METODOLOGIAS DE CUSTEIO E PREÇO DE VENDA: UM ESTUDO SOBRE AS PRÁTICAS DOS EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS

  • Rayanna Nayhara Oliveira Nascimento UFERSA
  • Thaiseany de Freitas Rêgo DACS/UFERSA PUC-PR
  • Thiago Ferreira Dias PPGP/UFRN DEPAD/UFRN

Resumo

O estudo objetivou identificar quais são as metodologias de custeio e preço de venda adotadas pelos Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) de Mossoró/RN, para a formação do preço justo de seus produtos e serviços. Para tanto, utilizou-se de um estudo do tipo multicaso que se pauta na realização de entrevistas semiestruturadas e na análise de conteúdo. As entrevistas foram realizadas junto aos indivíduos que atuam no controle e na marcação do preço de venda dos artigos produzidos pelos EES. A apreciação das entrevistas foi pautada na análise de conteúdo, com o auxílio do software Atlas.ti (versão 5.0), o que permitiu a codificação e categorização dos diálogos. Considerando os mais conhecidos métodos de custeio (absorção, variável e por atividades) e formação do preço de venda, destaca-se que as práticas adotadas pela Acrevi são insuficientes para a determinação do preço justo de venda. Já no que concerne a Coopermups e o GMUPA, observa-se que se utilizam da gestão de mão de obra direta e indireta, da matéria-prima e materiais indiretos como medidas essenciais para a determinação do preço justo.

Palavras-chave: Gestão de custos. Formação do preço. Economia solidária. Preço justo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Ferreira Dias, PPGP/UFRN DEPAD/UFRN
Possui Doutorado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2011), Mestrado em Administração e Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2007) e graduação em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (2005). De 2010 a 2013 foi professor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). De 2012 a 2013 foi coordenador da Incubadora de Iniciativas Sociais e Solidárias do Oeste Potiguar (INCUBAOESTE). Desde janeiro de 2014 é professor adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É coordenador do Programa de Pós-Gradução em Gestão Pública da UFRN (2014-2016). Pesquisador colaborador do Núcleo de Economia Solidária da Universidade Federal de Pernambuco (NECSO/UFPE) e da Incubadora OASIS/UFRN. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Política Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão e políticas públicas, participação, desenvolvimento rural, agricultura familiar, gestão social e economia solidária.

Referências

ACREVI. Associação Comunitária Reciclando para a Vida. Disponível em: <http://acrevi.blogspot.com.br/>. Acesso em: 13 jan. 2014.

ASTI, A. L. Comércio Justo e o Caso do Algodão: A Cadeia Produtiva Têxtil Brasileira. 2007. 238 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.

CANEVER, F. P. et al. Formação de Preços: Um Estudo em Empresas Industriais de Santa Catarina. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 14-27, maio/ago. 2012.

CFC. Resolução n.º 1.282, de 28 de janeiro de 2010. Atualiza e consolida dispositivos da Resolução CFC n.º 750/93, que dispõe sobre os Princípios Fundamentais de Contabilidade. Resolução CFC N.º 1.282/10. Disponível em: <http://www.normaslegais.com.br/legislacao/respcaocfc1282_2010.htm>. Acesso em: 15 nov. 2013.

CREPALDI, S. A. Curso Básico de Contabilidade de Custos. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 329 p.

CULTI, M. N.; KOYAMA, M. A. H.; TRINDADE, M. Economia Solidária no Brasil: Tipologia dos Empreendimentos Econômicos Solidários. São Paulo: Todos os Bichos, 2010.

DIAS, T. F. Gestão Social em Empreendimentos Econômicos Solidários: Uma Abordagem no Oeste Potiguar. 2011. 230 f. Tese (Doutorado em Administração). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.

DIAS, T. F.; SOUZA, W. J. Idas e Vindas: Do Socialismo Utópico à Economia Solidária. In: Encontro Nacional de Pesquisadores em Gestão Social, 3, 2009, Juazeiro-Petrolina. Anais... Juazeiro-Petrolina: UNIVASF, 2009.

FBES. Carta de Princípios da Economia Solidária. III Plenária de Nacional da Economia Solidária, 2003. Disponível em: <http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=63&Itemid=60>. Acesso em: 15 jul. 2013.

FRANÇA FILHO, G. C. Novos Arranjos Organizacionais Possíveis? O Fenômeno da Economia Solidária em Questão (Precisões e Complementos). Organizações & Sociedade, Salvador, v. 8, n. 20, p.1-14, jun./jul.2001.

FRANÇA FILHO, G. C. Teoria e Prática em Economia Solidária: Problemática, Desafios e Vocação. Civitas, Porto Alegre, v. 7, n. 1, p.155-174, jan./jun. 2007.

