AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO (APO) NO BRASIL, 30 ANOS: O QUE HÁ DE NOVO?

Autores

  • Sheila Walbe Ornstein FAU-USP

DOI:

https://doi.org/10.21680/2448-296X.2017v2n2ID16580

Palavras-chave:

Avaliação Pós-Ocupação (APO)

Resumo

Este ensaio faz uma breve reflexão crítica sobre o estágio atual das pesquisas em Avaliação Pós-Ocupação (APO) no Brasil e abre a discussão sobre as lacunas acadêmicas ainda a serem preenchidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-08-2017

Como Citar

ORNSTEIN, S. W. AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO (APO) NO BRASIL, 30 ANOS: O QUE HÁ DE NOVO?. Revista Projetar - Projeto e Percepção do Ambiente, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 7–12, 2017. DOI: 10.21680/2448-296X.2017v2n2ID16580. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revprojetar/article/view/16580. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

ENSAIO