EVOLUÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA TEORIA DA CONTABILIDADE: CONTEXTO HISTÓRICO

Autores

  • Valdério Freire de Moraes Júnior
  • Ivan Alves do Nascimento

Resumo

O homem, a partir do momento que teve a necessidade de tomar conta do seu patrimônio, utilizou-se de mecanismos rudimentares como fichas de barro e depois de argila, para, mais adiante, utilizar-se de contas. No início, era o homem tentando resolver problemas práticos, do controle de seu patrimônio. Ao longo do tempo, passou dessa simplicidade para o desenvolvimento de uma ciência: na idade medieval, houve certo aperfeiçoamento, por causa das atividades comerciais; na idade moderna, o surgimento das escolas do pensamento contábil, todas provenientes da Europa. A chamada Escola Européia alcançou seu momento de glória, principalmente com a Italiana; porém, por ter uma natureza bastante teórica, fez com que houvesse a ascensão mais adiante da Escola Norte-Americana, baseada na prática e criada pelos profissionais.

 

Palavras-chave: Escolas do Pensamento Contábil. Escola Européia. Escola Norte-Americana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-12-2009

Como Citar

JÚNIOR, V. F. de M.; NASCIMENTO, I. A. do. EVOLUÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA TEORIA DA CONTABILIDADE: CONTEXTO HISTÓRICO. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 37–48, 2009. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/5575. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS