A PROTEÇÃO PASSIVA CONTRA INCÊNDIO NA CONCEPÇÃO DE PROJETOS ESCOLARES

APLICAÇÃO NO PROJETO PADRÃO DA FNDE - PEED- 12 salas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2448-296X.2021v6n2ID23722

Palavras-chave:

arquitetura escolar, projeto padrão, normatização, proteção passiva

Resumo

A proteção passiva contra incêndio é composta por dispositivos construtivos que retardam a propagação do fogo e auxiliam na desocupação segura dos usuários, definidos ainda na etapa projetual. Assim, soluções adotadas no projeto influenciam na segurança das edificações. O presente artigo é fruto de dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Alagoas e tem como objetivo traçar critérios voltados à proteção passiva contra incêndio a serem observados ao se projetar um ambiente escolar e aplicá-los nos projetos escolares de baixa altura e médio porte, através da análise do projeto-padrão da FNDE, o PEED-12 Salas, de forma a salientar a participação da segurança contra incêndio na concepção de projetos escolares e inserir o tema mais ativamente no âmbito da arquitetura. Utilizou-se o método de análise dedutiva, através da definição dos elementos básicos de proteção passiva contra incêndio necessários em edificações escolares de médio porte e baixa altura, em que se enquadra o objeto analisado. Notou-se o cumprimento parcial das colocações expostas e a necessidade desse tema ser inserido de forma mais significativa entre os arquitetos para inclusão dos elementos de proteção passiva contra incêndio de maneira mais atuante no processo de projeto arquitetônico.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Cleide Cedeni; SOUZA, João Carlos. Projeto de arquitetura - proteção contra incêndio em elementos estruturais de aço. Estação Científica (UNIFAP), Macapá, v. 5, n. 2, p. 49-68, jul./dez. 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 13523: Central de gás liquefeito de petróleo. Rio de Janeiro, 2017.

______. NBR 15200: Desempenho térmico de edificações. Rio de Janeiro, 2012.

______. NBR 9077: Saídas de emergência em edificações. Rio de Janeiro, 2001a.

______. NBR 14432: Exigência de resistência ao fogo de elementos de construção de edificação – Procedimento. Rio de Janeiro, 2001b.

BRENTANO, Telmo. A proteção Contra Incêndios no Projeto de Edificações. 3. ed. Porto Alegre: Edição do Autor, 2015. 640p.

CAVALCANTE, Morgana Maria Pitta Duarte. O projeto: diálogos da forma na orla de Maceió – edifícios verticais 1980 -2012. 2014. 390 p. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.

CHING, Francis D. K. Arquitetura. Forma, espaço e ordem. [tradução: Alvamar Helena Lamparelli] São Paulo: Martins Fontes, 2005. (Título original: Architecture. Form, space & order)

COUTINHO B. A.; CORREA A. R., A interpretação do controle de materiais de acabamentos e de revestimento no processo de segurança contra incêndio e pânico. E&S - Engineering and Science, (2016), 5:2.

IWAYA, Marilda. Cenário e Palco para a instrução- A linguagem arquitetônica do Instituto de Educação do Paraná Professor Erasmo Pilotto (1940-1960). In: BENCOSTA, Marcus Levy Albino (org). História da Educação, Arquitetura e Espaço Escolar. São Paulo: Cortez Editora, 2005. p 171- 191.

KOWALTOWSKI, Doris C. C. K. Arquitetura escolar: o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011. 272p.

LATAILLE, Jane I. Fire protection Engineering in Building Design. Burlington – MA: Elsevier Science, 2003. 135p.

MALUK, Cristian; WOODROW Michael; TORERO, Jose Luis. The potential of integrating fire safety in modern building design. In: Fire Safety Journal. 2017.

NEGRISOSO, Walter. Arquitetando a segurança contra incêndio. 2011. 447f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011

SÃO PAULO. Instrução Técnica nº6 (2019). Acesso de viatura na edificação e áreas de risco. São Paulo, 2018a.

______. Instrução Técnica nº7 (2019). Separação entre edificações (Isolamento de Risco). São Paulo, 2018b.

______. Instrução Técnica nº10 (2019). Controle de materiais de acabamento e de revestimento. São Paulo, 2018c.

SEITO, Alexandre Itiu. et al. A segurança contra incêndio no Brasil. São Paulo: Projeto Editora, 2008. 484p.

TANNER, C. Kenneth. The influence of school architecture on academic achievement. In: Journal of Educational Administration, Vol. 38 No. 4, 2000.

VENEZIA, Adriana P.P.Galhano; ONO, Rosaria. Parâmetros para qualidade do projeto sob o aspecto da segurança contra incêndio. In: Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 15., 2014, Maceió. Anais eletrônicos... Maceió, 2014. Disponível em: http://www.infohab.org.br/entac2014/artigos/paper_339.pdf. Acesso em: 09 dez. 2019.

Downloads

Publicado

12-05-2021

Como Citar

MATOS DE OLIVEIRA, C.; MARIA PITTA DUARTE CAVALCANTE, M. A PROTEÇÃO PASSIVA CONTRA INCÊNDIO NA CONCEPÇÃO DE PROJETOS ESCOLARES: APLICAÇÃO NO PROJETO PADRÃO DA FNDE - PEED- 12 salas. Revista Projetar - Projeto e Percepção do Ambiente, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 108–127, 2021. DOI: 10.21680/2448-296X.2021v6n2ID23722. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revprojetar/article/view/23722. Acesso em: 20 maio. 2024.