GAIGER, L. I. G. A Economia Solidária Diante do Modo de Produção Capitalista. Caderno CRH, Salvador, v. 30, n. 39, p.181-211, jul./dez.2003.

GARRISON, R. H.; NOREEN, E. W.; BREWER, P. C. Contabilidade Gerencial. 11. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2007.

GMA. Grupo de Mulheres em Ação. Disponível em: <http://pdamargaridaalves.blogspot.com.br/p/grupo-mulheres-em-acao.html>. Acesso em: 11 jan. 2014.

GMUPA. Grupo de Mulheres Unidas pela Arte. Disponível em: <http://grupounidaspelaarte.blogspot.com.br/2012/06/grupo-unidas-pela-arte-se-reuni-todas.html>. Acesso em: 11 Jan. 2014.

GOMES, R. Comércio Justo: Entre a Solidariedade e a Utopia. Proposta, Rio de Janeiro, v. 10, n. 98, p.46-55, nov. 2003.

LISBOA, A. M. Economia Solidária e Autogestão: Imprecisões e Limites. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 45, n. 3, p.109-115, mai. 2005.

MACHADO, D. G.; SOUZA, M. A. Análise das Relações Entre a Gestão de Custos e a Gestão do Preço de Venda: Um Estudo das Práticas Adotadas por Empresas Industriais Conserveiras Estabelecidas no RS. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 2, n. 1, p.42-60, jan./abr. 2006.

MACIEL, C. O. Teoria da Dotação Social Estratégica: Uma Explicação Sobre a Construção Social de Estratégias e seus Praticantes em Setores Emergentes da Internet. 2011. 184 f. Tese (Doutorado em Administração). Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2011.

MAHER, M. Contabilidade de Custos: Criando Valor para a Administração. São Paulo: Atlas, 2001.

MARTINS, E. Contabilidade de Custos. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MIQUELETTO, E. M. Formação do Preço de Venda: Uma Análise do Processo de Formação de Preço em Empresas Madeireiras de Grande Porte de Curitiba e Região Metropolitana. 2008. 103 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

MOTTA, F. G. Fatores Condicionantes na Adoção de Métodos de Custeio em Pequenas Empresas: Estudo Multicasos em Empresas do Setor Metal-Mecânico de São Carlos - SP. 2000. 205 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Universidade de São Paulo, São Carlos, 2000.

OLIVEIRA, R. F.; ARAÚJO, U. P.; SANTOS, A. C. Efeito do Fair Tradena Cooperativa de Agricultores Familiares de Café de Poço Fundo, MG. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 10, n. 2, p.211-225, ago.2008.

PEREIRA, F. H. Metodologia de Formação de Preço de Venda para Micros e Pequenas Empresas. 2000. 159 f. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal De Santa Catarina, Florianópolis, 2000.

SANTOS, E.; MARIANO, J.; PASSANEZI, P. Entrevista com Paul Singer. Revista Gerenciais, São Paulo, v. 2, n. 5, p.3-5, set. 2003.

SENAES-SIES. Atlas da Economia Solidária 2005-2007. São Paulo: Todos os Bichos/ANTEAG, 2009. Disponível em: <http://consulta.mte.gov.br/atlas/AtlasES.html>. Acesso em: 12jul. 2013.

SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação. 4. ed. Florianópolis: UFSC, 2005.

SINGER, P. Introdução à Economia Solidária. São Paulo: Editora

Fundação Perseu Abramo, 2002.

SCHMITT, C. J. Economia Solidária e Agroecologia: Convergências e Desafios na Construção de Modos de Vida Sustentáveis. Mercado de Trabalho, Rio de Janeiro, v. 8, n. 42, p.55-64, fev. 2010.

VERENHITACH, G. D. Comércio Justo: O Terceiro Setor como Ator Social na Consolidação de Práticas Alternativas de Comércio. In: Seminário Nacional de Movimentos Sociais, Participação e Democracia, 2, 2007, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Núcleo de Pesquisa em Movimentos Sociais (NPMS), 2007.

VERONESE, M. V.; GUARESCHI, P. Possibilidades Solidárias e Emancipatórias do Trabalho: Campo Fértil para a Prática da Psicologia Social Crítica. Psicologia & Sociedade, Belo Horizonte, v. 2, n. 17, p. 58-69, maio/ago.2005.

WERNKE, R. Gestão de Custos: Uma Abordagem Prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

Publicado
03-01-2016
Como Citar
NASCIMENTO, R. N. O.; RÊGO, T. DE F.; DIAS, T. F. METODOLOGIAS DE CUSTEIO E PREÇO DE VENDA: UM ESTUDO SOBRE AS PRÁTICAS DOS EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, v. 8, n. 1, p. 76-92, 3 jan. 2016.
Seção
ARTIGOS