Lazer, prazer e dor em Campina Grande nas décadas de 1940-1950

Autores

  • Antonio Clarindo Barbosa de Souza

Palavras-chave:

lazer, prazer, Campina Grande

Resumo

O presente artigo faz parte de nossa tese de doutorado intitulada Lazeres permitidos, prazeres proibidos: sociedade, cultura e lazer em Campina Grande (1945-1965). Esta parte em especial trata dos festejos natalinos e das formas de convivências entre os populares e as elites nos momentos da festa e de suas disputas pelo espaço diversional. É importante a ressaltar no texto o entrecruzamento de fontes. Usamos aqui jornais diários, jornaizinhos de festas, depoimentos orais e depoimentos para periódicos, além de discursos dos processos-crime e mesmo revistas nacionais. Metodologicamente apresentamos casos exemplares da vida dos populares, discutimos teoricamente o lugar ocupado por estas pessoas nos discursos e buscamos detectar a importância dos momentos de lazer, prazer e dor em tais vidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Clarindo Barbosa de Souza

Doutor em História pela Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, atuando como professor dos cursos de graduação e pós-graduação em História da Universidade Federal de Campina Grande, UFCG.

Arquivos adicionais

Publicado

24-12-2012

Como Citar

SOUZA, A. C. B. de. Lazer, prazer e dor em Campina Grande nas décadas de 1940-1950. Revista Espacialidades, [S. l.], v. 5, n. 04, p. 22–52, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/espacialidades/article/view/17751. Acesso em: 28 fev. 2024.