Os verbos frasais (phrasal verbs) do inglês e suas traduções para o português: um enfoque sistêmico-funcional

Autores

  • Marcelo Saparas Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD
  • Ulisses Tadeu Vaz de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.21680/1983-2435.2016v1n1ID9617

Palavras-chave:

Verbo Frasal. Tradução. LSF. Metafunção Ideacional.

Resumo

Este artigo trata da interface entre Estudos da Tradução e Linguística Sistêmico-Funcional (LSF) e, nele, abordamos os verbos frasais (phrasal verbs, PVs) do inglês que, tradicionalmente, costumam desafiar tradutores e aprendizes da língua inglesa. Nosso enfoque foi (1) analisá-los sob a perspectiva da LSF e da pragmática e (2) verificar como suas traduções para o português podem interferir tanto na realização da concepção performativa da linguagem, quanto na compreensão de seu significado ideacional ou informativo. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa com a participação dos acadêmicos de letras da Universidade Federal da grande Dourados-MS. As traduções dos alunos provaram que tanto o significado do verbo quanto o da partícula podem ser omitidos na expressão do processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Saparas, Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

Prof. Adjunto de Língua Inglesa e Linguística da Universidade Federal da Grande Dourados

Downloads

Publicado

30-06-2016

Como Citar

SAPARAS, M.; VAZ DE OLIVEIRA, U. T. Os verbos frasais (phrasal verbs) do inglês e suas traduções para o português: um enfoque sistêmico-funcional. Revista Odisseia, [S. l.], v. 1, n. 1, p. p. 03 – 23, 2016. DOI: 10.21680/1983-2435.2016v1n1ID9617. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/odisseia/article/view/9617. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos