O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

OBS: Recomendamos a LEITURA INTEGRAL das normas aqui apresentadas antes de submeter seu manuscrito

Ineditismo -  A RIL (Revista Inter-Legere) recebe manuscritos de artigos que apresentam temas e abordagens originais e inéditas. Não serão aceitos artigos já publicados em outros periódicos de língua portuguesa.

Titulação mínima - É necessário ter o título de mestre. Em caso de mestrando somente em co-autoria com um (a) doutor(a), exceto nos casos de resenha, entrevista e tradução.

Artigos - Todos os trabalhos (Dossiês e Artigos em fluxo contínuo), independentemente da seção postulada, devem ter entre 15 e 25 laudas, incluíndo referências, notas e tabelas. Também ser apresentados digitados no programa Word,  fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento de Linha e Parágrafo 1,5, incluindo referências, notas e imagens e vir em papel A4. Os títulos (CAIXA ALTA) e subtítulo (caixa baixa) devem vir acompanhados de resumo em português (de 100 a 250 palavras) e uma versão em inglês (Abstract), mais quatro palavras-chave (keywords) separadas entre si por ponto. O nome do/a autor/a não deverá aparecer no corpo do trabalho, para garantir o anonimato no processo de avaliação às cegas. Ver também ABNT (NBR 6022, NBR 6024 e NBR 10520).   

Resenhas  - As resenhas devem ter de 5 a 10 laudas, programa Word,  fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento de Linha e Parágrafo 1,5, incluindo referências, notas e imagens e vir em papel A4. Só serão aceitas resenhas de livros da área de Ciências Humanas publicados no Brasil e exterior, no máximo, há três anos. Obs.: Nos casos de submissão de resenhas, não é necessária a exigência de co-autoria com autor(a) doutor(a).

Traduções (textos clássicos ou contemporâneos) – Será exigido ao tradutor que o mesmo disponha de documento de autorização da tradução e publicação pelo detentor dos direitos autorais sobre a obra traduzida apenas nas situações em que o texto não se encontra em domínio público (as traduções devem ser inéditas na língua portuguesa)

Ilustrações - Devem ser inseridas no corpo do texto, em arquivo separado, com indicações claras ao longo do texto, dos locais em que devem ser incluídos. São elas: tabelas, quadros e figuras (gráficos, mapas, fotografias, organogramas, etc.).

Recomendações mínimas sobre a estrutura do artigo (corpo do texto)

Introdução – apresentação do assunto, questão-problema ou pergunta de partida, objetivo, referenciais teóricos empregados, metodologia, ideia central ou tese a ser defendida ao longo do artigo

Desenvolvimento – exposição, explicação e demonstração do material pesquisado; avaliação dos resultados e comparação com estudos anteriores

Conclusão – Desdobramentos mais gerais dos resultados do estudo realizado; proposições de novos estudos

Bibliografia – literatura científica consultada para o desenvolvimento do estudo apresentado no artigo.

Recomendações sobre a estrutura da resenha

1 Referência Bibliográfica – Autor(es), Título, Imprensa (local de edição, editora, data)

2 Credenciais do(a) Autor(a) – informações gerais sobre a autoria (quem fez o estudo? Quando? Por quê? Onde?)

3 Conhecimento – Resumo detalhado das ideias principais (descrição sintetizada dos conteúdo dos capítulos da obra), quadro de referência teórica da autoria,  metodologia empregada, principais conclusões apresentadas na obra

4 Apreciação da obra – julgamento da obra (como se situa o(a) autor(a) em relação a outras produções e correntes científicas) mérito da obra (qual é a contribuição dada? Conhecimentos novos?); possíveis limitações e controvérsias

5 Indicações da Obra – A quem é dirigida

 

Informações adicionais

* Não será cobrada qualquer taxa ou encargo para a submissão de manuscritos nesta revista. 

** Recomendamos que os(as) autores(as) providenciem o cadastramento do ORCID para publicação no artigo, resenha ou entrevista na Inter-Legere. Caso não possua ainda o ORCID, acesse o seguinte link para cadastramento. Na etapa "6" do fluxo editorial (ver https://periodicos.ufrn.br/interlegere/11), autores que tiverem seus manuscritos aprovados para publicação, deverão informar seus emails e ORCIDs para registro em versão final do artigo publicado.

*** Os manuscritos (artigos, resenha, tradução) devem ser submetidos sem a informação acerca da autoria no corpo do texto. 

**** Quando se tratar de pesquisa com financiamento de alguma organização de fomento, o(a) autor(a) deve informar a natureza e crédito do apoio em nota de rodapé vinculada ao título.

***** A apresentação e as referências devem obedecer às normas atualizadas da Associação Brasileira de Normas Técnicas para trabalhos acadêmicos (ABNT 2018), sendo a exatidão das informações veiculadas de responsabilidade dos autores, observando o tipo de trabalho que se trata (de artigos científicos, resenha ou outro).

****** Os/as autores(as) que já publicaram em edições anteriores da Revista Inter-Legere só podem publicar novamente na mesma revista após o intervalo de tempo de 3 edições seguidas. 

 

Declaração de Direito Autoral

A Revista Inter-Legere garante aos autores os direitos autorais sobre o seu trabalho.

Ao submeterem seu trabalho, os autores transferem a Revista Inter-Legere o direito de publicação e distribuição e estará automaticamente licenciando seu manuscrito com a Licença atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0). A Revista Inter-Legere utiliza a referida licença, uma vez que ela viabiliza uma maior difusão do conteúdo licenciado, na medida em que permite a distribuição, adaptação e compartilhamento da obra a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original ( clique aqui para maiores informações sobre CC BY 4.0)

A Revista Inter-Legere estimula os autores a realizarem o depósito da versão publicada de trabalho científico, em repositórios institucionais, com o link do seu artigo na Inter-Legere: Revista da Pós-Graduação em Ciências sociais da UFRN.

Para outras informações ou dúvidas: interlegereppgcs@gmail.com

Para sugestões, críticas e/ou reclamações: interlegere@cchla.ufrn.br

 

 

 

DOSSIÊ CRÍTICA DA RAZÃO CIENTÍFICA: SOCIOLOGIAS DO (DES)CONHECIMENTO

O Dossiê “Crítica da Razão Científica: Sociologias do (Des)conhecimento” coloca-se como um convite à ampla reflexão acerca das mudanças, ambivalências e disputas entre ciência e crítica em tempos de pós-verdade e de novos negacionismos, assim como das suas implicações sociais, políticas, éticas e culturais. Serão avaliados textos com heterogêneos fins: reconstrução da crítica à ciência em diversas tradições do pensamento e teoria sociais; abordagens teórico-conceituais e empíricas sobre conhecimento, crítica, pós-verdade, autoverdade e ignorância; revisões reflexivas sobre o lugar da crítica racional à ciência no tempo presente; as relações entre ciência, crítica e ideologia para o diagnóstico da atualidade; pesquisas sociológicas e etnografias sobre políticas do conhecimento, guerras culturais e movimentos anti-intelectuais e seus regimes de verdade.

DOSSIÊ A PANDEMIA DE COVID-19 NA VIDA DE MULHERES

A pandemia da Covid-19, causada pelo Novo Coronavírus ou SARS-CoV-2 desenha um cenário inesperado não só no campo epidêmico-biológico, mas no que concerne aos diagnósticos sociais nos coloca o desafio de compreender seus desdobramentos, considerando impactos não só econômicos, mas também culturais, históricos e políticos sobre os diversos grupos, entre eles, as mulheres.  Evidente que muitos de nossos hábitos, formas de convivência, padrões culturais, bem como valores morais são afetados pela experiência pandêmica em curso no mundo.

Nesse sentido, o objetivo deste Dossiê é reunir reflexões acerca do impacto da pandemia de Covid-19 sobre a vida das mulheres. Desejamos reunir análises teóricas, etnográficas e auto-etnográficas a fim de retratar questões específicas que abarcam as vidas das mulheres diante de uma crise repentina que assola os serviços de saúde, o sistema educacional, a saúde física e mental, a economia com seus modos de produção e consumo, a convivência familiar, as relações e condições de trabalho, as relações afetivas, a divisão sexual do trabalho, a liberdade, o deslocamento e, em especial, os modos de vida.

ARTIGOS

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Declaração de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.