AVALIANDO A RELAÇÃO USUÁRIO-AMBIENTE - O ESTUDO DE CASO DO PARQUE INFANTIL DA PRAÇA SÉRGIO PACHECO, UBERLÂNDIA-MG

Autores

  • Rossana Batista Ferreira Lima Universidade Federal de Uberlândia
  • Maria Eliza Alves Guerra Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.21680/2448-296X.2017v2n1ID16597

Palavras-chave:

parque infantil, praça Sérgio Pacheco, multimétodos, relação usuário-ambiente, espaço infantil público humanizado.

Resumo

Este artigo trata da avaliação usuário-ambiente em um espaço público infantil, localizado em um importante espaço livre da cidade de Uberlândia-MG – a Praça Sérgio Pacheco. É parte de uma pesquisa maior sobre os espaços públicos infantis na cidade de Uberlândia, em desenvolvimento na pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU) na Universidade Federal de Uberlândia. A avaliação se divide em duas partes: visão do pesquisador e visão do usuário, sendo apresentada neste artigo a análise de visão do pesquisador, com a aplicação dos métodos Análise Morfológica com ênfase nos espaços livres, Passeio Walkthrough e Mapa Comportamental centrado no lugar. O resultado dos métodos é apresentado de modo a responder a pergunta-chave que norteou o desenvolvimento desta pesquisa: “O espaço infantil é considerado um espaço humanizado?”. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-10-2017

Como Citar

LIMA, R. B. F.; GUERRA, M. E. A. AVALIANDO A RELAÇÃO USUÁRIO-AMBIENTE - O ESTUDO DE CASO DO PARQUE INFANTIL DA PRAÇA SÉRGIO PACHECO, UBERLÂNDIA-MG. Revista Projetar - Projeto e Percepção do Ambiente, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 85–101, 2017. DOI: 10.21680/2448-296X.2017v2n1ID16597. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revprojetar/article/view/16597. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

PESQUISA