O DIÁLOGO ENTRE ARTE E ARQUITETURA NO MODERNISMO EM FORTALEZA

Autores

  • RICARDO ALEXANDRE PAIVA PROFESSOR/PESQUISADOR DAU - PPGAU+D - UFC
  • BEATRIZ HELENA NOGUEIRA DIÓGENES PROFESSORA/PESQUISADORA DAU - PPGAU+D - UFC

DOI:

https://doi.org/10.21680/2448-296X.2017v2n1ID16592

Palavras-chave:

arte, arquitetura moderna, síntese das artes, patrimônio moderno, Fortaleza

Resumo

O objetivo do artigo é evidenciar o campo ampliado da arquitetura através da análise do diálogo entre o modernismo arquitetônico e artístico, enfatizando as vertentes de integração entre arte e arquitetura no contexto do desenvolvimento do modernismo em Fortaleza. Para tanto, o trabalho pretende elaborar algumas considerações teóricas e conceituais sobre o tema da integração e síntese das artes na arquitetura moderna brasileira; verificar como essa tendência ocorreu na cidade de Fortaleza, articulando com o cenário das artes plásticas à época; para finalmente analisar algumas das obras arquitetônicas modernas construídas nas décadas de 1960 e 1970, que ostentam expressivos murais, esculturas e intervenções de paisagismo. A pertinência do trabalho se justifica em função dos escassos estudos sobre a matéria no contexto da historiografia da arte e arquitetura moderna em Fortaleza, constituindo uma contribuição e esforço de documentação e consequente valorização e conservação deste legado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

RICARDO ALEXANDRE PAIVA, PROFESSOR/PESQUISADOR DAU - PPGAU+D - UFC

possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2005) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2011) com a tese "A Metrópole Híbrida: o papel do turismo no processo de urbanização da Região Metropolitana de Fortaleza". É Professor Adjunto do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará e Coordenador do Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo e Design da UFC - PPGAU+D-UFC. Coordena o LoCAU (Laboratório de Crítica em Arquitetura, Urbanismo e Urbanização) do DAU-UFC. É pesquisador do LABCOM (Laboratório de Comércio e Cidade) da FAUUSP. Entre outras publicações, é organizador e autor de capítulos no livro Turismo, Arquitetura e Cidade, publicado pela Editora Manole em 2016. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Projeto Arquitetônico e Urbano e Teoria, História e Crítica da Arquitetura e do Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: projeto, crítica da arquitetura e urbanismo moderno e contemporâneo, turismo, urbanização, arquitetura e cidade.

BEATRIZ HELENA NOGUEIRA DIÓGENES, PROFESSORA/PESQUISADORA DAU - PPGAU+D - UFC

Possui graduação em Curso de Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1978), Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2005) e Mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Ceará (2001), Doutorado em Arquitetura e Urbanismo na FAUUSP (2012). É Professora Adjunta do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Arte e da Arquitetura, projeto arquitetônico, urbanização contemporânea, metrópole, Fortaleza.

Downloads

Publicado

08-10-2017

Como Citar

PAIVA, R. A.; DIÓGENES, B. H. N. O DIÁLOGO ENTRE ARTE E ARQUITETURA NO MODERNISMO EM FORTALEZA. Revista Projetar - Projeto e Percepção do Ambiente, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 18–31, 2017. DOI: 10.21680/2448-296X.2017v2n1ID16592. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revprojetar/article/view/16592. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

ENSAIO