Percepção docente sobre a aplicabilidade do PBL no ensino contábil: desafios e limitações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2022v14n2ID25953

Palavras-chave:

Problem-based Learning, Metodologias Ativas, Ensino em Contabilidade.

Resumo

Objetivo: Analisar a percepção dos docentes de Ciências Contábeis das IES públicas a respeito da utilização da metodologia de aprendizagem baseada em problemas (PBL) no ensino contábil.

Metodologia: Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com unidade de análise composta por nove docentes de cursos de graduação em Ciências Contábeis de universidades públicas localizadas no Rio Grande do Norte. As informações obtidas nas entrevistas foram transcritas e, posteriormente, passaram por um processo de codificação, realizado com o auxílio do software ATLAS.ti®, possibilitando identificar as unidades de significados contidas no discurso dos entrevistados, permitindo a análise de conteúdo. Realizou-se uma triangulação de dados utilizando os planos de curso das disciplinas ministradas pelos entrevistados e as informações das entrevistas. 

Resultados: Com base nos resultados obtidos por meio das entrevistas, foi constatado que os entrevistados consideram que o problem-based learning é um método aplicável ao ensino da Ciência Contábil, principalmente nas disciplinas julgadas como de cunho prático. Além disso, verificou-se que o papel do docente é fundamental para o sucesso da utilização dessa metodologia. No entanto, a análise dos planos de curso das disciplinas ministradas pelos entrevistados demonstrou que os métodos de ensino tradicionais ainda são preponderantes. Foi observado que a desmotivação dos discentes, a falta de conhecimento dos professores sobre o método PBL, a falta de interesse e incentivos para utilizar uma abordagem de aprendizagem baseada em problemas e aspectos institucionais são fatores que dificultam e limitam a utilização dessa intervenção pedagógica.

Contribuições do Estudo: Os achados contribuem para a discussão acerca da implementação de metodologias ativas no ensino de contabilidade, especificamente o PBL, ao identificar aspectos que se apresentam como desafios que precisam ser observados e superados em sua utilização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Auxiliadora de Oliveira Morais, UFRN

Mestra em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Hellen Bomfim Gomes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Mestranda em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Diogo Henrique Silva de Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Doutor em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN). Professor do Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPGCCon/UFRN).

Aneide Oliveira Araujo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Doutora em Ciências Contábeis pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPGCCon/UFRN).

Joana Darc Medeiros Martins, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Doutora em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN), Professora Adjunta do Departamento de Ciências Contábeis e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCCon/UFRN).

Referências

Araujo, A. P., & Slomski, V. G. (2013). Active learning methods: an analysis of applications and experiences in Brazilian accounting teaching. Creative Education, 4(12B), 20-27. DOI: https://doi.org/10.4236/ce.2013.412A2004

Araújo, U. F. (2011) A quarta revolução educacional: a mudança de tempos, espaços e relações na escola a partir do uso de tecnologias e da inclusão social. ETD: educação temática digital, 12(1). DOI: https://doi.org/10.20396/etd.v12i0.1202

Barbosa, E. F., & Moura, D. G. (2013). Metodologias ativas de aprendizagem na educação profissional e tecnológica. Boletim Técnico do Senac, 39(2), 48-67. DOI: https://doi.org/10.26849/bts.v39i2.349

Bardin, L. (2011). Análise de Conteúdo (70th ed.). São Paulo, SP: Edições.

Barut, M., Soares, M. A., Araujo, A. M. P., & Kanet, J. J. (2016). Problem-Based Learning in accountancy: an empirical study. Journal of Research & Method in Education, 6(6), 50-58. DOI: https://doi.org/10.9790/7388-0606015058

Borochovicius, E., & Tortella, J. C. B. (2014). Aprendizagem Baseada em Problemas: um método de ensino-aprendizagem e suas práticas educativas. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, 22(83), 263-294. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40362014000200002

Casale, A. (2013). Aprendizagem Baseada em Problemas: desenvolvimento de competências para o ensino em engenharia (Tese de doutorado). Escola de Engenharia de São Paulo, Universidade de São Paulo, São Carlos, SP, Brasil.

Flick, U. (2009). Introdução à pesquisa qualitativa (3rd ed.). Porto Alegre, RS: Artmed.

Fouché, J. P. (2013). A renewed call for change in accounting education practices. International Journal of Educational Sciences, 5(2), 137-150. DOI: https://doi.org/10.1080/09751122.2013.11890071

Frezatti, F., Borinelli, M. L., Martins, D. B., & Espejo, M. M. S. B. (2016). Análise do desempenho de alunos na perspectiva do “CHA” em disciplina utilizando PBL: o que significa a síntese? Revista de Contabilidade e Organizações, 26(1), 3-19. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/rco.v10i26.79588

Frezatti, F., Mucci, D. M., & Martins, D. B. (2018). Ampliando os benefícios do PBL: um “bom” problema. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 12(2), 260-277. DOI: https://doi.org/10.17524/repec.v12i2.1803

Frezatti, F., & Silva, S. C. (2014). Prática versus incerteza: como gerenciar o estudante nessa tensão na implementação de disciplina sob o prisma do PBL? Revista Universo Contábil, 10, 28-46. DOI: https://doi.org/10.4270/ruc.2014102

Gerstein, M., Winter, E., & Hertz, S. (2016). Teaching accounting ethics: a problem-based learning approach. Journal of Accouting, Ethics & Public Policy, 17(1), 101-135.

Guedes, K. L., Andrade, R. O. B., & Nicolini, A. M. (2015). A avaliação de estudantes e professores de administração sobre a experiência com a aprendizagem baseada em problemas. Administração: Ensino e Pesquisa, 16(1), 71-100. DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2015.v16n1.201

Hansen, J. D. (2006). Using Problem-Based Learning in accounting. Journal of Education for Business, 81(4), 221-224. DOI: https://doi.org/10.3200/JOEB.81.4.221-224

Hung, W. (2006). The 3C3R model: A conceptual framework for designing problems in PBL. Interdisciplinary Journal of Problem-based Learning, 1(1). DOI: https://doi.org/10.7771/1541-5015.1006

Kavanagh, M. H., & Drennan, L. (2008). What skills and attributes does an accounting graduate need? Evidence from student perceptions and employer expectations. Accounting and Finance, 48(2), 279-300. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1467-629X.2007.00245.x

Konopka, C. L., Adaime, M. B., & Mosele, P. H. (2015). Active teaching and learning methodologies: some considerations. Creative Education, 6, 1536-1545. DOI: https://doi.org/10.4236/ce.2015.614154

Lima, R. M., Mesquita, D., Fernandes, S., Araújo, C. M., & Rabelo, M. L. (2015). Modelling the assessment of transversal competences in Project Based Learning. In: Guerra, A., Graaff, E., Kolmos, A., Arexolaleiba, N. A. (Org.), Global Research Community: Collaboration and Developments. Copenhague, DK: Aalborg University Press, 12-23.

Mansur, A. F. U., & Alves, A. C. (2018). A importância da avaliação por pares e autoavaliação em ABP aplicada a um curso de administração. Revista Ibero-Americana de Estudos em educação, 13, 456-473. DOI: https://doi.org/10.17524/repec.v9i4.1340

Martins, D. B., Espejo, M. M. S. B., & Frezatti, F. (2015). Problem-based learning no ensino de contabilidade gerencial: Relato de uma experiência brasileira. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 9(4), 430-452. DOI: https://doi.org/10.17524/repec.v9i4.1340

Martins, J. D. M. (2017). Contribuição da metodologia Problem-Based Learning (PBL) para o desenvolvimento das habilidades e competências requeridas ao profissional contábil (Tese de doutorado). Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba e Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. Recuperado de https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/31723/1/2017_JoanaD%27arcMedeirosMartins.pdf

Medeiros, V. C., Moura, I. D. P., & Araújo, A. O. (2017, junho). Metodologias Ativas de Ensino-Aprendizagem: A Experiência da Aplicação dos Jogos de Empresa em uma Turma de Mestrado em Contabilidade. In Anais do 11º Congresso Anpcont, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Milne, M. J., & McConnell, P. J. (2001). Problem-based learning: a pedagogy for using case material in accounting education. Accounting Education, 10(1), 61-82. DOI: https://doi.org/10.1080/09639280122712

Resolução CNE/CES nº 10, de 16 de dezembro de 2004. (2004). Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências. Recuperado em 10 jan, 2020, de http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rces10_04.pdf

Ribeiro, L. R. C. (2008). Aprendizagem baseada em problemas (PBL): uma experiência no ensino superior. São Carlos, SP: EdUFSCar. DOI: https://doi.org/10.7476/9788576002970

Silva, F. F., Azevedo, Y. G. P., & Araújo, A. O. (2018). O ensino contábil na perspectiva da aprendizagem baseada em problemas. Revista Contemporânea de Contabilidade, 15(36), 188-210. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8069.2018v15n36p188

Stanley, T., & Marsden, S. (2012). Problem-based learning: does accounting education need it? Journal of Accounting Education, 30(1), 267-289. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jaccedu.2012.08.005

Thomas, P., & Nurkhin, A. (2016). The development of learning sets and research methodology module using problem-based learning for accounting education students. Journal of Accounting and Business Education, 1(1) 77-97. DOI: http://dx.doi.org/10.26675/jabe.v1i1.6731

Tracy, S. J. (2013). Qualitative research methods: collecting evidence, crafting analysis, communicating impact. (1st ed.) West Sussex, UK: Wiley-Blackwell.

Weber, M. R., Finley, D. A., Crolwford, A., & Rivera Jr., D. (2009) An exploratory study identifying soft skill competencies in entry-level managers. Tourism and Hospitality Research, 9(4), 353-361. DOI: https://doi.org/10.1057/thr.2009.22

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: Planejamento e métodos. (4th ed). Porto Alegre, RS: Bookman.

Downloads

Publicado

04-07-2022

Como Citar

MORAIS, M. A. de O.; GOMES, H. B.; LIMA, D. H. S. de .; ARAUJO, A. O.; MARTINS, J. D. M. . Percepção docente sobre a aplicabilidade do PBL no ensino contábil: desafios e limitações. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 357–379, 2022. DOI: 10.21680/2176-9036.2022v14n2ID25953. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/25953. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) (S3)