Os brinquedos como patrimônio cultural

uma análise comparativa entre os Museus do Brinquedo de Natal (Brasil) e de Ponte de Lima (Portugal)

Autores

  • Raquel Ribeiro de Souza Silva Instituto Federal de São Paulo
  • Adriana de Menezes Tavares Instituto Federal de São Paulo - Avaré

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2023v11n2ID30017

Resumo

O conceito de museu está em constante evolução no Brasil e no mundo, acompanhando as transformações sociais e colocando em evidência os elementos culturais de cada sociedade, proporcionando, desse modo, oportunidades de vivências que conciliam atividades educativas, turísticas e de lazer. Dentre as inúmeras tipologias existentes, os museus cuja temática são os brinquedos apresentam exposições nas quais objetos atemporais e presentes em diferentes culturas conseguem expressar de maneira simbólica especificidades que indiretamente caracterizam e espelham as sociedades nas quais estão inseridos. O objetivo deste artigo é discutir a valorização do brinquedo como um saber-fazer das sociedades, e, portanto, como um patrimônio cultural. Para isso, utiliza-se como procedimentos metodológicos a pesquisa bibliográfica e estudo de caso para apresentar o conceito contemporâneo de patrimônio e efetuar comparação entre as atividades desenvolvidas em museus do brinquedo localizados no Brasil (IFRN - Natal) e em Portugal (Ponte de Lima). Observou-se que em ambos os museus as atividades propostas valorizam uma “memória do brincar”, sendo que a principal distinção entre eles é o público alvo, enquanto o Museu do IFRN recebe majoritariamente escolares, o Museu do Brinquedo Português recebe mais turistas. Ambos atuam como disseminadores de cultura. Contudo, conclui-se que ainda se faz necessário ampliar o debate sobre a importância do brincar e do brinquedo como um saber-fazer inserido no contexto da comunidade. 

 

Palavras chave: Brinquedo, Museu do Brinquedo, Museu Temático, Patrimônio Cultural.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Ribeiro de Souza Silva, Instituto Federal de São Paulo

Professora na área de turismo, hospitalidade e lazer no IFSP-Avaré. Pós-doutoranda em Educação - Aix Marseille Université, França. Licenciatura e doutorado em Geografia. Bacharelado em Turismo.

Adriana de Menezes Tavares, Instituto Federal de São Paulo - Avaré

Possui graduação em Turismo pela Universidade de São Paulo (1995) e mestrado em Turismo - Planejamento e Gestão pelo Centro Universitário Ibero Americano (2001). Tem experiência na área de Turismo em diversas áreas de atuação, pesquisa principalmente os seguintes temas: roteiros turísticos, administração e marketing aplicados ao turismo, perfis e qualificação profissionais no turismo e agência de viagens. É autora de livros nas áreas de agenciamento, guia de turismo e roteiros turísticos.

Downloads

Publicado

16-05-2023

Como Citar

RIBEIRO DE SOUZA SILVA, R.; DE MENEZES TAVARES, A. Os brinquedos como patrimônio cultural : uma análise comparativa entre os Museus do Brinquedo de Natal (Brasil) e de Ponte de Lima (Portugal). Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 11, n. 2, 2023. DOI: 10.21680/2357-8211.2023v11n2ID30017. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/30017. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos