Caicó/RN em papel e tinta:

representações da cidade no jornal A Fôlha (1954-1958)

  • Marcos Antônio Alves de Araújo Geógrafo, mestre em Geografia e professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN.
Palavras-chave: Cidade, Espaço, Caicó

Resumo

Partindo da perspectiva de que as cidades são representadas através de várias formas e expressas por meio de múltiplas linguagens humanas, objetivamos nesse artigo, tentar perceber as representações da cidade de Caicó/RN impressas nas páginas semanais do Jornal A Fôlha, durante os anos de 1954 a 1958. Diante disso, compreender a complexidade do espaço urbano de Caicó, representada nesse Jornal, se apresenta como uma tarefa escolhida por nós, na escrita e produção deste artigo. Para a composição desse corpo textual, utilizamos como metodologia, a leitura e a análise do discurso jornalístico publicado no periódico A Fôlha, sobretudo aquele referente às representações urbanas. Nesse sentido, após a realização das pesquisas nessa fonte histórica, atinamos que Caicó era representado e impresso pelo discurso jornalístico d’A Fôlha, como sendo uma cidade que, embora estivesse, na década de 50 do século XX, ordenada sob os moldes de uma moral cristã, se encontrava bifurcada entre o velho e o novo, o tradicional e o moderno, o padrão e o desvio, enfim, entre a norma e a transgressão. Assim, essa cidade, edificada sob pilares de uma tradição regional, ia, gradativamente, incorporando ao seu território urbano, signos da modernidade, novos equipamentos e serviços instalados que transformavam a paisagem da cidade e, conseqüentemente, modificavam o cotidiano de seus sujeitos praticantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
09-06-2010
Como Citar
ALVES DE ARAÚJO, M. A. Caicó/RN em papel e tinta:. Revista Espacialidades, v. 3, n. 02, p. 01-24, 9 jun. 2010.