VALOR JUSTO DE DEBÊNTURES SEM PREÇOS DE REFERÊNCIA NO MERCADO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA DE MENSURAÇÃO

Autores

  • Claudio Ulysses Ferreira Coelho FAF/UERJ, IBMEC/RJ, Mackenzie Rio e Unilasalle/RJ
  • Angélica Morais Dias IBMEC/RJ

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2017v9n1ID7648

Resumo

Esse trabalho consiste em propor uma metodologia alternativa para a mensuração do valor justo de debêntures que não apresentem preços de referência no mercado. Nesse sentido, buscou-se investigar as práticas utilizadas pelas administradoras de fundos no mercado brasileiro para medir o valor justo de uma debênture nessas condições e, ao final, fez-se uma comparação dos resultados apurados. A fim de melhor evidenciar não só a proposta, mas também a comparação dos resultados foi selecionada a debênture MILS22 emitida pela empresa Mills Estruturas e Serviços de Engenharia S.A. ao final do exercício social de 2014. Verificou-se que o resultado apurado na mensuração do valor justo dessa debênture segundo a metodologia proposta no trabalho mostra-se aderente aos valores praticados e divulgados ao mercado pelas principais administradoras de fundos do país, o que torna viável a sua aplicação no intuito de mensurar o valor justo de debêntures que apresentem tais condições.

Palavras-chave: Debêntures. Valor justo. Manual de precificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

FUJI, Alessandra Hirano. O conceito de lucro econômico no âmbito da contabilidade aplicada. Revista de Contabilidade & Finanças, São Paulo, n. 36, p. 74 – 86, set./dez. 2004.

KAM, Vernon. Accounting theory. New York, John Wiley& Sons, 1990.

MARTINS, Eliseu. et al. Avaliação de empresas: da mensuração contábil à econômica. São Paulo: Atlas, 2001.

ZACK, G. M. Fair Value Accounting Fraud. New Global Risks & Detection Techniques. John Wiley& Sons, Inc. 2009.

PAIVA, Eduardo Vieira dos Santos. Formação de preço de debêntures no Brasil. Tese, Doutorado em Administração, USP, 2011, 268 páginas. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-04072011-162450/pt-br.php>

ARAÚJO, Vinícius Gomes; BARBEDO, Claudio Henrique da Silveira; VICENTE, José Valentim Machado. Construção da curva de juros de debêntures no mercado brasileiro utilizando a parametrização de Nelson-Siegel. Revista de Administração, São Paulo, v. 48, n.1, p. 98 a 113, janeiro a março de 2013.

PIMENTEL, Renê Coppe; PERES, Edna Ferreira; LIMA, Gerlando Augusto Sampaio Franco de. O mercado de debêntures e o financiamento produtivo no Brasil: uma análise de cointegração e causalidade. Revista de Contabilidade e Organizações, volume 5, n. 11, 2011, p. 4 a 22.

SAYED, Samir; SALOTTI, Bruno Meirelles. O uso do valor justo e suas relações com os valores de mercado das instituições financeiras. Revista Contabilidade Vista & Revista, ISSN 0103-734X, Universidade Federal de Minas Gerais, 15 Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p. 15-37, set./dez. 2014

GODÓI, André Cadime de; YOSHINO, Joe Akira; OLIVEIRA, Rogério de Deus. Risco de crédito e alocação ótima para uma carteira de debêntures. Estudos de economia, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 349 a 372, abril a junho de 2008.

SAITO, Richard; SEHNG, Hsia Hua; BANDEIRA, Márcia Lima. Governança corporativa embutida nas escrituras de debêntures emitidas no Brasil. Revista de Administração, São Paulo, v. 42, n. 3, p. 280 a 292, julho a setembro de 2007.

_____. Richard; SEHNG, Hsia Hua. A importância do rating na padronização de debêntures. ERA – Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 46, n. 2, abril a junho de 2006.

LUSTOSA, Paulo Roberto Barbosa. A (In) Justiça do fair value: SFAS 157, Irving Fisher e Gecon, 2010. Disponível em: <http://www.congressousp.fipecafi.org/artigos102010/172.pdf>. Acesso em: 19 de março de 2015.

ANBIMA. Boletim ANBIMA – Mercado de Renda Fixa, 2014. Disponível em: <http://portal.anbima.com.br/informacoes-tecnicas/boletins/renda-fixa/Documents/brf/pdf>

Acesso em 20 de janeiro de 2015.

_____. Mercado Secundário de Debêntures – Taxas Médias. Disponível em: . Acesso em: 20 de janeiro de 2015.

_____. Debêntures. Disponível em: <http://www.debentures.com.br/espacodoinvestidor/introducaoadebentures.asp>. Acesso em: 08 de março de 2015.

BB DTVM. Manual de Marcação a Mercado, 2015. Disponível em: <http://www.bb.com.br/docs/pub/siteEsp/sitedtvm/dwn/MarcacaoMercado.pdf>. Acesso em: 20 de junho de 2015.

