Produção científica na formação acadêmica de graduandos em ciências contábeis

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2024v16n2ID32357

Palavras-chave:

Análise Qualitativa, Publicação

Resumo

Objetivo: O objetivo da pesquisa é analisar a percepção dos graduandos em Ciências Contábeis quanto à relevância da produção científica para a sua formação acadêmica.

Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo com entrevistas semiestruturadas com quinze graduandos de ciências contábeis. Os dados coletados foram analisados por meio de análise de conteúdo, com o auxílio do software IRAMUTEQ.

Resultados: Os resultados apontam que os acadêmicos consideram que durante a graduação tiveram pouco contato com a produção científica, o que ocasionou a principal dificuldade citada: incompreensão da estrutura metodológica e redação científica. Os graduandos perceberam que a pesquisa científica estimula a busca por novos conhecimentos, porém o interesse em publicar tais conhecimentos não é recorrente entre eles. Percebe-se que os entrevistados reconhecem a importância da produção científica na sua formação acadêmica, contudo necessitam ter mais contato e serem incentivados a atuarem como produtores do próprio conhecimento.

Contribuições do Estudo: Esta pesquisa amplia a compreensão da importância da produção científica na formação os estudantes de Ciências Contábeis, focando nas instituições de ensino de Roraima. Ao analisar a percepção dos graduandos sobre a relevância da produção científica, o estudo fornece insights para possíveis ajustes curriculares, orientações de ensino e promoção da pesquisa nesse campo de estudo. Além disso, a pesquisa pode influenciar positivamente as políticas educacionais locais, buscando aprimorar a qualidade da formação dos futuros contadores, preparando-os de forma mais eficaz para os desafios do mercado de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laryssa de Aguiar Santos Alencar , Universidade Federal de Roraima

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Roraima.

Raiane Ferreira Pereira , Universidade Federal de Roraima

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Roraima.

Luís Eduardo Brandão Paiva, Universidade Nove de Julho (UNINOVE)

Pós-Doutorando em Administração na Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Doutor em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará.

Francisco Carlos da Costa Filho, Universidade Federal de Roraima

Professor do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Roraima. Doutorando em Administração e Controladoria na Universidade Federal do Ceará.

Referências

Bebbington, J., & Unerman, J. (2020). Advancing research into accounting and the UN sustainable development goals. Accounting, Auditing & Accountability Journal, 33(7), 1657-1670.

Brasil. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Planalto. Brasília, DF, 1996. Acesso em: 30 junho, 2018, de <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/l9394.htm>.

Borges, G. D. F., Avelar, E., Nascimento, J., & Mafra, F. (2012, July). Ensino de contabilidade: uma análise da produção científica nacional sob a perspectiva da bibliometria e sociometria. In Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, XII.

Coelho, C. U. F., & Lins, L. D. S. (2010). Teoria da Contabilidade: abordagem contextual, histórica e gerencial. São Paulo: Atlas, 205-209.

CFC. Conselho Federal de Contabilidade. 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016. Recuperado de: <http://cbc.cfc.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1&Itemid=30>. Acesso em: 04/10/ 2022.

CAPES. (2018). Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plataforma Sucupira. Qualis Periódicos. Acesso em: 04 outubro, 2018, <https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/veiculoPublicacaoQualis/listaConsultaGeralPeriodicos.xhtml>.

Costa, F., & Martins, G. A. (2016). Características epistemológicas de publicações científicas em Contabilidade: evidências de um cenário produtivista. Revista Contemporânea de Contabilidade, 13(29), 33-67. https://doi.org/10.5007/2175-8069.2016v13n29p33

Demo, P. (2004). Educar pela pesquisa. Campinas: Autores Associados, 2000. Coleção educação contemporânea.

Flick, U. (2012). Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. Penso Editora.

Freitas, E. M., Pacheco, V., Karolkievicz, R. M., & Sillas, E. P. (2012). Cooperação acadêmica: análise de publicações em eventos científicos sobre ensino e pesquisa em contabilidade. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), 6(4). https://doi.org/10.17524/repec.v6i4.218

Gil, A. C. (2015). Métodos e técnicas de pesquisa social. In Métodos e técnicas de pesquisa social (pp. 200-200).

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2011). Metodologia Científica. 6a Edição, São Paulo. Ed Atlas.

Minayo, M. C. S., Deslandes, S. F., & Gomes, R. (2011). Pesquisa social: teoria, método e criatividade: Editora Vozes Limitada.

Ministério da Educação. (2018). Instituições de educação superior e cursos cadastrados.

Peleias, I. R., Silva, G. P. D., Segreti, J. B., & Chirotto, A. R. (2007). Evolução do ensino da contabilidade no Brasil: uma análise histórica. Revista Contabilidade & Finanças, 18, 19-32. https://doi.org/10.1590/S1519-70772007000300003

Reis, L. G., & Horvath, J. (2014). Uma análise sobre a produção acadêmica dos docentes das universidades estaduais paranaenses de 2008 a 2012. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, 7(3), 22-42. https://doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n3p22

Resolução Cne/Ces n. 10, de 16 de dezembro de 2004. (2004). Institui as diretrizes curriculares nacionais para o curso de graduação em ciências contábeis, bacharelado, e dá outras providências, 2004. Ministério da Educação. Brasília, DF. Recuperado de: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rces10_04.pdf>. Acesso em: 25/03/2018.

Salvador, P. T. C., Gomes, A. T. L., Rodrigues, C. C. F. M., Chiavone, F. B. T., Alves, K. Y. A., Bezerril, M. D. S., & Santos, V. E. P. (2018). Uso do software IRAMUTEQ nas pesquisas brasileiras da área da saúde: uma scoping review. Revista Brasileira em promoção da saúde. https://doi.org/10.5020/18061230.2018.8645

Santos, C. K. S., & Leal, E. A. (2014). A iniciação científica na formação dos graduandos em ciências contábeis: um estudo em uma instituição pública do triângulo mineiro. Revista Contemporânea de Contabilidade, 11(22), 25-48. http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2014v11n22p25

Severino, A. J. (2017). Metodologia do trabalho científico. Cortez editora.

Silva, A. P. B., & Ott, E. (2012). Um estudo sobre a interação entre a pesquisa científica e a prática profissional contábil. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 6(2), 204-220.

Slomski, V. G., Gomes, S. M. S., Silva, A. C. R., & Guimarães, I. P. (2010). Mudanças curriculares e qualidade de ensino: ensino com pesquisa como proposta metodológica para a formação de contadores globalizados. Revista de Contabilidade e Organizações, 4(8), 160-188. https://doi.org/10.11606/rco.v4i8.34763

Souza, F. C., Souza, A. C., & Borba, J. A. (2011). Inserção internacional da pesquisa científica em contabilidade desenvolvida no Brasil. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 5(2), 96-119.

Downloads

Publicado

01-07-2024

Como Citar

ALENCAR , . L. de A. S. .; PEREIRA , . R. F. .; PAIVA, L. E. B.; COSTA FILHO, F. C. da. Produção científica na formação acadêmica de graduandos em ciências contábeis. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 326–345, 2024. DOI: 10.21680/2176-9036.2024v16n2ID32357. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/32357. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Seção 3: Pesquisas de Campo sobre Contabilidade (Survey) (S3)