O CONTADOR COMO COLABORADOR DA CONSCIENTIZAÇÃO TRIBUTÁRIA

  • Catiele Fagundes Baialardi Universidade Federal de Santa Catarina
  • Priscila Alano da Rosa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Sérgio Murilo Petri Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Por ser a sonegação fiscal um fenômeno difundido no Brasil, faz-se cada vez mais necessária a conscientização tributária dos contribuintes. Inserido neste contexto está o profissional contábil como o elemento mais capacitado para conduzir este processo de conscientização. Sendo assim, o objetivo deste estudo é verificar se há contribuição dos contadores de empresas contábeis localizadas no bairro de Campinas, em São José – SC - Brasil, com a conscientização tributária e de que maneira eles influenciam seus clientes neste processo. O estudo classifica-se como descritivo, de lógica indutiva, com fonte de dados primários, abordagem qualitativa e com procedimento técnico Survey. Ao analisar as respostas do questionário aplicado, constatou-se que: na maioria dos contadores foram identificados princípios de responsabilidade social e fiscal; 90% destes profissionais acreditam que o pagamento dos tributos é necessário para que o Poder Público desempenhe sua função; 80% destes profissionais contábeis recolhem seus tributos sempre conscientes da importância da contribuição; 85% destes contadores sabe o que significa a conscientização tributária; e 75% destes profissionais afirmam conscientizar frequentemente os seus clientes sobre a importância do pagamento dos tributos. Deste modo, conclui-se que os profissionais contábeis assumem o seu papel neste processo de conscientização, orientando e fiscalizando seus clientes para que recolham seus tributos regularmente, incentivando à participação destes nos processos ocorridos na gestão pública e convencendo-os de que sem a arrecadação não existe o retorno social e demais aplicações.

Palavras-Chave: Conscientização Tributária. Educação Fiscal. Sonegação Fiscal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEBIANO, H. Orçamento público. Apostila do curso ministrado no Tribunal Superior do Trabalho. Brasília: Instituto de Estudos Empresariais, 2001.

BERGER, Fredy Seidler et al. A ética da evasão fiscal: um estudo comparativo de profissionais e estudantes da área de negócios. In: CONGRESSO IAAER-ANPCONT, 3., 2009, São Paulo.

BEUREN, Ilse Maria, RAUPP, Fabiano Maury. Metodologia da pesquisa aplicável às ciências sociais. In BEUREN, Ilse Maria (Org.). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: Teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2003.

CASTRO, C. de M. A prática da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1977.

FILHO, José Maria Dias. A tributação na era da responsabilidade fiscal: desafios e estratégias. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPAD, 29., 2005, Distrito Federal. Anais... Distrito Federal: ENANPAD, 2005.

FILHO, José Maria Dias. A tributação na era da responsabilidade fiscal: desafios e estratégias. Revista de Contabilidade da UFBA, Bahia, v. 5, n. 3, p- 58-71, set/dez. 2011. Disponível em: <http://www.portalseer.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/6193/4529> Acesso em: 20 jun. 2014.

FRANCO, Hilário. A contabilidade na era da globalização. 1. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

GRZYBOVSKI, Denize; HAHN, Tatiana Gaertner. Educação fiscal: premissa para melhor percepção da questão tributária. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 40, n. 5, p. 841-864, set./out. 2006.

IUDÍCIBUS, Sérgio de; POHLMANN, Marcelo Coletto. Classificação interdisciplinar da pesquisa tributária. Revista de Contabilidade da UFBA, Bahia, v. 1, n. 1, p. 30-47, set./dez. 2007.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisas, elaboração, análise e interpretação de dados. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MERLO, Roberto Aurelio; PERTUZATTI, Elizandra. Cidadania e responsabilidade social do contador como agente da conscientização tributária das empresas e da sociedade. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 5., 2005, São Paulo. Anais...São Paulo: Atlas, 2005.

MEZZAROBA, Orides; MONTEIRO, Cláudia Servilha. Manual de metodologia da pesquisa no direito. São Paulo: Saraiva, 2003.

MIRANDA, Claudio de Souza; RICCIO, Edson Luiz; MIRANDA, Raïssa Alvares de Matos. Competências do Contador Gerencial: Uma Avaliação sob a ótica de docentes e profissionais de mercado. In: VI ANPCONT, 2012, Florianópolis. Anais... Florianópolis: VI ANPCONT 2012. Disponível em: < https://www.furb.br/especiais/download/832524-498035/EPC%20244.pdf >. Acesso em: 20 jun. 2014.

MOTTA, Paulo Rogério da. Nascer para sonhar. [S.I.]: Virtual Books, 2006. Disponível em: <http://www.euniverso.com.br/Logos/Consciencia_social.htm>. Acesso em: 17/10/2011.

NEVES, Eliomar Pires. Educação fiscal e responsabilidade social: um estudo de caso na delegacia da Receita Federal em feira de Santana. 133 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social) – Programa de Pós-Graduação e Pesquisa da Fundação Visconde de Cairu. Faculdade Visconde de Cairu, Salvador, 2008.

O Sentido da Vida - Consciência social. Disponível em: <http://www.osentidodavida.com.br/consciencia_social.html>. Acesso em: 17/10/2011.

RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3 ed., rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 1999.

SAYEG, Roberto N. Sonegação tributária e complexidade. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 2, n. 1, jan./jun. 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1676-56482003000100010&script=sci_arttext >. Acesso em: 09/09/2011.

SEF – Secretaria do Estado da Fazenda. Informações sobre o Programa de Educação Fiscal Estadual. Disponível em: <http://www.fazenda.mg.gov.br/cidadaos/educacao_fiscal/duvidas_frequentes/>. Acesso em: 18/10/2011.

SIQUEIRA, Marcelo Lettieri; RAMOS, Francisco S. A economia da sonegação teorias e evidências empíricas. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, p. 555-581, set./dez. 2005.

WASILEWSKI, L. F. Enfoque tributário da economia informal no Brasil. In: Concurso de Monografias CIAT/AEAT/IEF, 14, 2001.

Publicado
08-01-2015
Como Citar
BAIALARDI, C. F.; ROSA, P. A. DA; PETRI, S. M. O CONTADOR COMO COLABORADOR DA CONSCIENTIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 7, n. 1, p. 18-34, 8 jan. 2015.
Seção
ARTIGOS