A exploração sexual de crianças e adolescentes no contexto de grandes eventos: a Copa do Mundo no Brasil

Sexual exploitation of children and adolescents in the context of major events: the World Cup in Brazil 2014

  • Elisangela Aparecida Machado da Silva Pesquisadora de pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Transportes (PPGT) da Universidade de Brasília – UnB, Brasília/DF, Brasil
  • Anna Flora Werneck, AFW Consultora estratégica de proteção de crianças e adolescentes durante grandes eventos esportivos da Childhood Brasil – São Paulo/SP, Brasil
  • Thomaz Kauark Chianca, TKC Doutor em Avaliação Interdisciplinar pela Universidade de Western Michigan – UM, Ann Arbor/MI, Estados Unidos da América
  • Benedito Rodrigues dos Santos, BRS Pesquisador associado do International Institute for Child Rights and Development (IICRD) da Universidade de Victoria – UVic, Victoria/BC, Canadá

Resumo

O discurso comum entre especialistas e sociedade civil é de aumento dos registros de violações de crianças e adolescentes em contextos de grandes eventos mundiais, especialmente a exploração sexual. A metodologia proposta para a pesquisa buscou identificar evidências da exploração sexual, tomou como case a Copa do Mundo de Futebol 2014, no Brasil, e contou com a sistematização de dados secundários (2012 à 2014). Os principais resultados gerados foram a oportunidade de ter as informações dos registros organizados em única base de dados e analisados de forma a se identificar a interferência do grande eventos. Dos resultados encontrados conclui-se que – os tipos de violações registrados cotidianamente, e que ocorrem no âmbito intrafamiliar e comunitário, repetiram durante o período do grande evento, com aumento dos registros de violência sexual, com marcada invisibilidade da exploração sexual. Na perspectiva da gestão, a pesquisa produziu dados e evidências que podem auxiliar os organizadores de eventos desta natureza a definirem estratégias concretas para prevenção destas violações. Na perspectiva científica, a pesquisa consiste em referência metodológicaa para futuros estudos quanti-qualitativos, e, investigação sobre a correlação entre responsabilidade social dos destinos turísticos e a garantia de direitos das crianças e adolescentes em contexto de grandes eventos.

Palavras-chave: Brasil. Exploração Sexual. Turismo. Grandes Eventos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisangela Aparecida Machado da Silva, Pesquisadora de pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Transportes (PPGT) da Universidade de Brasília – UnB, Brasília/DF, Brasil

Doutora e mestre em transportes com estágio pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Transportes, da Universidade de Brasília - UnB. Bacharel em geografia pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Possui MBA em Gestão de Turismo e Hotelaria. Consutora e pesquisadora na área de desenvolvimento territorial, transportes e turismo, com ênfase na identificação de indicadores. Há 25 anos atua como docente nos cursos de graduação e pós-graduação de turismo e geografia. Foi consultora técnica do Ministério do Turismo, no projeto PRODETUR, em cooperação com o Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID e por oito anos esteve coordenadora de projetos no Centro de Excelência em Turismo - CET/UnB. Atuou como pesquisadora no projeto de Monitoramento do Legado das Obras da Copa em Brasília, no Laboratório de Infraestrutura, Infralab-UnB e na pesquisa sobre violação de direitos de crianças e adolescentes em grandes eventos esportivos.

E-mail: elisangela-machado@hotmail.com

Anna Flora Werneck, AFW, Consultora estratégica de proteção de crianças e adolescentes durante grandes eventos esportivos da Childhood Brasil – São Paulo/SP, Brasil

Consultoria estratégica de proteção de crianças e adolescentes durante grandes eventos esportivos. Coordenação pesquisa nacional sobre prevalência de violações de direitos de crianças e adolescentes durante grandes eventos e facilitação de grupo temático sobre proteção de crianças e adolescentes no Comitê Rio 2016 

Thomaz Kauark Chianca, TKC, Doutor em Avaliação Interdisciplinar pela Universidade de Western Michigan – UM, Ann Arbor/MI, Estados Unidos da América

Possui Doutorado em Avaliação Interdisciplinar pela Universidade de Western Michigan nos EUA (2008), Mestrado em Saúde Pública pela Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill nos EUA (1996), Graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985). Trabalha como odontólogo na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desde 1990 onde realiza pesquisas na área de saúde pública, ensina metodologia científica para alunos de mestrado, e supervisiona projetos de extensão com alunos de graduação. Atua também como avaliador de programas, projetos e políticas sociais no Brasil e em diversos países da América Latina de do Norte, Sudeste Asiático, África, e Leste Europeu.

Benedito Rodrigues dos Santos, BRS, Pesquisador associado do International Institute for Child Rights and Development (IICRD) da Universidade de Victoria – UVic, Victoria/BC, Canadá

Possui mestrado em Ciências Sociais Antropologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996), doutorado em Antropologia pela Universidade da Califórnia Berkeley (2002), pós-doutorado pelas universidades Johns Hopkins (2005) e da Califórnia em Los Angeles (2006). Foi Professor e pesquisador na Pontificia Universidade Católica de Goiás (1983 - 2010) e na Universidade Católica de Brasília, no Programa de pós-graduação stricto senso em Psicologia (2010 e 2017). Atualmente é pesquisador associado do International Institute for Child Rights and Development (IICRD), Universidade de Victoria, Canadá. Sua linha de pesquisa é Cultura contemporânea e relações humanas. Seus temas de pesquisa são: Formações culturais globais, contextos locais e construção de subjetividades. Cidadania, direitos humanos de crianças e adolescentes e políticas públicas. Poder, alteridade e formas de violência contra crianças e adolescentes. Urbanismo e formas de subjetivação. Antropologia da emoção. Estudos históricos e socio-antropológicos da infância e da adolescência e processos de construções/negociações identitárias. Possui expertise em estudos etnográficos comparativos entre Brasil e Estados Unidos. Tem realizado consultorias de longa duração para organismos das Nações Unidas, Fundo das Nações Unidas para Infância UNICEF-Brasil e organizações não-governamentais internacionais como a Childhood Brasil.

Publicado
02-12-2019
Como Citar
SILVA, E. A. M. DA; WERNECK, A. F.; CHIANCA, T. K.; SANTOS, B. R. DOS. A exploração sexual de crianças e adolescentes no contexto de grandes eventos: a Copa do Mundo no Brasil. Revista de Turismo Contemporâneo, v. 7, n. 2, p. 220-239, 2 dez. 2019.
Seção
Artigos