Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 6 – Número 1 – jan./jun./2014

  • José Dionísio Gomes da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Resumo

A Revista Ambiente Contábil (Ambiente) apresenta na sua 11ª edição 15 (quinze) artigos que tratam de assuntos relevantes para a área contábil.

Artigo 1 - SUSTENTABILIDADE E PERFORMANCE DOS INDICADORES DE RENTABILIDADE E LUCRATIVIDADE: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS BANCOS INTEGRANTES E NÃO INTEGRANTES DO ISE DA BM&FBOVESPA de Maria Audenôra Rufino, Lílian Perobon Mazer, Márcia Reis Machado e de Paulo Roberto Nóbrega Cavalcante com o objetivo de verificar a existência de melhor desempenho econômico-financeiro das empresas do subsetor de intermediação financeira, no segmento bancos, integrantes e não integrantes do ISE.

Artigo 2 - INFLUÊNCIA DO MÉTODO DE ENSINO NA APRENDIZAGEM DOS METODOS QUANTITATIVOS NO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UFRN de Márcio César de Oliveira Quirino, Angélica Maria Constantino de Moura, Giovanna Tonetto Segantini e de Aneide Oliveira Araujo com o objetivo de investigar a relação entre os elementos do processo de ensino-aprendizagem, que é a interdisciplinariedade, ensino e aprendizagem, e o desempenho dos alunos na disciplina de métodos quantitativos.

Artigo 3 - AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DOS CRITÉRIOS DE DISTRIBUIÇÃO DO ICMS DA LEI ROBIN HOOD NO ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL EM MINAS GERAIS de André Luiz de Paiva, Juliana Otoni Franco Melo, Rosiane Maria Lima Gonçalves e de Antônio Carlos Brunozi Júnior com o objetivo de analisar o impacto da Lei Robin Hood sobre o IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) das mesorregiões do Estado de Minas Gerais, no período de 2002 a 2008. 

Artigo 4 - O CUSTO TOTAL E AS SOLUÇÕES LOGÍSTICAS de Juliana Ventura Amaral e de Reinaldo Guerreiro tem como principal objetivo caracterizar o arcabouço teórico do custo total logístico de forma de ensaio teórico. 

Artigo 5 - EDUCAÇÃO E PESQUISA EM CONTABILIDADE: ESTADO DA ARTE DO CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE DO PERÍODO DE 2004 A 2012 de Maria Ivanice Vendruscolo e Patrícia Alejandra Behar com objetivo de analisar, qualitativamente, a produção relativa à educação superior de Contabilidade dos artigos publicados na área de Ensino e Pesquisa em Contabilidade do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade do período de 2004 a 2012.                                                                                          

Artigo 6 - DESCONTINUIDADE DE EMPRESAS BRASILEIRAS DO SETOR DE CONSUMO CÍCLICO: UM ESTUDO COM DADOS CONTÁBEIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE DATA MINING de Rui Américo Mathiasi Horta, Carlos Cristiano Hasenclever Borges e de Marcelino José Jorge com o objetivo de propor um novo procedimento para balanceamento da base de dados em problemas de previsão de insolvência com (etapa de) seleção de atributos.

Artigo 7 - O PADRÃO DO ENDIVIDAMENTO PÚBLICO NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS DE PORTE MÉDIO APÓS A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL de Willson Gerigk, Ademir Clemente e de  Flávio Ribeiro com o objetivo de verificar a evolução do endividamento público imediatamente após o advento da LRF e nas duas gestões subsequentes à sua vigência, nos municípios brasileiros com população entre 100 mil e 1 milhão de habitantes.

Artigo 8 - RELAÇÕES ENTRE DESEMPENHO ACADÊMICO E ACESSO AOS PROGRAMAS DE MESTRADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS de Gilberto José Miranda, Sirlei Lemes, Francielly Dornelas Correia Lima e de Vicente Bruno Júnior com o objetivo de identificar a existência de relações entre o desempenho dos cursos de graduação em Ciências Contábeis e o ingresso dos alunos em programas de pós-graduação, em nível de mestrado acadêmico.

Artigo 9 - ALISAMENTO DE RESULTADOS E DISCLOSURE AMBIENTAL: UMA INVESTIGAÇÃO NO SETOR DE SIDERURGIA E METALURGIA BRASILEIRO de Susana Cipriano Dias Raffaelli, Hugo Dias Amaro, Wesley Vieira da Silva e de Lauro Brito de Almeida com o objetivo de investigar a relação entre práticas de alisamento de resultado e práticas de disclosure ambiental nas empresas de siderurgia e metalurgia listadas na BM&FBOVESPA entre 2005 a 2011. 

Artigo 10 - PROPRIEDADE FAMILIAR E REMUNERAÇÃO BASEADA EM AÇÕES DA DIRETORIA DAS EMPRESAS BRASILEIRAS de Leandro Politelo, Itzhak David Simão Kaveski, Tânia Cristina Chiarello e de Tarcísio Pedro da Silva com o objetivo de verificar o efeito da propriedade familiar na remuneração baseada em ações dos membros da diretoria das empresas brasileiras.

Artigo 11 - GESTÃO E DESEMPENHO EM ORGANIZAÇÕES DE SOCIEDADE DE INTERESSE PÚBLICO (OSCIPs): UM ESTUDO EM ENTIDADES DE MICROCRÉDITO de Paulo Roberto da Cunha, Antonio Maria da Silva Carpes e de Mara Jaqueline Santore Utzig com o objetivo de investigar as características do processo de gestão das OSCIPs de microcrédito sediadas em Santa Catarina.

Artigo 12 - PODER EXPLICATIVO DE VARIÁVEIS CONTÁBEIS NO PREÇO DAS AÇÕES DAS COMPANHIAS ELÉTRICAS EM AMBIENTE DE IFRS de João Constantino Gonçalves, Adriano Rodrigues e de Marcelo Alvaro da Silva Macedo com o objetivo de verificar a capacidade explicativa de componentes da informação contábil, mais especificamente Lucro Líquido Por Ação (LLPA) e Patrimônio Líquido Por Ação (PLPA), das companhias do setor de energia elétrica, sobre a formação do preço das ações na BM&FBOVESPA.                                                                                  

Artigo 13 - CONTABILIDADE E CUSTOS AMBIENTAIS: UM MAPEAMENTO DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICAS EM PERIÓDICOS E EVENTOS NACIONAIS Diego Vieira Melo, Rayanne Silva Barbosa, Tamires Sousa Araújo e de Edvalda Araújo Leal com o objetivo de mapear e analisar a produção científica nacional sobre a contabilidade e custos ambientais publicada nos principais periódicos e nos anais de congresso na área contábil, divulgada no período de 2007 a 2011. 

Artigo 14 - ANÁLISE DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO (NBCASP): UM ESTUDO NAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO DO BRASIL de Francisca Francivânia Rodrigues Ribeiro Macêdo e de Roberto Carlos Klann com o objetivo de descrever a aderência das Unidades da Federação do Brasil, em relação ao disclosure obrigatório, relativo às Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público. 

Artigo 15 - O USO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS PELAS INSTITUIÇÕES INTERMEDIÁRIAS FINANCEIRAS LISTADAS NA BM&FBOVESPA de Tatiane de Oliveira Marques e de Sergio Murilo Petri com o objetivo de identificar variáveis que possam exercer influência sobre o uso de instrumentos financeiros derivativos nas instituições intermediárias financeiras no Brasil.

 

Boa leitura. Cordiais saudações!
Prof. Dr. José Dionísio Gomes da Silva
Editor

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Dionísio Gomes da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Possui graduação de Bacharel em Ciências Contábeis pela Sociedade Civil Colégio Moderno - Faculdades Integradas - Belém - PA (1985) e Mestrado em Ciências Contábeis - Multiinstitucional das UnB/UFPB/UFPE/UFRN (2004/2005). Atualmente é Professor Assistente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) - Departamento de Ciências Contábis. Lecionou na Faculdade Santa Catarina (FASC), Faculdade Boa Viagem (FBV) e na Faculdade de Ciências Humanas ESUDA (FCHE), no período de agosto de 2002 a julho de 2009 (disciplinas: contabilidade geral, contabilidade comercial, fundamentos de contabilidade, auditoria, contabilidade empresarial, contabilidade governamental, etc). Tem experiência na área de Ciências Contábeis, atuando principalmente contador do setor público por mais de 15 anos (auditoria governamental, tomador de contas, instrutor do SIAFI e SIASG).
Publicado
22-01-2014
Como Citar
SILVA, J. D. G. DA. Editorial – Revista Ambiente Contábil – Volume 6 – Número 1 – jan./jun./2014. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 6, n. 1, p. i-iii, 22 jan. 2014.
Seção
EDITORIAL