AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA ECONÔMICO-FINANCEIRA DAS EMPRESAS INTEGRANTES DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL POR MEIO DA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS

Autores

  • Sayonara Fernandes da Costa
  • Diego Rodrigues Boente

Resumo

As companhias empresariais têm inserido o desenvolvimento sustentável para alcançar o crescimento no mercado em que atuam e permanecer em longo prazo, bem como a geraçáo de maiores rendimentos. Dessa forma, surgiu o seguinte questionamento: Quais as empresas integrantes do Índice de Sustentabilidade Empresarial que sáo eficientes em termos econômico-financeiros, utilizando a Análise Envoltória de Dados?  Os objetivos abordados sáo os estudos sobre sustentabilidade e seus principais indicadores, alguns conceitos de eficiência e explicaçáo sobre o método Análise Envoltória de Dados. Quanto à metodologia, caracteriza-se como uma pesquisa descritiva e com abordagem quantitativa. Após análise das empresas sustentáveis com orientaçáo output, chegou-se aos resultados que na Carteira 2008/2009, duas empresas alcançaram a eficiência, de acordo com o modelo CCR-O e cinco empresas alcançaram a eficiência de acordo com o modelo BCC-O, as demais ficaram abaixo da fronteira de eficiência. Em relaçáo à Carteira 2009/2010, com o modelo CCR-O, apenas uma empresa apresentou-se como eficiente, já para o modelo BCC-O, três empresas alcançaram a eficiência econômico-financeira. A análise Benchmarking mostra como as empresas consideradas ineficientes podem alcançar a eficiência baseada nas empresas consideradas eficientes. A aplicaçáo dos modelos de DEA às empresas do ISE possibilitou ver um resultado diferente do esperado, pois a maioria das empresas náo sáo eficientes econômico-financeiras sob as variáveis aplicadas.

 

 

Palavras-chave: Índice de Sustentabilidade Empresarial. Eficiência. Análise Envoltória de Dados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

15-11-2011

Como Citar

COSTA, S. F. da; BOENTE, D. R. AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA ECONÔMICO-FINANCEIRA DAS EMPRESAS INTEGRANTES DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL POR MEIO DA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 75–99, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/1358. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS