GESTÃO DE CAPITAL DE GIRO E FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA PRATICADO PELAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

  • Olga Graciela Diaz Domingues
  • João Eduardo Prudêncio Tinoco Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
  • Mariano Yoshitake
  • Wanderlei Lima de Paulo
  • José Alberto Carvalho dos Santos Claro

Resumo

O objetivo deste artigo é verificar se os gestores das micro e pequenas empresas conhecem e utilizam  o gerenciamento do Capital de Giro  e a precificação de seus produtos, mercadorias e serviços. Visando alcançar  esse objetivo, fez-se uma revisão da literatura sobre gestão de capital de giro e formação de preço de venda, investigando-se a amplitude tanto no campo teórico quanto no campo prático. No que concerne,  à metodologia  realizou-se uma pesquisa de campo com entrevistas face-a-face e semiestruturadas em nove empresas que atuam nos setores comercial, industrial e de serviços, localizadas nos municípios de Jundiaí, Campo Limpo Paulista e Jarinu, pertencentes ao Aglomerado Urbano de Jundiaí. Os resultados da pesquisa revelam que apesar do pouco conhecimento que os empresários têm sobre gerenciamento de capital de giro, a grande maioria (89%) faz reservas para suprir eventuais dificuldades financeiras. Com relação à precificação de seus produtos, mercadorias e serviços, as empresas adotam o critério de calcular os custos diretos e acrescentar uma margem entre 20% a 50%. Outro ponto visível nos resultados obtidos foi a falta de orientação dos microempreendedores de seus contadores, levando-os a tomar decisões baseadas, principalmente, mais na intuição e sensibilidade do que no conhecimento.

Palavras-chave: Capital de Giro, Gestão, Preço de Venda, Micro e Pequenas Empresas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Olga Graciela Diaz Domingues
Mestre em Administração das Micro e Pequenas Empresas pela Faculdade Campo Limpo Paulista- FACCAMP (2015).
João Eduardo Prudêncio Tinoco, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
Empresas(1971) e graduaçáo em Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências Econômicas de Sáo Paulo- FECAP (1972); Mestrado(1984) e Doutorado (1996) em Contabilidade e Controladoria pela Universidade de Sáo Paulo - FEA/USP. Atualmente é Professor, Pesquisador e Consultor. Professor e pesquisador desde 1973, em cursos de Graduação, Especialização e Mestrado Stricto Sensu. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis, atuando principalmente nos seguintes temas: Balanço social, governança corporativa, contabilidade e gestão ambiental, contabilidade estratégica de recursos humanos, sustentabilidade, finanças corporativas. É autor pioneiro no Brasil em temas como Balanço Social e Contabilidade Estratégica de Recursos Humanos. Líder do Grupo de Pesquisa do CNPq (Estratégia e Competividade, com o Projeto Governança e Sustentabilidade). Publicou vários livros e capítulos de livros, bem com artigos em periódicos e em anais de congressos da Área de Administração e Contabilidade.
Mariano Yoshitake

Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo. Mestrado em Administração da Universidade Ceuma, 

 

 

Wanderlei Lima de Paulo

Doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo. Professor do Programa de Mestrado Profissional da FACCAMP-Campo Limpo Paulista

José Alberto Carvalho dos Santos Claro
Doutor em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Professor Adjunto de Administração no Instituto do Mar.

Referências

ALSHUBIRI, F. N. The Effect of Working Capital Practices on Risk Management: Evidence from Jordan. Global Journal of Business Research, v. 5, n. 1, p. 29-54, 2011.

ASSAF NETO, A.; SILVA, C. A.T. Administração do Capital de Giro- Manual de Exercícios. São Paulo- Atlas, 2012.

AZEVEDO, P. F. DE, POLITI, R.B. Concorrência e Estratégias de Precificação no Sistema Agroindustrial do Leite. RESR, Piracicaba, SP, vol. 46, nº 03, p. 767-802, jul/set 2008 – Impressa em outubro 2008.

BRAGA, D. P. G.; BRAGA, A. X.V.; SOUZA, M. A. Gestão de Custos, Preços e Resultados: um Estudo em Indústrias Conserveiras do Rio Grande do Sul. Contabilidade, Gestão e Governança - Brasília · v. 13 · n. 2 · p. 20 - 35 · mai/ago 2010; ISSN 1984-3925.

BRAGA, R. Análise Avançada do Capital de Giro. Caderno de Estudos FIPECAFI, nº3, São Paulo, Setembro/1991.

BRASIL- Constituição da República Federativa do Brasil. 35ª edição, 5 de outubro de 1988; Biblioteca digital, http://bd.camara.gov.br. Visitado 25/01/2014.

BRASIL - Lei Nº 8.864, de 28 de março de 1994. DOU de 28/03/1994.

BRASIL- Lei Nº 9.317 Lei das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte, de 05 de dezembro de 1996. DOU de 06/12/1996.

BRASIL- Dados Estatísticos Gerais- Ministério do Trabalho e Emprego- CAGED- disponível em: http://portal.mte.gov.br/caged/ - visitado em 10/02/2014.

