#TER FÉ SEM AGLOMERAR NO BOMJÉ

a festa do Bom Jesus dos Navegantes de Penedo-Alagoas e as estratégias para a promoção do turismo no Instagram

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2022v10n1ID26021

Resumo

Em 2021, diante da Pandemia de Covid-19 e das restrições sanitárias, a Festa do Bom Jesus dos Navegantes de Penedo/AL, na sua 137ª edição, aconteceu seguindo as recomendações das autoridades de saúde, preservando-se os rituais litúrgicos, mas com cancelamento dos mega shows artísticos, que imprimiu à festividade, ao longo dos anos, o status de evento turístico. Levando isso em consideração, o objetivo desse artigo é analisar o processo de planejamento e organização da Festa em meio a Pandemia de Covid-19 e do aproveitamento das imagens de todo esse processo para a promoção turística de Penedo, por meio das postagens da Prefeitura Municipal no Instagram. Quanto aos procedimentos metodológicos, adotou-se uma abordagem qualitativa de caráter exploratório, com a realização de análise de conteúdo, a partir de leitura flutuante, leitura aprofundada e produção de inferências das postagens realizadas. Os principais resultados evidenciam uma série de adaptações na Festa de Bom Jesus dos Navegantes, mudando-se práticas e rituais religiosos secularmente instituídos. Fica evidente que as ações que buscaram minimizar a aglomeração só foram possíveis em virtude do planejamento conjunto entre gestão pública e diocese local, com o envolvimento de várias secretarias. Verificou-se ainda um paradoxo na promoção da Festa, enquanto festividade religiosa e evento turístico. Ao mesmo tempo em que há a exaltação do “resgate” das tradições, do alinhamento da festividade a sua verdadeira origem; há também uma espetacularização da festa com fotos e vídeos dignos de portfólios de destinos turísticos.

Palavras-chave: Bom Jesus dos Navegantes. Covid-19. Penedo. Promoção do Turismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvana Pirillo Ramos, Professora Associada da Universidade Federal de Alagoas – UFAL, Penedo/AL, Brasil

Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.  Docente do Curso de Graduação em Turismo da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Renata Mayara Moreira de Lima, Professora do Curso de Turismo da Universidade Federal de Alagoas – UFAL, Penedo/AL, Brasil

Bacharel em Turismo, Mestre e Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

30-03-2022

Como Citar

RAMOS, S. P.; LIMA, R. M. M. de. #TER FÉ SEM AGLOMERAR NO BOMJÉ: a festa do Bom Jesus dos Navegantes de Penedo-Alagoas e as estratégias para a promoção do turismo no Instagram. Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 49–75, 2022. DOI: 10.21680/2357-8211.2022v10n1ID26021. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/26021. Acesso em: 7 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos