AS REPRESENTAÇÕES DA ELITE SÃO-JOANENSE SOBRE O DESENVOLVIMENTO DA INSTRUÇÃO ESCOLAR:

um estudo de caso no Astro de Minas (1827-1839)

Autores

  • Vinicius Breneer Silveira UFSJ

DOI:

https://doi.org/10.21680/1984-817X.2022v18n1ID26369

Palavras-chave:

Instrução escolar, representação, Astro de Minas, São João del-rei.

Resumo

Este trabalho teve por objetivo analisar as representações da elite política e social da vila São João del-Rei sobre a instrução escolar no período de 1827 à 1839, a partir do periódico Astro de Minas. As publicações deste periódico são-joanense sobre a instrução escolar constituíram-se como um espaço de debates referente ao desenvolvimento da instrução na vila de São João del-Rei, difundindo especialmente os ideais liberais-moderados na província mineira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAHÉ, Marcos; LUCENA, Pierre. O noticioso e o doutrinário nos primeiros periódicos da imprensa brasileira, set./2008. Blog Acerto de Contas. Disponível em:<http://acertodecontas.blog.br/artigos/o-noticioso-e-o-doutrinario-nos-primeiros-periodicos-da-imprensa-brasileira/>. Acesso em: 28 de agosto, 2020.

CARVALHO, Alex Lopes de Carvalho. O conceito de representações coletivas de Roger Chartier. Diálogos - DHI/PPH/UEM, Maringá, v. 9, n. 1, p. 143-165, 2005.

CASTRO, Vânia Rosaura de Lima. Organização e distribuição da Renda Pública Geral com a Instrução Pública de Primeiras Letras na Província de Minas Gerais entre 1822 e 1834. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós Graduação em Educação, UFSJ. São João Del-Rei, p. 149, 2015.

CHARTIER, Roger. A história cultural entre práticas e representações. Trad. de Maria Manuela Galhardo. Lisboa: Difusão Editora, 1988, 244 p.

FARIA FILHO, Luciano Mendes; INÁCIO, Marcilaine Soares. A educação no espaço público: as pedagogias das associações cívico-literárias mineiras. IN: LOPES, Eliane Marta Teixeira; CHAMON, Carla Simone; (orgs. do volume)/ CARVALHO, Carlos Henrique de; FARIA FILHO, Luciano Mendes de (orgs da coleção). História da Educação em Minas Gerais: da Colônia à República – Volume 2: Império. Uberlândia: EDUFU, 2019, 278 p.

FARIA FILHO, Luciano Mendes. Instrução elementar no século XIX. IN: LOPES, Eliane Marta Teixeira; FARIA FILHO, Luciano Mendes; VEIGA, Cyntia Greive (orgs). 500 anos de educação no Brasil. 2º edição, Belo Horizonte: Autêntica, 2000, 606 p.

________________________. O jornal e outras fontes para a educação mineira no século XIX: uma introdução. IN: ARAÚJO, José Carlos; GATTI JÚNIOR, Décio (orgs.). Novos temas em história da educação brasileira. Uberlândia: EDUFU, 2002, 226 p.

FONSECA, Marcus Vinicius. População negra e civilização: uma análise a partir do estabelecimento da obrigatoriedade escolar em Minas Gerais (1830-1850). Educação em Revista. Belo Horizonte, v.25, n.02, p.43-72 , agosto, 2009.

GRAÇA FILHO, Afonso de Alencastro. A princesa do Oeste e o mito da decadência de Minas Gerais: São João Del-Rei (1831-1888). São Paulo: Annablume, 2002, 256 p.

INÁCIO, Marcilaine Soares. O processo de escolarização e o ensino de primeiras letras em Minas Gerais (1825-1852). Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós Graduação em Conhecimento e Inclusão Social, UFMG, p. 232, 2003.

JINZENJI Mônica Yumi. O papel da imprensa periódica no processo de escolarização em Minas Gerais no século XIX. Educação em Perspectiva. Viçosa, v. 3, n. 1, p. 150-166, jan./jun. 2012.

LENHARO, Alcir. As tropas da moderação: o abastecimento da Corte na formação política do Brasil, 1808-1842. 2º edição, Rio de Janeiro: Biblioteca Carioca, 1993, 136 p.

MATTOS, Ilmar Rohloff de. A construção do Império da boa sociedade. IN: MAGALDI, Ana Maria; ALVES, Cláudia; GONDRA, José Gonçalves (orgs). Educação no Brasil: história, cultura e política. Bragança Paulista: EDUSF, 2003, 337 p.

MORAIS, Christianni Cardoso.“Para o aumento da instrução da mocidade da nossa pátria”: estratégias de difusão do letramento na vila de São João Del-Rei (1824-1831). Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, UFMG. Belo Horizonte, 2002.

MOREL, Marco. As transformações dos espaços públicos: Imprensa, atores políticos e sociabilidades na cidade imperial (1820-1840). Jundiaí: Paco Editorial, 2016.

MOTTA, Rosemary Tofani. Baptista Caetano de Almeida: um mecenas do projeto civilizatório em São João d’El-Rei no início do século XIX - a biblioteca, a imprensa e a sociedade literária. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação/Escola de Biblioteconomia, UFMG. Belo Horizonte, p. 173, 2000.

NARODOWSKI, Mariano. Discontinuidades para una historia comparada de la educacion en America Latina. IN: Sociedade Brasileira de História Educação (orgs). Educação no Brasil: História e Historiografia. Campinas: Autores Associados, 2000, 234 p.

SILVA, Wlamir. Liberais e o povo: a construção da hegemonia liberal-moderada na província de Minas Gerais (1830-1834). São Paulo: HUCITEC, 1ª edição, 2009, 354 p.

___________. “Toucinheiros”: breve taxonomia da elite política liberal moderada mineira. IN: RESENDE, Maria Leônia Chaves de; BRUGGER, Silvia Maria Jardim (orgs). Caminhos Gerais: estudos históricos sobre Minas (séc. XVIII - XIX). São João del-Rei: UFSJ, 2005, 204 p.

VEIGA, Cynthia Greive. Escola pública para os negros e os pobres no Brasil: uma invenção imperial. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, vol. 13, n. 39, p. 502-596, setembro-dezembro, 2008.

__________________. A escola no processo de organização do Estado-Nação e de invenção do cidadão. História da Educação em Minas Gerais: da Colônia à República – Volume 2: Império. IN: LOPES, Eliane Marta Teixeira; CHAMON, Carla Simone; (orgs. do volume)/ CARVALHO, Carlos Henrique de; FARIA FILHO, Luciano Mendes de (orgs da coleção). História da Educação em Minas Gerais: da Colônia à República – Volume 2: Império. Uberlândia: EDUFU, 2019, 278 p.

__________________. A produção da infância nas operações escriturísticas da administração da instrução elementar no século XIX. Revista brasileira de história da educação. Rio de Janeiro, n° 9, v. 5, p. 73-107, jan./jun, 2005.

VIEIRA, Lidiane Rezende. Aurora Fluminense (1827-1828): Um estudo da recepção do liberalismo de Benjamim Constant por Evaristo da Veiga. II Semana de pós-graduação em Ciência Política: Repensando a trajetória do Estado Brasileiro. São Carlos: UFSCAR, 2014.

Downloads

Publicado

14-04-2022

Como Citar

SILVEIRA, V. B. AS REPRESENTAÇÕES DA ELITE SÃO-JOANENSE SOBRE O DESENVOLVIMENTO DA INSTRUÇÃO ESCOLAR: : um estudo de caso no Astro de Minas (1827-1839) . Revista Espacialidades, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 200–223, 2022. DOI: 10.21680/1984-817X.2022v18n1ID26369. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/espacialidades/article/view/26369. Acesso em: 30 jun. 2022.