BRASIL- Receita Federal- Lei Complementar nº 147, de 7 de agosto de 2014. Disponível em: http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/LeisComplementares/2014/leicp147.htm; visitado em 09/agosto/2014.

BRIGHAM, Eugene F.; WESTON, J. Fred. Administração Financeira das Empresas. Rio de Janeiro: Ed. Interamericana, 1979.

CALDARELLI, C. E.; BACCHI, M. R. P. Fatores de Influência no Preço do Milho no Brasil. Nova Economia - Belo Horizonte p. 141-164, jan/abr/ 2012.

CALLADO, A. L. C.; MIRANDA, L. C.; CALLADO, A. A. C. Fatores Associados à Gestão de Custos: um Estudo nas Micro e Pequenas Empresas do Setor de confecções. Revista Produção v. 13 n. 1, 2003.

CATELLI, A.; GUERREIRO, R. Mensuração de Atividades: Comprando “ABC” x “GECON”. Caderno de Estudos FIPECAFI, nº08, São Paulo, – abril/1993.

COMITE GESTOR DO SIMPLES NACIONAL, Simples Nacional, dezembro de 2008.

COTE, J. M., LATHAM, C. K. The Merchandising Ratio: A Comprehensive Measure of Working Capital Strategy. Issues in Accounting Education, v. 14, n. 2, p. 255-267, mai/1999. Disponível em: <http://aaajournals.org/doi/abs/10.2308/iace.1999.14.2.255>. Acesso em: 25/ago/2014.

DELOOF, M. Does Working Capital Management Effect Profitability of

Belgian Firm? Journal of Business Finance and Accounting. v.30. n. 3, p. 573-587, 2003.

DOLAN, R. J. Quantity Discounts: Managerial Issues and Research Opportunities. Harvard Business School; Page Range: 1 – 22; February, 1987.

FANELLI, A. F. DEL M.; SANTOS JR., W. R. O Aglomerado Urbano de Jundiaí (SP) e os desafios para a mobilidade metropolitana paulista. Cad. Metrop. São Paulo, v. 15, n. 30, pp. 461-487, jul/dez 2013.

FISHMAN, C. A precificação científica. HSM Management. São Paulo, nº. 39, p. 130-136, jul/ago/2003.

GUERREIRO, R.; FREZATTI. F.; CASADO, T.- Em Busca de um Melhor Entendimento da Contabilidade Gerencial através da Integração de Conceitos da Psicologia, Cultura Organizacional e Teoria Institucional. Revista Cont. Fin.; USP - São Paulo - Edição Comemorativa - p. 7 - 21 – Set/2006.

GUERREIRO, R.; PEREIRA, C.A.; REZENDE, A.J. Em Buscado Entendimento da Formação dos Hábitos e das Rotinas da Contabilidade Gerencial: um Estudo de Caso. Revista de Administração Mackenzie- Volume 7, n. 2, p. 78-101, mai/2006.

JOSE, M. L.; LANCASTER, C.; STEVENS, J. ´Corporate Return and Cash Conversion Cycle´. Journal of Economics and Finance, Vol. 20, 1996, pp. 33-46.

KASSAI, J. R.; CASA NOVA, S. P. de C. Pequenas Empresas - Como é difícil "levantar dinheiro”! Com Texto, Porto Alegre, v. 6, n. 9, 1º semestre 2006; ISSN (Impresso): 1676-6016 - ISSN (Online): 2175-8751.

KASSAI, S. As Empresas de Pequeno Porte e a Contabilidade. Caderno de Estudos, FIPECAFI, v.9, n.15, p.60-74, São Paulo, jan/jun/1997.

MASSEI, W. Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Políticas e Programas de Apoio às Micros, Pequenas e Médias Empresas Industriais: uma Análise de Programas no Estado de São Paulo. Período: 1970- 1986; Campinas, 1989.

MATIAS, A. B. Gestão Financeira do Capital de Giro. Cadernos do INEPAD- Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração, FEA/USP, Ribeirão Preto, 2006.

MONROE, K. B. Politica de Precios: Para Hacer Rentables las Decisiones; serie MCGRAW – HILL. Traduccion de Carmen Berne y Enrique Giner; Universidad de Zaragoza; España, 1992.

MORRIS, M.; SCHURINK. C. V. E. "Pricing Behavior in Industrial Markets: The Impact of Environmental Dynamics". Journal of Business & Industrial Marketing, Vol. 8 Iss: 3, pp.28 – 43, 1993

PADACHI, K. ´Trends in Working Capital Management and its Impact on Firms Performance: An Analysis of Mauritian Small Manufacturing Firms´. International Review of Business Research Papers, Vol. 2, 2006, pp. 45-58.

PADOVEZE, C. L. Contabilidade Gerencial: um Enfoque em Sistemas de Informação Contábil. 4ª edição, São Paulo: Editora Atlas, 2004.

PEREIRA, A. G. C. et al. O Impacto do ICMS-st nas Empresas Optantes pelo Regime do Simples Nacional. In IX SEGET- Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, Anais 2012.

PRADO, E. F. S. Formação de Preço como um Processo Complexo. Est. Econ., São Paulo, V. 37, N. 4, P. 745-769, out/dez/2007.

