos mesmos. A palestra finalizou com uma proposta de criação de um corredor cultural para a Rua Correia de Oliveira, antiga Rua da Batata, logradouro esse que encontramos o maior número de edifícios arquitetônicos da cidade. Com isso, o discurso sobre patrimônio cultural, memória e turismo foram fundamentais para discussão final da palestra em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Lidemberg de Sousa Lopes, Universidade Estadual de Alagoas

Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Ceará. Atuamente professor adjunto da graduação em geografia e do Programa de Pós-graduação em Dinâmicas Territoriais e Cultura da Universidade Estadual de Alagoas.

Downloads

Publicado

16-07-2021

Como Citar

LOPES, J. L. de S. GEOGRAFIA DAS ARQUITETURAS: VULNERABILIZAÇÃO EM (DES)AÇÃO . Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 82–89, 2021. DOI: 10.21680/2447-3359.2021v7n1ID23609. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/23609. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

DOSSIÊ DO I SIMPÓSIO DE REDUÇÃO DO RISCO DE DESASTRES NA REGIÃO NORDESTE- CAICÓ