Análise da viabilidade econômica, em condições de riscos, de um sistema de confinamento utilizado para a terminação de bovinos no estado de São Paulo, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2022v14n1ID27710

Palavras-chave:

Bovinocultura de corte. Confinamento. Viabilidade econômica. Análise de sensibilidade.

Resumo

Objetivo: Avaliar a sensibilidade e a viabilidade econômica do sistema de confinamento utilizado para a engorda de bovinos tomando como referência uma propriedade localizada no norte do estado de São Paulo, Brasil.

Metodologia: Utilizou-se a abordagem multidimensional para avaliar a sensibilidade, o resultado econômico foi analisado através do fluxo de caixa sendo o valor presente líquido (VPL) o indicador de viabilidade, os riscos foram incorporados com a simulação de Monte Carlo para os preços de alimentação, aquisição e venda dos animais que foram as variáveis aleatórias discretas, já a medida de valor foi o VPL, calculado com a taxa mínima de atratividade de 7,55% ao semestre e as probabilidades foram estimadas pela frequência relativa.

Resultados: A probabilidade de o confinamento ser uma atividade atrativa economicamente foi de 30,2%, consequentemente o sistema foi inviável em 69,8%. No âmbito da sensibilidade, o confinamento foi mais vulnerável à oscilações no preço de venda, o aumento de 1% no valor do boi gordo gerou o acréscimo de 46% no VPL, sendo seguido pelo preço de reposição, o aumento de 1% no valor do boi magro levou a uma redução de 29% no VPL, e pelo preço da alimentação, o aumento de 1% no valor da tonelada de matéria seca diminuiu o VPL em 12%.

Contribuições do Estudo: Os resultados encontrados nesta pesquisa poderão subsidiar novas avaliações em amostras representativas, incorporar os estudos sobre essa temática e auxiliar os tomadores de decisão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kaio Expedito Rodrigues Queiroz, Undergraduate student in Agribusiness at Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Undergraduate student in Agribusiness at Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Janderson Damaceno dos Reis, Associate Professor in the Department of Rural Economics at Universidade Federal de Viçosa (DER/UFV).

Doctoral degree in Applied Economics at Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo (ESALQ/USP).

Andre Rozemberg Peixoto Simões, Professor at Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul.

Doctoral degree in Applied Economics at Universidade Federal de Viçosa (DER/UFV).

Referências

Anuário da Pecuária Brasileira (2016). ANUALPEC. São Paulo, SP: IEG/FNP Agribusiness Intelligence.

Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes Bovinas – ABIEC (2019). Beef report: perfil da pecuária no Brasil. Recuperado em 10 de dezembro, 2019, de <http://www.abiec.com.br/controle/uploads/arquivos/sumario2019portugues.pdf>.

Banco Central do Brasil (2019). Taxa de juros: Overnight / Selic. Recuperado em 07 de dezembro, 2019, de <http://www.ipeadata.gov.br/Default.aspx>.

Blank, L., & Tarquin, A. (2008). Engenharia Econômica (6a ed.). Porto Alegre, RS: AMGH.

Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada / Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – Cepea/Esalq (2019). Indicador de preços do boi gordo Esalq/B3. Recuperado em 15 de dezembro, 2019, de <https://www.cepea.esalq.usp.br/br/consultas-ao-banco-de-dados-do-site.aspx>.

Food and Agriculture Organization of the United Nations (2020). FAOSTAT. Recuperado em 09 de fevereiro, 2020, de <http://www.fao.org/faostat/en/#home>.

Foreing Agricultural Service/United States Department of Agriculture – FAS/USDA (2020). Livestock and poultry: world markets and trade. Recuperado em 11 de fevereiro, 2020, de <https://apps.fas.usda.gov/psdonline/circulars/livestock_poultry.pdf>.

Galyan, M. L., Ponce, C., Schutz, J. (2011). The future of beef production in North America. Animal Frontiers, 1 (2), 29-36. doi: https://doi.org/10.2527/af.2011-0013.

Griffith, G., Coddington, A., Murdoch, S. (2004). Beef feedlot supply response in Australia. Australian Agribusiness Review, 12, 1-10.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2020). Pesquisa trimestral de abate de animais. Recuperado em 16 de fevereiro, 2020, de <https://sidra.ibge.gov.br/home/abate>.

Instituto de Economia Agrícola – IEA (2019). Preços médios diários recebidos pelos produtores no estado de São Paulo nos principais escritórios de desenvolvimento rural. São Paulo, SP: IEA.

Lopes, M. A., Ribeiro, A. D. B., Nogueira, T. M., Demeu, A. A., Barbosa, F. A. (2013). Análise econômica da terminação de bovinos de corte em confinamentos no estado de Minas Gerais: estudo de caso. Revista Ceres, 60 (4), 465-473.

Millen, D. D., Pacheco, R. D. L., Meyer, P. M., Rodrigues, P. H. M., Arrigoni, M. B. (2011). Current outlook and future perspectives of beef production in Brazil. Animal Frontiers, 1 (2), 46-52. doi: https://doi.org/10.2527/af.2011-0017

National Agricultural Statistics Service/United States Department of Agriculture – NASS/USDA (2020). Cattle on Feed. Recuperado em 13 de fevereiro, 2020, de <https://usda.library.cornell.edu/catalog?f%5Bmember_of_collections_ssim%5D%5B%5D=National+Agricultural+Statistics+Service&f%5Bsubject_sim%5D%5B%5D=Animals+and+Animal+Products&locale=en>.

National Agricultural Statistics Service/United States Department of Agriculture – NASS/USDA (2020). Livestock and poultry slaughter. Recuperado em 13 de fevereiro, 2020, de <https://usda.library.cornell.edu/catalog?f%5Bmember_of_collections_ssim%5D%5B%5D=National+Agricultural+Statistics+Service&f%5Bsubject_sim%5D%5B%5D=Animals+and+Animal+Products&locale=en>.

Pacheco, P. S., Pascoal, L. L., Restle, J., Vaz, F. N., Arboitte, M. Z., Vaz, R. Z., Santos, J. P. A., Oliveira, T. M. L., (2014). Risk assessment of finishing beef Cattle in feedlon: slaughter weights and correlation amongst input variables. Revista Brasileira de Zootecnia, 43 (2), 92-99. doi: https://doi.org/10.1590/S1516-35982014000200007

Pires, A. V. (Org.) (2010). Bovinocultura de corte. Piracicaba, SP: FEALQ.

Queiroz, K. E. R., Reis, J. D., Simões, A. R. P. (2020). Viabilidade econômica da terminação de bovinos em confinamentos no estado de São Paulo. In C. A. S. Moraes (Org.), Discussões interdisciplinares no campo das ciências sociais aplicadas 2 (pp. 174-185). Ponta Grossa, PR: Atena. doi: 10.22533/at.ed.46120210115

Resende Filho, M. A., Braga, M. J., & Rodrigues, R. V. (2001). Sistemas de terminação em confinamento: perspectiva para dinamização da cadeia produtiva da carne bovina em Minas Gerais. Revista Brasileira de Economia, 55 (1), 107-131. doi: https://doi.org/10.1590/S0034-71402001000100005

Samanez, C. P. (2009). Engenharia Econômica (1a ed.). São Paulo, SP: Pearson.

Sartorello, G. L. (2016). Desenvolvimento de modelo de cálculo e de indicador de custos de produção para bovinos de corte em confinamento. Dissertação de Mestrado, Pós-Graduação em Nutrição e Produção Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de <https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-13092016-154550/pt-br.php>

Simões, A. R. P., Moura, A. D., & Rocha, D. T. (2006). Avaliação econômica comparativa de sistemas de produção de gado de corte sob condições de risco no Mato Grosso do Sul. Revista de Economia e Agronegócio, 5 (1), 51-72. Recuperado de <https://www.locus.ufv.br/handle/123456789/20032>

Publicado

06-01-2022

Como Citar

QUEIROZ, K. E. R. . .; REIS, J. D. dos .; SIMÕES, A. R. P. . Análise da viabilidade econômica, em condições de riscos, de um sistema de confinamento utilizado para a terminação de bovinos no estado de São Paulo, Brasil. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 14, n. 1, 2022. DOI: 10.21680/2176-9036.2022v14n1ID27710. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/27710. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Seção 7: Internacional (S7)