BM&FBovespa. Manual de Marcação a Mercado, 2015. Disponível em: <http://www.bmfbovespa.com.br/BancoBmfbovespa/download/Manual-de-Marcacao-a-Mercado.pdf> Acesso em: 10 de junho de 2015.

_____. Taxas Referenciais BM&F Disponível em:<http://www.bmfbovespa.com.br/ifrmaBoletim.aspx?altura=3800&idioma=pt-br&url=www2.bmf.com.br/pages/portal/bmfbovespa/boletim1/TxRef1.asp> Acesso em: 13 de maio de 2015.

BNY MELLON. Manual de Precificação, 2014. Disponível em: Acesso em: 01 de junho de 2015.

BRADESCO CUSTÓDIA. Manual de Marcação a Mercado, 2013. Disponível em: . Acesso em: 01 de junho de 2015.

BTG PACTUAL. Manual de Marcação a Mercado, 2013. Disponível em: <https://www.btgpactual.com/home/Content/Arquivos/Manual_de_Marcacao_a_Mercado_BTG_Pactual.pdf> Acesso em: 11 de junho de 2015.

CAIXA. Manual de Marcação a Mercado, 2015. Disponível em: <http://www.caixa.gov.br/downloads/aplicacao-financeira-fundos-investimento/MaM.pdv>

Acesso em: 01 de junho de 2015

CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Pronunciamento Técnico CPC 00 – Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro, 2012. Disponível <http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/147_CPC00_R1.pdf>. Acesso em: 02 de fevereiro de 2015.

_____. Pronunciamento Técnico CPC 38 – Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensuração, 2012. Disponível em: <http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/406_CPC_38_rev%2006.pdf>. Acesso: 02 de fevereiro de 2015.

_____. Pronunciamento Técnico CPC 39 – Instrumentos Financeiros: Apresentação,2012. Disponível em: <http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/410_CPC_39_rev%2006.pdf> Acesso em: 02 de fevereiro de 2015.

_____. PronunciamentoTécnico CPC 40 – Instrumentos Financeiros: Evidenciação, 2012. Disponível em: <http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/418_CPC_40_R1_rev%2004.pdf> Acesso em: 02 de fevereiro de 2015.

_____. Pronunciamento Técnico CPC 46 – Instrumentos Financeiros: Mensuração do Valor Justo, 2012. Disponível em: <http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/395_CPC_46_rev%2006.pdf> Acesso em: 02 de fevereiro de 2015.

CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO. Manual de Marcação a Mercado, 2015. Disponível em: <https://br.credit-suisse.com/site/publico/.../pdf_manual_marcacao.pdf>. Acesso em: 12 de junho de 2015.

CVM – COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Disponível em:<http://www.cvm.gov.br/> Acesso em: 15 de fevereiro de 2015.

_____. Mercado de Valores Mobiliários Brasileiro, 2014. Disponível em: <http://www.portaldoinvestidor.gov.br/portaldoinvestidor/export/sites/portaldoinvestidor/publicacao/Livro/LivroTOP-CVM.pdf>. Acesso: 12 de junho de 2015.

_____. PU Histórico. Disponível em: <http://www.debentures.com.br/exploreosnd/consultaadados/emissoesdedebentures/puhistorico_f.asp>. Acesso em: 08 de março de 2015.

FASB – FINANCIAL ACCOUNTING STANDARDS BOARD. Statement of Financial Accounting Standards nº 157. Disponível em: <http://www.fasb.org/cs/BlobServer?blobcol=urldata&blobtable=MungoBlobs&blobkey=id&blobwhere=1175823288587&blobheader=application%2Fpdf>. Acesso em: 17 de março de 2015.

IASB – INTERNATIONAL ACCOUNTING STANDARDS BOARD. IAS – 39 Financial Instruments: Recognition and Measurement – Technical Summary. Disponível em: <http://www.iasb.org/NR/rdonlyres/A97ADAE8-79B2-4AE9-8394-> Acesso em: 02 de maio de 2015.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA Séries Históricas: IPCA. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/precos/inpc_ipca/defaultseriesHist.shtm> Acesso em: 01 de junho de 2015.

ITAÚ UNIBANCO. Manual de Marcação a Mercado Itaú Unibanco, 2014. Disponível em: <http://www.slw.com.br/docs/manual_precificacao.pdf?1>. Acesso em: 10 de junho de 2015.

KPMG. http://www.kpmg.com/BR/PT/Estudos_Analises/artigosepublicacoes/Paginas/IFRS-em-Destaque-n13.aspx

Downloads

Publicado

02-01-2017

Como Citar

COELHO, C. U. F.; DIAS, A. M. VALOR JUSTO DE DEBÊNTURES SEM PREÇOS DE REFERÊNCIA NO MERCADO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA DE MENSURAÇÃO. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 56–76, 2017. DOI: 10.21680/2176-9036.2017v9n1ID7648. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/7648. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS