Análise da distribuição espacial e qualificação da oferta de hospedagem em Anápolis (Goiás/Brasil)

Analysis of spatial distribution and qualification of the hosting offer in Anápolis (Goiás/Brazil)

  • Rangel Gomes Godinho Professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFG, Anápolis/GO, Brasil
  • Maria Eduarda Gomes Pereira Graduanda em Técnico Integrado em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – IFG, Anápolis/GO, Brasil
  • Luiz Gustavo Costa da Vitória Cotrim Graduando em Técnico Integrado em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – IFG, Anápolis/GO, Brasil

Resumo

Anápolis constitui-se como centro de crescente fluxo de mercadorias, pessoas e informações, tendo potencialidade para promover elementos locais como atrativos turísticos, o que implica investimento na oferta turística.  O presente artigo tem como principal objetivo a análise da distribuição espacial e da qualificação da oferta de hospedagem de Anápolis (Goiás). Desse modo, apresenta a cartografia da oferta de hospedagem de Anápolis, contemplando a identificação dos objetos técnicos que compõem os meios de hospedagem e a participação das diferentes categorias na oferta de hospedagem. Para isso, realizou-se levantamento bibliográfico; levantamento de bases cartográficas; compilação de dados sobre a infraestrutura de hospedagem; georreferenciamento da hospedagem; elaboração, análise e interpretação de mapas temáticos com subsídio do software ArcGIS 10.2.2. Identificou-se que Anápolis conta com 27 meios de hospedagem, que se dividem em três categorias: Hotéis, Pousadas e Flat/Apart-hotel. Os hotéis se sobressaem quanto ao número de estabelecimentos e na oferta de leitos, seguidos das pousadas e do flat/Apart-hotel. Os estabelecimentos, em sua maioria, são de baixa qualificação, sendo 81% deles estão classificados com uma ou duas estrelas. Os estabelecimentos concentram-se na área central da cidade e sua dispersão acompanha a principal avenida de Anápolis (Avenida Brasil). Há um número maior de estabelecimentos que ofertam entre 16 e 79 vagas de leitos; somente a categoria dos hotéis apresenta disponibilidade acima de 113 leitos. Conclui-se que há necessidade de um planejamento turístico em Anápolis atento à oferta de hospedagem da cidade, no sentido de promover a diversidade de categorias de estabelecimentos e qualificação dos empreendimentos.

Palavras-chave: Cartografia Turística. Oferta Turística. Hospedagem. Anápolis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eduarda Gomes Pereira, Graduanda em Técnico Integrado em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – IFG, Anápolis/GO, Brasil

Graduanda do curso Técnico Integrado em Química do Instituto Federal de Goiás, Câmpus Anápolis, bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica.

Luiz Gustavo Costa da Vitória Cotrim, Graduando em Técnico Integrado em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás – IFG, Anápolis/GO, Brasil

Graduando do curso Técnico Integrado em Química do Instituto Federal de Goiás, Câmpus Anápolis, bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica.

Publicado
22-09-2021
Como Citar
GOMES GODINHO, R.; GOMES PEREIRA, M. E.; COSTA DA VITÓRIA COTRIM, L. G. Análise da distribuição espacial e qualificação da oferta de hospedagem em Anápolis (Goiás/Brasil). Revista de Turismo Contemporâneo, v. 9, n. 3, p. 430-446, 22 set. 2021.
Seção
Artigos