RAHEMAN, A.; NARS, M. ´Working Capital Management And Profitability - Case Of Pakistani Firms´. International Review of Business Research Papers, Vol. 3, 2007, pp.275-296.

RESENDE FILHO, M. de A., et al. Precificação da Água e Eficiência Técnica em Perímetros Irrigados: Uma Aplicação da Função Insumo Distância Paramétrica. Est. Econ.; São Paulo, v. 41, n. 1, p. 143-172, jan/mar/2011.

SAINIO, L. M.; MARJAKOSKI, E. The logic of revenue logic? Strategic and operational levels of pricing in the context of software business. Elsevier B. V.; Volume 29, Issue 5, Pages 325-394 May 2009. Technology Management in the Service Economy

SANTOS, R. V. dos. Planejamento do Preço de Venda. Caderno de Estudos, FIPECAFI, v.9, n.15, p.60 – 74, São Paulo; janeiro/junho 1997.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS– SEBRAE. Cartilha Tributação, Brasília- DF, 2012.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS– SEBRAE. Estudo da Mortalidade das Empresas Paulistas; São Paulo- SP, 1999.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS– SEBRAE. Saiba Mais; Preço de Venda na Prestação de Serviços; Brasília- DF, 2004.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS– SEBRAE. Doze anos de Monitoramento da Sobrevivência e Mortalidade de Empresas, São Paulo, SP, 2010.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS– SEBRAE. Causa Mortis. Disponível em: http://www.sebraesp.com.br/arquivos_site/biblioteca/EstudosPesquisas/mortalidade/causa_mortis_2014.pdf . Acesso em: 16/01/2016.

SEBRAE. Mudanças no Supersimples: o que o dono de Pequeno Negócio deve saber; disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/Mudanças-no-Supersimples:-o-que-o-dono-de-pequeno-negócio-deve-saber. Visitado em 09/agosto/2014.

SHIN, H. H.; SOENEN, L. ´Efficiency of Working Capital and Corporate Profitability´. Financial Practice and Education, 8, 1998, pp.37-45.

SIDEL, A.; KUME, R. Contabilização das Variações da Necessidade de

Capital de Giro. Revista Contabilidade e Finanças - USP, São Paulo, n. 31, p. 66 - 77, jan/abr/2003.

SMITH, K. ´Profitability versus liquidity tradeoffs in working capital management´. In SMITH, K.V. (Ed.), Readings on the Management of Working Capital. West Publishing Company, St Paul,MN, 1980, pp.549-62.

SOARES NETO, A. DE C.; POZO, H.; TACHIZAWA, T. O Capital de Giro como Componente de um Modelo de Gestão no Contexto das Micro e Pequenas Empresas: Estudo em um Segmento Empresarial (CLUSTER) da Indústria Têxtil. REUNA, Belo Horizonte, v.16, n.2, p. 53-70, mai/jun. 2011. ISSN 2179-8834.

SOUZA, A. F. DE; LUPORINI, C. E. M.; SOUZA, M. S. de. Gestão do Capital de Giro. Caderno de Pesquisa em Administração; São Paulo, V. 1, nº 3, 2º Semestre de 1996.

SOUZA, R.A.; SOUZA, A.A. Gestão do Capital de Giro em Micro e Pequenas Empresas: Estudos de Casos em Empresas do Comércio Varejista de Passos – MG. FACEF Pesquisa; Franca; v.14, n.1, p. 39-51, jan./fev./mar./abr. 2011- ISSN 1516-6503.

STROEHER, A. M.; FREITAS, H. O uso das Informações Contábeis na Tomada de Decisão em Pequenas Empresas. R. Adm. Electronica, São Paulo, v.1, n.1, art.7, jan./jun. 2008.

TERUEL, P. J. G.; SOLANO, P. M. ´Effects of Working Capital Management on SME Profitability´. International Journal of Managerial Finance, vol. 3, 2007, pp. 164-177.

TINOCO, J.E.P. Formação do Preço de Venda; FACCAMP, 2014.

TOLEDO FILHO, J. R. DE; OLIVEIRA, E. L. DE; SPESSATTO, G. Fluxo de

Caixa Como Instrumento de Controle Gerencial para Tomada de Decisão: um Estudo Realizado em Microempresas. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ (online), Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 75 - p. 88, maio/ago., 2010. ISSN 1984-3291.

VIAPIANA, C. Fatores de Sucesso e Fracasso da Micro e Pequena Empresa. In II EGEPE, p. 505-525, Anais ....; Londrina/PR, Novembro/2001 (ISSN 1518-4382).

YOSHITAKE, M.;HOJI, M. Gestão de Tesouraria. São Paulo: Atlas, 1997.

Publicado
02-01-2017
Como Citar
DOMINGUES, O. G. D.; TINOCO, J. E. P.; YOSHITAKE, M.; PAULO, W. L. DE; CLARO, J. A. C. DOS S. GESTÃO DE CAPITAL DE GIRO E FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA PRATICADO PELAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 9, n. 1, p. 77-96, 2 jan. 2017.
Seção
ARTIGOS