Do Império à República considerações sobre a aplicação da pena de prisão na sociedade brasileira

Autores

  • Anderson Moraes de Castro e Silva

Resumo

O presente texto versa sobre as transformações políticas, jurídicas e sociais que influíram na constituição do aparato punitivo estatal brasileiro. Em especial, pretende refletir sobre aplicação da pena de prisão e suas transformações ao longo da história até o presente. Neste sentido, tendo como eixo analítico as diferentes dimensões do vivido e do prescrito, objetiva-se refletir sobre a relação entre a alternância de regimes políticos, do império à república, e seus efeitos no uso do aprisionamento enquanto instrumento punitivo central do sistema de justiça criminal brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-02-2017

Como Citar

SILVA, A. M. de C. e. Do Império à República considerações sobre a aplicação da pena de prisão na sociedade brasileira. Equatorial – Revista do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 85–100, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/equatorial/article/view/14888. Acesso em: 16 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos